Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Zensors converte seu Android velho num monitor de ambientes

Por em 24 de abril de 2015

zensors

Que tal dar uma utilidade muito legal para aquele Android velho que está esquecido no fundo de sua gaveta? Um grupo de pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon está desenvolvendo um app chamado Zensors que transforma seu smartphone encostado num aparelho pronto para mapear ambientes.

continue lendo

emAndroid e Linux Computação móvel Planeta Sem Fio Software

O Google Maps está virando parede de banheiro público?

Por em 24 de abril de 2015

android-apple

Que Apple e Google vivem trocando farpas não é novidade nenhuma. A rivalidade entre as empresas é até de certa forma incentivada por seus cabeças, vide o que Tim Cook pensa do Android. Só que uma coisa é cutucar o adversário criticando funcionalidades, questões de segurança e etc. e outra é bancar o aluno de quinta série, seja a empresa ou seus “fãs”.

continue lendo

emApple e Mac Google Internet Software Web 2.0

Existe vida digital após a morte?

Por em 22 de abril de 2015

penadinho

Ninguém gosta de lidar com a morte, ainda mais quando os principais interessados somos nós mesmos. Se preparar para o inevitável é algo que deveria ser normal mas de fato, não é algo agradável.

Só que tratar da partida material ainda é de certa forma simples, se compararmos com nossas vidas digitais. A infinidade de dados que compartilhamos na internet, os arquivos que armazenamos na nuvem, tudo pode ficar lá eternamente depois que nós formos embora, sem ter ninguém para administrar. Mas algumas empresas não dão ferramentas para facilitar nossa transição e confiarmos nossos dados a pessoas próximas. Vejamos:

continue lendo

emDestaque Destaques Internet Mundo Estranho Web 2.0

Netflix quer produzir suas séries originais sozinha

Por em 22 de abril de 2015

oitnb

A Netflix está na crista da onda. Seus produtos originais, sejam séries ou documentários tem sido no geral bem sucedidos, alguns deles são sucessos absolutos. A primeira temporada do Demolidor fez tanto barulho que obviamente a Season 2 já está garantida (ok, todo mundo viu — menos o Murdock — essa chegando).

Só que há um porém: hoje a Netflix depende de parcerias com grandes estúdios para trazer esses shows à vida. Só que para o CEO Reed Hastings isso não basta: ele quer o controle total sobre suas obras e para isso, no futuro o serviço vai bancar as produções sozinha.

continue lendo

emDestaques Internet Televisão Vídeo

Nokia pode voltar ao mercado de smartphones em 2016

Por em 22 de abril de 2015
nokia-n1

O N1 foi um bom tablet Android lançado pela Nokia em 2014

A Nokia pagou um preço alto por perder o bonde da evolução. Ela demorou tempo demais para perceber que os smartphones estavam evoluindo para algo completamente diferente do que ela fazia com seus Symbians. Não que eles fossem ruins (salvo algumas exceções como o N97), eles só saíam das caixas datados.

Incapaz de alcançar o iPhone e os Androids, a Nokia se viu obrigada a se aliar ao terceiro player, a Microsoft. Isso ajudou Redmond a consolidar o Windows Phone como a terceira plataforma mobile, mas as consequências para a divisão mobile da empresa finlandesa não demoraram a vir: adquirida pela parceira, ela eventualmente deixou de existir e virou Microsoft Mobile.

continue lendo

emAndroid e Linux Computação móvel Destaques Mercado Planeta Sem Fio Telecom

CEO da AMD deixa escapar data de chegada do Windows 10

Por em 21 de abril de 2015

windows-10

Nós já estamos degustando o Windows 10 há um bom tempo, e particularmente estou empolgado com a série de funcionalidades que ele irá trazer (estou de olho principalmente na integração entre plataformas). A única coisa que falta é uma data para o lançamento oficial, mas graças à CEO da AMD Lisa Su já podemos ter uma ideia de quando poremos as mãos no novo SO.

continue lendo

emMicrosoft Software Software

Google dá início ao Mobilegeddon. Seu site está preparado?

Por em 21 de abril de 2015

boom

No dia 26 de fevereiro o Google deu um aviso nada agradável: ele iria mudar o algoritmo de buscas de forma a privilegiar em smartphones sites que fossem “mobile friendly”, isto é, privilegiaria domínios melhor preparados para receber visitantes utilizando dispositivos móveis.

Nesta terça-feira a mudança entrou em atividade, e o impacto que ela causará entre aqueles que não se adaptaram (e são muitos, tenha certeza) ganhou um justo apelido: Mobilegeddon.

continue lendo

emDestaques Google Internet Planeta Sem Fio