Digital Drops Blog de Brinquedo

Microsoft deve anunciar maior demissão em massa de sua história essa semana

Por em 16 de julho de 2014

Microsoft

A Microsoft está planejando o maior corte de pessoal de sua história em cinco anos, preparando-se para a integração com a Nokia Oyj. continue lendo

emInternet Microsoft

Phil Spencer, da Microsoft: “a Nintendo não venceu a E3 2014, foi a Sony”

Por em 24 de junho de 2014
Laguna_US_console-map

Qual o console de 8ª geração mais popular no Facebook? (Crédito: Movoto via GamePolitics)

Embora evite assistir à TV aberta por inúmeras razões, o tio Laguna confessa que tem uma curiosidade mórbida sobre a audiência que esta ou aquela emissora consegue com este ou aquele programa. Sempre fui fã dos números e posso dizer que diversos aspectos de tal guilty pleasure televisivo vieram comigo quando comecei a acompanhar os bastidores da indústria de videogames, ainda lá na década de 90, no tempo de revistas como SuperGamePower e Ação Games.

Por causa da TV, ainda acho estranho ver executivos de uma hardwarehouse falarem bem de uma empresa concorrente pois fui criado vendo a Globo ignorar todos os concorrentes. E mesmo algumas emissoras que brigam pelo distante segundo lugar na audiência acabam ignorando uma à outra embora precisem citar a líder.
continue lendo

emArtigo Hardware Microsoft Nintendo Sony Web 2.0

Para desespero de muitos, o Games for Windows Live ainda não morreu

Por em 23 de junho de 2014

gfwl

Desde agosto do ano passado, quando a página do Age of Empires Online trouxe a informação que de que Games for Windows Live seria descontinuado, tem circulado o rumor de que a Microsoft mataria o serviço no início do mês que vem e com uma infinidade de títulos deixando de usá-lo, tal possibilidade ganhou muita força.

Com a data se aproximando, aqueles que odeiam o GFWL passaram a contar os dias para enfim se verem livre daquilo que muitos consideram uma das piores novidades criadas para os jogos de PC, mas de acordo com um comunicado divulgado pela empresa, não deverá ser dessa vez que veremos o fim da iniciativa que visava tornar a plataforma melhor para games.

continue lendo

emComputadores Games Microsoft

Xbox On: Aaron Paul está ligando acidentalmente videogames ao redor do mundo

Por em 13 de junho de 2014

aaron-paul-plays-titanfall-670

A gente comentou há um tempo aqui no Meio Bit que o Kinect não é mais um item obrigatório na compra do novo videogame da Microsoft. Sábia decisão.

Ainda assim, bastante gente comprou o bundle com a câmera, por achar mais vantajoso. Legal, afinal essa ferramenta permite que você controle o Xbox com comandos de voz. É o futuro, minha gente.

Só que tem uma galera ao redor do mundo reclamando que Aaron Paul, o Jesse Pinkman de Breaking Bad, está ligando seus videogames sem permissão.

continue lendo

emDestaques Games Games Indústria Microsoft Microsoft

Microsoft aposta no Kinect para o futuro do Windows Phone

Por em 10 de junho de 2014

Windows Phone

A Microsoft planeja integrar funções semelhantes às do Kinect em algumas versões futuras do Windows Phone. Ao menos um aparelho, batizado de McLaren por enquanto, irá estrear em algumas operadoras americanas ainda esse ano. Nesse aparelho você pode aproximar e movimentar o dedo próximo à tela, sem tocá-la, para interagir com games e aplicativos.
continue lendo

emCelular Computação móvel Mercado Microsoft Software

Microsoft adverte usuários contra update “hackeado” do Windows XP

Por em 29 de maio de 2014

Windows XP

Essa semana começou a circular uma dica de como “enganar” o update da Microsoft e atualizar o Windows XP, que não recebe mais suporte desde abril.

O hack, que consiste de uma alteração no registro do sistema operacional, faz com que ele apareça como outra versão que será suportada até 2019. continue lendo

emInternet Microsoft Software

A razão que ainda me faz rejeitar o Surface

Por em 28 de maio de 2014
Laguna_Suface_Pro_1

Primeiro Surface Pro, com a finíssima Type Cover sem resposta tátil (Crédito: The Verge)

Quando o primeiro Surface Pro foi anunciado, o tio Laguna até então desejava um tablet ou outro PC tão pequeno quanto o Eee PC 701, netbook que ele tinha à época. Antes daquele momento, eu estava mais inclinado a comprar um iPad mini que no máximo era apenas boato lançado de facto pela Apple no final daquele ano. Mesmo suspeitando que seria bem caro, desejei bastante aquela máquina da Microsoft.

Pois bem, uns meses depois veio a pancada no bolso: a Microsoft anunciou em 899 dólares a versão do Surface Pro com SSD de 64 GB. E só vinha com a caneta, pois o teclado Type Cover (em duas versões de plástico, uma finíssima sem resposta tátil e outra mais normal) tinha que ser comprado à parte por até US$ 130. Desencanei.

Veja bem: eu precisava mais do Surface-notebook que do Surface-tablet. Nem reclamei pelos apenas 64 GB no SSD (ou os 4 GB de RAM), mas a Microsoft empurrar um teclado de plástico adicional por mais US$ 130, mais ou menos o preço que paguei no Eee PC 701, era algo um tanto surreal para mim. Quem a Microsoft pensa que é, a Apple?
continue lendo

emHardware Mercado Microsoft Opinião