Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Governo chinês processa Samsung e Oppo pelo bloatware incluso nos smartphones

Por em 5 de julho de 2015 - 47 Comentários
Laguna_Samsung_TouchWiz_crapware

TouchWiz, a eterna skin Android da Samsung (crédito: Engadget)

Na sexta-feira (03/07), a Comissão de Proteção aos Direitos do Consumidor de Shanghai entrou com um processo contra as fabricantes Samsung e Oppo. A acusação é a de que os smartphones delas supostamente incluiriam software não-solicitado pelos usuários.

Em uma amostra de vinte smartphones selecionados pelo órgão do governo chinês, a comissão de Shanghai descobriu que os aparelhos eram vendidos com vários aplicativos pré-instalados. E boa parte deles não podem ser desinstalados, sendo alguns desses apps responsáveis por roubar parte da franquia de dados do usuário sem este saber.
continue lendo

emDestaque Destaques Indústria Software

Anki Overdrive — Autorama 2.0, tipo Fómula E, mas mais divertida

Por em 4 de julho de 2015 - 37 Comentários

20140603autoramarubinho

Eu não vou negar que Autorama era um brinquedo muito legal, a gente ia pra casa do amigo rico e passava o sábado inteiro recolocando carrinho na pista, mas em termos de efeitos visuais o máximo que se conseguia era colocar BomBril no bigode do carro e botar fogo no tapete.

As corridas sempre terminavam em briga, a porcaria do contador mecânico de voltas nunca funcionava, e pra piorar depois que a gente pegava o macete fazia o carro sair de traseira na curva e jogar o amigo pra fora da pista.
continue lendo

emAcessórios Destaques Hardware

Streaming? As vendas dos LPs cresceram 38%, para a alegria da Taylor Swift

Por em 4 de julho de 2015 - 69 Comentários
Laguna_Vinyl_LP_on_electron_microscope

Agulha de diamante num sulco de LP ao microscópio eletrônico (crédito: Applied Science)

De acordo com o relatório da Nielsen divulgado quinta-feira (02/07), o consumo de música nos EUA durante o primeiro semestre do ano cresceu 14% em relação ao mesmo período de 2014. Para a surpresa de ninguém, quem liderou tal crescimento foi o streaming.

Lá na civilização, o streaming cresceu 92% em relação ao primeiro semestre de 2014. Somente de janeiro a junho de 2015, mais de 135 bilhões de canções foram executadas por streaming nos Estados Unidos. Por outro lado, as vendas digitais de música tiveram crescimento de 23 por cento.

Quem está soltando fogos é a indústria do vinil. Sim, a venda de LPs teve crescimento de nada menos que 38% em relação ao 1º semestre de 2014. Foram 5,6 milhões de discos vendidos nos seis meses de 2015, quase 1 milhão de LPs por mês.

E adivinhem quem está liderando as vendas dos bolachões? É, essa loura mesmo.
continue lendo

emDestaque Destaques Indústria Música

Chevrolet anuncia ar-condicionado pra celular

Por em 3 de julho de 2015 - 41 Comentários
Metallicar-supernatural-2574514-1100-619

Não é um Impala 2016 mas é O Impala.

Antigamente muito mais gente fumava, e fumava nos carros. Como os fabricantes sabiam que câncer demora, perceberam que poderiam agradar os consumidores colocando cinzeiros e isqueiros no carro. O isqueiro era uma simples resistência que depois de apertada (se você não fosse um megaempresário corrupto austríaco) aquecia até se tornar incandescente, e era o que bastava para acender cigarros.
continue lendo

emCelular Destaques Hardware Planeta Sem Fio

Microsoft Worldwide Telescope agora é Open Source

Por em 3 de julho de 2015 - 7 Comentários

wwt

Quando foi lançado lá em 2008 o Microsoft Worldwide Telescope fez Robert Scobble chorar. Com razão. É uma ferramenta agregadora de informações astronômicas, com dados de dezenas de missões, sondas, observatórios, satélites, tudo.

Você pode explorar o Universo, com imagens reais, em diversas faixas do espectro, acompanhar eventos históricos… é literalmente um universo a explorar.
continue lendo

emAstronomia Destaque Destaques Microsoft

E encontraram um protótipo do Nintendo Play Station [UPDATE]

Por em 3 de julho de 2015 - 32 Comentários

nintendo-playstation-001

UPDATE: então, quando a história parece boa demais… o tal console de fato é falso, foi criado pelo grupo de customizadores Vadu Amka para tentar arrancar dinheiro de colecionadores. O site francês PXLBBQ descobriu a fraude, admitida pelos engraçadinhos. É uma pena, este é um dos unicórnios da indústria que muita gente gostaria de pôr as mãos.

UPDATE 2: virou a Festa da Uva. O tal dono do console postou um vídeo onde jura de pés juntos que o console é real e não um hoax, e que a declaração do site francês e dos modders é falsa. Entretanto ainda não vimos algo crucial que é o console funcionando (o dono diz não possuir o adaptador AC adequado. How convenient!), sendo assim não dá para saber se ele é real ou não. No mais mantenho o que disse inicialmente, que toda a história em torno do Nintendo Play Station é estranha.

Segue abaixo a história original.

A história por trás do desenvolvimento do PlayStation original é um dos capítulos mais curiosos da história dos videogames. Originalmente a Sony e a Nintendo fecharam um contrato em 1988 para a criação de um periférico, um drive de CD-ROM para o então ainda não lançado Super Nintendo, que se chamaria “Play Station” (assim mesmo, separado). Entretanto, o então presidente da Nintendo Hiroshi Yamauchi cancelou o acordo em 1991, descobrindo que os royalties de licenciamento dos games seriam revertidos à Sony e não à casa do Mario, o que não era aceitável.

continue lendo

emDestaques Games Nintendo Sony

Peter Moore: RRoD poderia ter matado a marca Xbox

Por em 3 de julho de 2015 - 97 Comentários

rrod

Pode parecer até que isso aconteceu há centenas de anos, mas quem teve um Xbox 360 provavelmente lembrará da época em que praticamente todos os consoles apresentavam as temidas três luzes vermelhas, problema que ficou conhecido como Red Ring of Death.

Por sorte eu só fui “presenteado” com o defeito uma vez, com a Microsoft tendo substituído meu falecido videogame por um modelo novo e que está comigo até hoje. Porém, para que essa terrível falha fosse erradicada definitivamente, a empresa teve que investir muito, mas muito dinheiro e de acordo com Peter Moore, se isso não tivesse sido feito, hoje talvez não teríamos o Xbox One.

A opinião do então vice-presidente da divisão Xbox foi dada durante um interessantíssimo podcast gravado pelo site IGN, onde o agora chefe da EA compartilhou histórias com Phil Spencer, atual responsável pela marca da Microsoft, e Seamus Blackley, criador do primeiro console da gigante de Redmond.

continue lendo

emDestaques Games Indústria Microsoft