Home » Filmes e séries » Radioactive: confira o trailer do filme sobre Marie Curie

Radioactive: confira o trailer do filme sobre Marie Curie

O filme Radioactive do StudioCanal é uma biografia sobre Marie Curie, com direção de Marjane Satrapi (Persépolis) e Rosamund Pike no papel principal

15 semanas atrás

Foi divulgado um novo trailer de Radioactive, biografia do StudioCanal sobre a física e química Marie Curie e seu marido Pierre, com direção de Marjane Satrapi e Rosamund Pike no papel principal. No elenco, além de Pike, estão Sam Riley como seu marido Pierre Curie e Anya Taylor-Joy como Irène Curie, a filha do casal que também era química.

Rosamunde Pike faz o papel de Marie Curie no filme Radioactive

A diretora Marjane Satrapi ficou conhecida com Persépolis, indicado ao Oscar de melhor longa de animação em 2008, e que ganhou o prêmio do júri no Festival de Cannes no mesmo ano. O filme é escrito por Jack Thorne (roteirista do filme Extraordinário e da série His Dark Materials: Fronteiras do Universo) e inspirado no livro ilustrado de mesmo nome, escrito e desenhado por Lauren Redniss.

Livro Radioactive: Marie & Pierre Curie — A Tale of Love and Fallout

Segundo a sinopse no site da autora, o livro Radioactive: Marie & Pierre Curie — A Tale of Love and Fallout fala sobre o poder de duas forças invisíveis: radioatividade e amor. A trama começa com a mudança de Marie Sklodowska de Varsóvia até Paris, cidade na qual ela estudou matemática e física na universidade de Sorbonne, na qual era uma das 23 mulheres de um total de 1800 estudantes.

Logo depois da sua formatura, Marie conheceu em um café o também físico Pierre Curie, com quem começou a trabalhar em seu laboratório, e depois acabou se casando e fazendo história ao descobrir a radioatividade, um termo aliás criado por ela. Marie provou a todo o mundo que lugar de uma mulher é onde ela quiser, inclusive no laboratório.

Infelizmente, com todo o sucesso e reconhecimento, também chegaram rapidamente as consequências dos estudos deles com radioatividade, que deteriorou a saúde do casal. Para citar uma frase do livro: "a radioatividade tornou o casal Curie imortal. Agora ela está matando os dois". O mesmo aconteceu com Irène Joliot-Curie e seu marido Frédéric Joliot, quando eles continuaram com a pesquisa,

Pierre Curie morreu em 1906, três anos depois que ele e Marie receberam o Nobel de Física. Marie viveu bem mais do que ele, até 1934, e se tornou a primeira pessoa na história a vencer o Nobel duas vezes, além de ter sido a primeira mulher agraciada. Sua filha Irène venceu o Nobel de Química em 1935 ao lado de seu marido Frédéric Joliot-Curie por ter descoberto a radioatividade artificial, mesmo prêmio que Marie havia vencido em 1911.

O livro mostra não só as descobertas revolucionárias da família Curie, mas também a repercussão posterior delas, citando a bomba sobre Hiroshima e o acidente nuclear de Chernobyl na Ucrânia.

Poster do filme sobre Marie Curie

O filme Radioactive já passou em alguns festivais, mas tem lançamento oficial previsto para março deste ano.

relacionados


Comentários