Digital Drops Blog de Brinquedo

Black Friday sem sustos com a Dell: suporte remoto e garantia em casa!

Por em 27 de novembro de 2014

Post publicitário
dell_black_friday_mb

Se você está pretendendo comprar um computador com o melhor custo-benefício nesta Black Friday, mas fica preocupado com o suporte depois, temos uma boa dica. A Dell anuncia uma promoção a partir desta quinta-feira (27/11), na qual vai vender notebooks e tablets com preços inéditos, frete grátis e com a segurança da garantia em casa. Além de um suporte remoto 24 horas por dia, durante toda a semana, caso necessário, um técnico vai até a sua casa para resolver o problema.

Os destaques da Dell na Black Friday são os computadores Inspiron 14 3000 Core i3 e Core i5 (com ou sem placa gráfica de 2 GB), todos com 4 GB de RAM e 1 TB de capacidade, a partir de R$ 1.399,00; e tablets como o Venue 7 de 16 GB, por R$ 579,00. Garanta o seu na Dell.

Este post é parte de uma campanha de Black Friday da Dell.

emPublieditorial

Sala da Justiça #45 — O histórico pouso da Philae e muito mais!

Por em 25 de novembro de 2014

Sala-da-Justica-45

No programa da semana passada, conversamos sobre a inauguração do Centro de Pesquisas Global da GE no Brasil; o tablet Android da Nokia, que lembra muito o iPad Mini; o projeto LinkNYC, que vai colocar postes com Wi-Fi na cidade de New York e os prováveis usos do Snapcash, nova forma de mandar dinheiro pelo Snapchat.

No Top 7 da semana, o projeto do Google para armazenamento de genomas; por qual motivo você deve atualizar já o seu Windows; a musa Kate Upton na propaganda de um jogo mobile mequetrefe; as novas versões do Visual Studio com emulador Android nativo; o histórico pouso da Philae no cometa e como ele recoloca a Europa na tradição das Grandes Navegações; a força-tarefa policial que afirma ter derrotado o Tor e no Top 1, o meu post com o hands-on com os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus da Apple.

Na Roleta Russa, fotografia é arte? Yay ou nay? Clique abaixo para assistir ao programa.

Assine nosso feed e o nosso canal no YT.

Escute no final do post a versão em áudio, editada por mim.

Confira os links desta Sala da Justiça:
continue lendo

emPodcast Sala da Justiça Sala da Justiça

Google Contributor transforma os leitores em mecenas dos sites que mais gostam

Por em 23 de novembro de 2014

lorenzo_da-vincis-demons

Assim como acontece no mundo real lá fora, quando a gente cria um projeto online, é preciso muito trabalho, tempo, paciência e muita perseverança pra ver ele dando certo, ou seja, dando retorno financeiro. Falando pessoalmente, o único modelo de negócios que funciona é uma combinação entre trabalho duro e contatos com agências de publicidade, mas existem outros relatos que envolvem outras soluções como o apoio do público, nunca porém sem o primeiro elemento da equação.

Criada para tentar agilizar este processo, enquanto rende bons lucros, a nova ferramenta Google Contributor é uma assinatura mensal com a qual o leitor que mais curte os blogs pode passar a patrocinar seu conteúdo com contribuições mensais de US$ 1, 2 ou 3, e como recompensa deixar de ver os anúncios do Google, que são trocados por um padrão de pixels com uma mensagem de agradecimento.

google_contributor

O Contributor tem uma diferença fundamental para o Patreon, uma das plataformas de crowdfunding mais populares entre os criadores de conteúdo, a respeitável chancela do Google, que literalmente entra com o “seu na reta”, ao tirar as exibições de anúncios, grande e histórica fonte de faturamento da empresa. Os criadores dos sites recebem parte do valor das contribuições, e o resto fica com o Google, é claro, que ninguém é de ferro.

Sites respeitados como Mashable, The Onion, ScienceDaily, Imgur, WikiHow e Urban Dictionary foram os primeiros escolhidos, e por enquanto a entrada no programa está restrita a sites de moradores dos Estados Unidos, o que é uma pena, mas conhecendo o Google, em breve também estará disponível para o resto dos mortais ao redor do mundo. Como algumas das coisas mais legais do Google, a entrada como contribuidor é feita por convite, e você pode se inscrever para ser colaborador. Para se inscrever como dono de um site, além de morar por lá, é preciso enviar um email.

Saiba mais sobre o Google Contributor.

emDestaques Google Publicidade

Evento da MasterCard mostra novidades e tendências em pagamentos eletrônicos

Por em 20 de novembro de 2014

evento_mastercard_lyons

Na 3ª edição do seu Fórum Anual de Inovação em Pagamentos em Miami, a MasterCard mostrou as tendências para o futuro dos pagamentos eletrônicos, incluindo o serviço MasterPass, para pagamentos através de praticamente qualquer aparelho móvel e o ShopThis!, no qual você pode comprar produtos a partir de vídeos ou até mesmo de revistas impressas.

O evento voltado para o mercado da América Latina e Caribe teve palestras bem interessantes como a de Robert Wolcott da Kellogg Innovation Network e David Cohen, que apresentou a evolução dos pagamentos desde 1964, quando foi lançado o primeiro cartão da empresa, além da apresentação de Garry Lyons (foto acima), chefe de inovação da MasterCard e responsável pela área da empresa que está sempre de olho no futuro, o MasterCard Labs, que conta com laboratórios em Dublin e Miami.

O Apple Pay aumentou a percepção do público em geral para este tipo de transação.”

Na abertura do evento, Gilberto Caldart, presidente da MasterCard para a América Latina e Caribe, falou sobre o panorama do mercado de pagamentos, que vive em constante mudança, deixando claro que o futuro do comércio está indo na direção de transações digitais: “Há alguns anos vemos a inclusão de chips NFC em smartphones Android para uso no sistema de pagamentos Google Wallet, e recentemente o Apple Pay aumentou a percepção do público em geral para este tipo de transação.”

O foco principal da MasterCard para a América Latina é tentar mudar o panorama atual, no qual 70% da população não conta com conta bancária, e uma das soluções para isto são dois serviços criados em parcerias com as operadoras Vivo no Brasil (Zuum) e o Movistar (Tu Dinero Móvil) para o resto da região, que funcionam basicamente como contas correntes pré-pagas.

Caldart também acredita que outro grande potencial para pagamentos digitais é a Internet das Coisas, que vai conectar nossos carros, geladeiras, máquinas de lavar e outros aparelhos que usamos no dia a dia, incluindo casas totalmente conectadas.

evento_mastercard_wolcott2

Em sua palestra, Robert Wolcott levantou alguns pontos importantes sobre como grandes empresas perdem seu espaço no mercado, apesar de investirem em inovações e terem funcionários capazes e inteligentes, citando o caso de várias empresas incluindo a Pan-Am, IBM e Kodak.  Como isto pode acontecer? Como uma empresa que está no topo pode chegar ao fim? Ele acredita que o problema não é a falta de capacidade, e sim outro motivo. Não é que eles não estavam inovando, eles só não estavam transformando esta inovação em produtos que as pessoas quisessem.

Como as empresas devem se preparar para enfrentarem sua concorrência, que está cada vez mais feroz? “Se você faz uma coisa e ganha muito dinheiro, o que as outras fazem? Te copiam”, disse Wolcott. “Como escapar disto? Nós temos que inovar mais rápido do que antes.” Para ele, a grande ameaça não vem dos concorrentes diretos, e sim da “periferia”.

continue lendo

emDestaques Evento Mercado

Sala da Justiça #44 — Lumia sem Nokia, Interstellar sem spoiler e pinguins robóticos

Por em 17 de novembro de 2014

Sala-da-Justica-44

Na Sala da Justiça desta semana, eu, Cardoso, Sergio, Ronaldo e Laguna conversamos sobre o novo óculos navegador da Microsoft para cegos e pessoas com alguma deficiência visual; o Lumia 535, o primeiro smartphone da Microsoft sem a Nokia; o incrível Fusion 7.5 que não custa nada, mas pode produzir muito e o painel gaúcho dos novos caças Gripen NG da Força Aérea Brasileira.

No Top 7, a vingança que a Marvel pretende fazer com quem vazou o teaser trailer do novo filme dos Vingadores; Overwatch, o primeiro game original da Blizzard em 17 anos; a ressurreição do cartão micro-SD na nova versão do Android Lollipop; um papo rápido e sem spoilers sobre o magnifíco filme Interstellar do mestre Christopher Nolan; o terrível site que transmite em streaming 73 mil câmeras de incautos que esqueceram de trocar a senha padrão de suas câmeras; as aventuras da China na Lua e o Top 1, SP vai viver dias de Mad Max? Conheça o site que permite acompanhar como está o nível dos reservatórios da SABESP e saiba se é preciso se desesperar com a falta d’água na capital paulista.

Na Roleta Russa, o Happy Feet robô criado para analisar o comportamento politicamente incorreto dos pinguins. Este tipo de pesquisa tem valor científico, ou devemos deixar os pinguins em paz? Yay ou nay?

Clique abaixo para assistir ao programa.

Escute no final do post a versão em áudio, editada por mim mesmo.

Confira os links desta Sala da Justiça:
continue lendo

emDestaque Destaques Podcast Sala da Justiça Sala da Justiça

[Hands-on] Primeiras impressões do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus

Por em 15 de novembro de 2014

iphone_6

A Apple lançou sexta passada no Brasil o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus, seus novos smartphones. Estou testando os dois aparelhos desde quinta-feira, e este texto é para falar sobre as minhas primeiras impressões sobre cada um, mas vocês podem aguardar dois reviews completos, assim que tiver testado eles por mais tempo. A primeira que chama a atenção nos dois é como eles são redondos, e como o iPhone 6 se encaixa bem na mão. A segunda coisa é a espessura, os dois são realmente muito finos, o 6 com apenas 6,9 mm e o iPhone 6 Plus com 7,1 mm; contra 7,6 mm do iPhone 5s.

O iPhone 6 tem tela de 4,7 polegadas que é bem maior do que a do iPhone 5s, mas nada que se compare aos 5,5 do modelo maior, que realmente parece um pequeno tablet. Olhando os dois lado a lado, todas as atenções se voltam para a imensa tela do 6 Plus. A resolução da tela do iPhone 6 Plus é Full HD, e apesar da concorrência já ter telas com resolução Quad HD, na prática isto não faz diferença. Já testei o LG G3, e posso dizer que a tela do iPhone não faz feio na comparação.

Se levarmos em conta o tamanho das telas, os novos iPhones são relativamente leves, o iPhone 6 pesa 129 gramas, enquanto o iPhone 6 Plus, 172 gramas. Como o 6 Plus é maior e mais pesado, e tem uma superfície reta e lisa de alumínio, é preciso ter cuidado e atenção para (horror dos horrores) não derrubá-lo no chão. O uso de uma capa é altamente recomendável nos dois aparelhos, mas no maior é quase uma necessidade.

Indo direto ao ponto, se você está disposto a comprar um iPhone, qual dos dois deve escolher? Bem, isto depende do seu gosto pessoal. Eu gostei muito dos dois smartphones, mas ando numa fase de telas grandes, então realmente aprecio todo o potencial de espaço que o 6 Plus oferece, além da possibilidade de usar apps adaptados para o uso na horizontal, como acontece com os iPads. Também é impossível não pensar em como seria um iPhone intermediário, com digamos 5 ou até 5,2 polegadas; como o Moto X modelo 2014. Outra razão para a minha preferência pessoal é a câmera.

continue lendo

emAnálise Apple e Mac Celular Computação móvel Destaque Destaques Hardware Resenha

Sala da Justiça #43 — gravidade em vídeo, acidente da VSS Enterprise, jogos de graça e mais

Por em 11 de novembro de 2014

Sala-da-Justica-43

No programa da semana passada, eu, Ronaldo, Laguna, Sergio Vieira e Lu Freitas conversamos sobre o incrível The Internet Arcade, coleção com mais de 900 games clássicos totalmente grátis; o YouTube liberou a inclusão de vídeos a 60 fps; a possível volta da Nokia (finlandesa) ao mercado com aparelhos Android; o review do Microsoft Band; o tradutor universal do Skype; o vídeo que mostra a gravidade em ação em uma câmara de vácuo gigante e o acidente com a VSS Enterprise da Virgin Galactic.

No Top 7 da semana, a queda nos lucros da linha mobile da Samsung; o barco auto-estabilizante; afinal, o cabo submarino da Dilma é seguro ou não; o sistema de deteção de pedestres da Honda; o futuro sombrio da Duracell; os idiotas que postam informações pessoais na internet, incluindo fotos do cartão de crédito e questão da busca pelo pior serviço possível (dentro da lei) por parte das nossas operadoras.

A Roleta Russa da semana são os bonecos de teste obesos que estão sendo testados nos Estados Unidos. Yay ou nay?

Clique abaixo para assistir ao programa.

Este post (com a versão em áudio) atrasou pois foi o primeiro podcast que eu editei na minha vida, peço desculpas a todos pela demora e também por quaisquer problemas que vocês encontrem. O programa desta semana será gravado hoje, e amanhã sem falta entrego a versão em áudio. ;)

Clique abaixo para escutar o programa e conferir a lista de links citados.

continue lendo

emDestaque Podcast Sala da Justiça Sala da Justiça