Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Review — iPad mini 3

Por em 31 de janeiro de 2015
Laguna_iPad_mini_3

Prepare o bolso pois a brincadeira sairá cara (Crédito: tio Laguna)

Desde o lançamento do iPad, o tio Laguna faz a si mesmo e a outrem uma mesma pergunta: para que deabos serve um tablet?

Tá, confesso: nunca vi muita graça no iPad original, parecia uma versão esticada do iPhone 3GS. Na verdade, quase sempre rejeitei a ideia de tablets ARM pois, além dos aplicativos e jogos serem mais simples que nos computadores com legado x86, tocar na tela não me é uma atividade mais produtiva (e precisa) que usar a dupla teclado e mouse ou mesmo teclado e touchpad.

Também tinha a questão do tamanho: uma tela com diagonal de 9,7 polegadas não é algo que eu possa carregar por aí. Grande demais para mim. Alguns anos depois comprei o meu primeiro smartphone, um iPhone 4S, e logo depois, começaram os rumores de uma versão menor do tablet da Apple. Nesse meio tempo a Microsoft lança o Surface.

Seja iPad mini, seja Surface, a minha urgência maior era trocar o Pobrebook 1 (um Asus Eee PC 701, com tela de 7 polegadas). Ao trocá-lo pelo Pobrebook 2 (Asus Eee PC 1015BX, com 10 polegadas) no começo de 2013, não sobrou dinheiro algum para pensar em comprar essas máquinas luxuosas da Apple e Microsoft.

No caso do iPad mini, lançado no final de 2012, eu também tinha algo contra: o tablet usava o mesmo Apple A5 de meu smartphone. Seria no mínimo uma redundância. Melhores motivos tive para rejeitar o Surface 3. Quando o Pobrebook 2 deu um problema no final do ano passado, aproveitei uma promoção relâmpago e peguei o Pobrebook 3, o melhor netbook que já tive: um Acer Aspire V5 com processador AMD E1 e tela de 11,6 polegadas.

11,6 polegadas talvez seja meu tamanho máximo para notebooks de uma maneira geral. Rejeitava o iPad e seus sucessores diretos justamente pelo tamanho mas, após trocar duas vezes de netbook, cada um maior que outro, seria hora de eu esquecer o iPad mini e comprar logo um iPad Air?
continue lendo

emApple e Mac Celulares Destaque Equipamentos Resenha

Foblets caminham para ser o form factor padrão da indústria

Por em 30 de janeiro de 2015

galaxy-note-4

Em 2011, quando a Samsung apresentou o primeiro Galaxy Note muita gente torceu o nariz. Acostumados com aparelhos menores e mais portáteis, a ideia de carregar um dispositivo com uma tela de 5,3 polegadas no bolso nos pareceu… estranha. Na questão da portabilidade não fazia sentido.

Somemos a isso a posição de Steve Jobs, que muita gente toma como guru sobre celulares maiores quando disse no lançamento do iPhone 4 que “ninguém compraria celulares grandes”. Passados mais de quatro anos o cenário é outro e vai mudar ainda mais.

continue lendo

emComputação móvel Destaque Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Microsoft anuncia novo Outlook para Android e iOS

Por em 29 de janeiro de 2015

outlook_for_ios_ android_multiplos_servicos

Digo e repito: concorrência é, com raríssimas exceções, algo extremamente salutar para o mercado e benéfico para o usuário/consumidor. Há alguns meses, o Google lançou uma versão do Gmail para Android que, diferente do que o aplicativo sempre fez, passou a aceitar que os usuários adicionassem contas de outros serviços de e-mail. A intenção do Google era tentar fazer do app do Gmail, uma espécie de Outlook Express (só os bons se lembrarão dele).

Sendo um reflexo ou não do movimento do Google em querer centralizar as contas dos usuários, a Microsoft anunciou, nesta quinta-feira, uma nova versão do Outlook para Android e a primeira delas para iOS. Assim como o app do Gmail, ainda restrito ao Android, o novo aplicativo lançado pela gigante de Redmond também permite o uso de contas que não são da própria empresa, como de usuários do Exchange, iCloud, Yahoo e, claro, Gmail.

continue lendo

emAndroid e Linux Apple e Mac Destaques Google Internet Microsoft Software

Moment para iPhone 6 — melhor case para fotografia mobile?

Por em 29 de janeiro de 2015

moment_ipnone_case

Muitos anos atrás, em um tempo onde celulares serviam apenas para fazer ligações, eu afirmava que um telefone nunca iria superar uma câmera fotográfica de verdade no quesito qualidade de imagem. Infelizmente (ou felizmente, depende do ponto de vista) eu estava errado e admito que tenho que morder a língua. Hoje existem muitos modelos de smartphone que entregam uma fotografia aceitável e com qualidade comparável com câmeras fotográficas compactas. Aliás, esse é o motivo do mercado de câmeras compactas com configurações mais simples estar indo para o fundo do poço. Eu mesmo tenho um celular com uma ótima câmera e que foi responsável por aposentar a pequena câmera que eu levava na bolsa.

Porém, temos que admitir, fotografar com celular ainda pode ser um pouco desconfortável, principalmente no que tange a acessibilidade dos recursos da câmera. Por isso que alguns acessórios buscam tornar a experiencia de fotografar com o celular um pouco mais gratificante. Um destes acessórios é o Moment que se encontra em fase de captação de recursos no Kickstarter. O aparelho é um case compatível apenas com o iPhone 6. A promessa é trazer para o telefone toda a experiência de fotografar com uma câmera fotográfica de verdade, ou seja, mais agilidade e rapidez.

continue lendo

emAcessórios Acessórios Áudio Vídeo Fotografia

Novo Moto G com 4G chega ao mercado brasileiro

Por em 29 de janeiro de 2015

novo-moto-g-4g

A Motorola pegou todo mundo de calças curtas nesta manhã: através de um comunicado da assessoria de imprensa a empresa lançou nesta quinta-feira versão do Novo Moto G com 4G, que possui as mesmas características da versão 3G, mas com uma maior velocidade de conexão.

continue lendo

emComputação móvel Destaque Destaques Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Lucro da LG sobe 46% em 2014 graças a TVs e smartphones

Por em 29 de janeiro de 2015

lg-g3

Enquanto a Samsung amarga fracos resultados em 2014 — sendo que boa parte da culpa é dela mesma — a LG comemora excelentes números no mesmo período: a empresa publicou os lucros do último trimestre do ano e também alguns dados interessantes do ano que passou, e no fim das contas este foi um período excelente para ela graças a fortes vendas de smartphones e TVs.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computação móvel Destaques Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Graças ao sucesso do iPhone 6 (e o Plus), Apple empata com Samsung

Por em 29 de janeiro de 2015
Laguna_Samsung_vietnamese_shipyard

Não são o Prelude, mas chegam perto (Crédito: SeaShip News)

A Samsung divulgou aos acionistas o balanço geral do quarto trimestre do ano fiscal de 2014. Temos o seguinte: receita de ₩ 52,73 trilhões (US$ 49,11 bilhões) e lucro líquido de 5,3 trilhões de wones (4,8 bilhões de dólares). Números interessantes para uma empresa que fabrica até tanque de guerra, mas representam queda de 27 por cento nos lucros em relação ao quarto trimestre de 2013.

Quando voltamos as atenções apenas para o ramo dos smartphones, os números do mesmo período (4º trimestre) do ano fiscal de 2014 foram os seguintes: receita de 26,29 trilhões de wones (24 bilhões de dólares) e lucro líquido de ₩ 1,96 trilhão (US$ 1,8 bilhão). Mais um trimestre de queda. Isso mesmo, 2014 não foi um ano nada generoso para a sul-coreana, menor lucro desde 2011.

Além dos tropeços da própria Samsung, outra culpada pela queda nos lucros pode atender pelo nome de Apple. Mais especificamente, o iPhone 6.
continue lendo

emApple e Mac Destaque Destaques Mercado