Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Shield, o console Android da nVidia, já está sendo vendido na civilização

Por em 29 de maio de 2015

Laguna_nVidia_Shield_This_Is_How_You_Play_TV_peq

Enquanto o PlayStation 4 se propõe a ser o console mais vendido da 8ª geração, desde a E3 2013 que o Xbox One promete ser o centro multimídia do Windows 10. Ou algo do tipo. Wii U? Tem excelentes jogos, mas nem a Nintendo sabe qual o foco dele.

Pois bem, alguns meses atrás na GDC a nVidia anunciava o Shield, console Android capaz de rodar jogos em resolução 4K via streaming. Tal capacidade é atribuída ao poderoso Tegra X1, um SoC ARM que também equipa a plataforma nVidia Drive (Android Auto).

No início do presente mês, o principal serviço do console Android com hardware melhor que o do Wii U entrou em beta gratuito para quem já possui outros tablets e portáteis Shield: o nVidia Grid já possui uma respeitável biblioteca de jogos via streaming que podem ser aproveitados no momento em Full HD a 60 fps.

O console per se é capaz de rodar exclusivos jogos multiplataforma com gráficos pouco melhores que os dos consoles da sétima geração, fora os jogos mobile presentes na plataforma Android. Embora os jogos nativos estejam rodando sob o Android, o hardware da nVidia tem loja exclusiva, a Shield Store.

Pois bem, as encomendas do console Shield já começaram ontem (28/05).
continue lendo

emHardware Indústria Jogos

A outra Nokia estaria interessada em vender sua divisão HERE Maps para a Apple

Por em 22 de abril de 2015

Laguna_Apple_Nokia_HERE_Maps

Grandes aquisições exigem grandes sacrifícios. Embora a outra Nokia esteja bem saudável a ponto de poder comprar sua rival em infra de telecom e planejar para o final de 2016 um retorno aos smartphones (Android?), há um setor da empresa que não está nada bem financeiramente: a divisão de mapas.

Embora a finlandesa já desenvolvesse sua própria tecnologia de mapas desde 2001, em 2008 houve a aquisição da NAVTEQ e assim o estabelecimento do Ovi Maps. Foi um negócio de US$ 8,1 bilhões à época. Em 2011 a aquisição foi completada e o nome da divisão mudou para Nokia Maps. Logo depois, durante os negócios com a Microsoft, virou HERE Maps.

Problema: aqueles oito bilhões de dólares hoje representam ativos de apenas € 2 bilhões, segundo a própria Nokia Oyj. Se você gasta US$ 16,6 bilhões para comprar a Alcatel-Lucent, vender uma divisão deficitária para cobrir parte do investimento parece boa ideia.
continue lendo

emApple e Mac Destaques Software

Blue Origin de Jeff Bezos em breve realizará voos suborbitais

Por em 9 de abril de 2015

bf-3-engine

O espaço pode ser a fronteira final, mas para quem tem dinheiro sobrando ele é apenas o próximo desafio a ser superado. Ainda bem, excluindo governos quanto mais gente com grana para queimar e vontade de construir o futuro, melhor para a gente.

Enquanto Elon Musk vai para o lado mais técnico com a SpaceX, Richard Branson prefere explorar os voos subortais comerciais com a Virgin Galactic. Agora, sem muita surpresa o fundador da Amazon Jeff Bezos também pretende entrar na brincadeira de voos com passageiros.

continue lendo

emEngenharia Espaço Miscelâneas

Star Wars será re-re-relançado, desta vez em formato digital

Por em 7 de abril de 2015

star-wars

Quando George Lucas estava no comando da franquia Star Wars, como todo bom perfeccionista ele vivia mexendo nas suas obras, mudando eventos essenciais (Han sempre atirou primeiro, convém frisar) e aproveitando o avanço de computação gráfica para colocar novos elementos e cenas. Claro que há o revés de obrigar os fãs a comprarem tudo de novo, já que cada reedição trazia novos extras que tornava cada nova versão indispensável para os fanboys.

Aí a Disney assumiu e claro, ela não poderia fazer diferente. Se bem que desta vez a saga chegará até você através da distribuição digital. E claro, você vai comprar. De novo.

continue lendo

emCinema Destaque Vídeo

Amazon revela planos de armazenamento infinito na nuvem

Por em 27 de março de 2015

amazon-cloud-drive

E segue a guerra do armazenamento na nuvem. Google, Microsoft e Dropbox se estapeiam a fim de conquistar o maior número possível de consumidores, sendo que a última foi obrigada a se render e rever seus planos quando os concorrentes começaram a praticar preços melhores.

A Microsoft deu um passo além ao apresentar um plano de armazenamento ilimitado, por enquanto restrito aos usuários do Office 365, e agora um quarto player entra na briga com a mesma jogada: a Amazon.

continue lendo

emInternet Software Software

Criadores do Prey anunciam jogo de terror. Para mobile

Por em 10 de março de 2015

Lost-Within

Na tentativa de expandir sua influência na indústria de jogos, a Amazon tem arrebanhado alguns estúdios para suas plataformas mobile e o mais novo a fechar uma parceria com a gigante varejista dos Estados Unidos foi a Human Head Studios.

Mais conhecidos pela criação do FPS Prey, sabíamos que a desenvolvedora estava trabalhando num jogo gratuito chamado Minimum e agora a expectativa será pela chegada do Lost Within, título que será publicado pela Amazon Game Studios com versões para o Fire Phone e Fire tablet, além da possibilidade dele também aparecer no iPhone e no iPad.

continue lendo

emCelulares Jogos

União Europeia: e-books não são livros e não têm direito a desconto nos impostos

Por em 6 de março de 2015

kindle

A peleja entre livros físicos e e-books está longe de ser decidida. De um lado temos empresas como a Amazon, brigando para que haja uma equiparação na carga tributária, o que reduziria os preços não só dos livros digitais como também dos e-readers. Do outro há o governo e o mercado editorial, que relutam em classificar o novo formato como um livro de papel, o que derrubaria seus preços sensivelmente.

Isso não é exclusivo do Brasil, lá fora a briga é a mesma. Agora a Comissão Europeia decidiu que e-books em geral (as publicações, não os aparelhos) não podem ser considerados livros, mas “serviços”. E com isso, terão uma taxação maior.

continue lendo

emComputação móvel Destaques Internet Quadrinhos Software