Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Nãotícia de Aviação do Dia: a Betty Aporrinhadora cumpre sua função

Por em 26 de maio de 2015

vlcsnap-00091

A mídia brasileira está se deliciando com o acidente de avião com a Angélica e o Luciano Huck. São bobagens das mais diversas, houve até jornalista perguntando ao piloto se na hora do pouso forçado ele se desviou de bois ou vacas.

O que vemos é uma aplicação da máxima do jornalismo If It Bleeds, It Leads, que em tradução (bem) livre significa “Sangue vende”. As pessoas adoram ler sobre tragédias, o sentimento de elação é imenso, o sujeito se delicia internamente, embora jamais admita para o mundo que o que pensa é “que bom, não foi comigo, dessa eu escapei”.
continue lendo

emEngenharia Hardware

Volvo esquece de remover a linha #include “skynet.h” de seu carro autônomo

Por em 26 de maio de 2015

Christine-by-bay

Arthur Clarke chamava de Crueldade Natural do Universo. Outros chamam de Lei de Murphy. Eu chamo de Síndrome de Demonstração, mas em todos os casos o significado é o mesmo: sempre que você for demonstrar algo, por mais testado e ensaiado que esteja, vai dar errado.

Mais ainda: quanto mais tecnologicamente complicada a demonstração, mais chances de o erro ser humilhante e hilário.
continue lendo

emHardware Robótica

Com certeza Freddie Mercury amaria esse órgão gigantesco. (e a Ada também)

Por em 26 de maio de 2015

01-ada-lovelace-101212

Em 1837 Charles Babbage propôs uma máquina ainda mais avançada que sua Máquina Diferencial, um computador primitivo que se se mostrou complexo demais para ser construído. Chamada de Máquina Analítica, a segunda máquina seria capaz de realizar todo tipo de cálculo, só que para isso precisaria ser… programada.

O conceito ainda não existia. Felizmente uma das poucas pessoas do mundo que conseguia conceber a Máquina Analítica era Lady Ada Lovelace, que se não tinha uma vida social tão animada quanto sua irmã Linda, era uma exímia matemática em uma época onde mulheres se resumiam a máquinas de fazer louça e lavar filhos.
continue lendo

emHardware Software

OMFG UMA HOVERBOARD DE VERDADE! NÃO! É O PLANADOR DO DUENDE VERDE!

Por em 26 de maio de 2015

Eu sei que esse é o Duende Macabro mas você não pensou duas vezes antes de corrigir lá nos comentários né?

O prazo final está chegando, e a nerdalhada está toda ouriçada atrás de uma hoverboard. Vou contar um segredo: não vai acontecer. A menos que alguém reescreva as Leis da Física, não há nada que faça um objeto flutuar sem esforço em várias superfícies, inclusive água, pois a hoverboard não funcionava na água mas nem por isso o Marty afundou com ela.
continue lendo

emEngenharia Hardware

Agência Espacial Européia homenageia Douglas Adams em grande estilo

Por em 26 de maio de 2015

maxresdefault

Ontem foi Dia da Toalha. Curiosamente uma das efemérides mais controversas na internet, depois do Natal e do Polanski Day. Originalmente criado por fãs de Douglas Adams para celebrar o autor do impagável Guia do Mochileiro das Galáxias, o Dia da Toalha virou uma espécie de Orgulho Nerd, e isso ofende profundamente o sentimento autodestrutivo e o complexo de inferioridade dos nerds de raiz.
continue lendo

emEspaço Quadrinhos

Windowsgardium leviOSA — pequena bobagem útil para Windows Phone

Por em 22 de maio de 2015

DH1_Hermione_Granger_using_memory_charm_spell

Eu adoro smartphones e tecnologia, mas um dos recursos mais essenciais de meu Lumia 930 eu já tinha no meu humilde Nokia 1110, e é essencial para evitar gaticídios em minhas incursões noturnas à geladeira: sim, falo da lanterninha.

Existem dezenas de apps que acionam os LEDs dos Lumias, mas de longe o mais divertido é o Luminous. Na mais despretensiosa interpretação da 3ª Lei de Clarke, usamos tecnologia para brincar de mágica.
continue lendo

emCelular Microsoft Software

Filld — muito prático ou coisa de preguiçoso extremo?

Por em 22 de maio de 2015

2404369724_4d192aa933_z

A proliferação de startups resolvendo problemas de Primeiro Mundo gerou muita coisa legal, mas também gerou abominações como aquele pote de café para retardados, mas no caso do Filld eu realmente estou em cima do muro.

O conceito é simples, tentador e jamais funcionaria no Brasil. Funciona assim:
continue lendo

emCelular Destaques Internet Software