Home » Games » Konami ensaia volta às grandes produções para consoles

Konami ensaia volta às grandes produções para consoles

Depois de alguns anos focando em jogos para mobile, CEO da Konami afirma que empresa não desistiu dos consoles e que algo grande pode estar a caminho.

03/09/2019 às 8:37

Para quem cresceu vendo a Konami como uma das maiores e mais adorada empresas da indústria de games, as notícias de que eles passariam a focar no mobile caiu como uma bomba. Ver uma editora/desenvolvedora como esta ser reduzida a uma série de jogos de futebol e meia dúzia de títulos para celulares parecia uma enorme perda e desde então foi basicamente o que vimos eles se tornarem.

Contra: Rogue Corps - Konami

Com a Konami tendo diminuído drasticamente a produção de jogos de grande porte e com declarações conflitantes vindo de seus funcionários, passamos a nos perguntar qual seria o futuro de uma empresa com um passado tão bonito, mas fato era que a ideia de utilizar suas marcas para  explorar as máquinas de pachinko e o mercado mobile nunca soou muito bem entre os fãs.

Eis que quando menos esperávamos uma mudança nessa postura, o presidente da Konami Europe, Masami Saso, disse em uma entrevista que além deles não terem desistido dos consoles, é provável que em breve vejamos o anúncio de um jogo baseado em um das suas muitas franquias famosas.

Mesmo com as novas plataformas chegando, nós acreditamos que jogos de alta performance para consoles são os mais importantes. Nos desafiamos por ideias e tecnologia inovadoras com os nossos jogos para consoles e aplicá-las a outros dispositivos, então continuaremos nos esforçando com os nossos jogos para consoles. E além de títulos PES e Yu-Gi-Oh para múltiplos dispositivos, planejamos trabalhar no futuro próximo com projetos de outras propriedades intelectuais conhecidas globalmente.

Ainda de acordo com o executivo, continuar criando títulos de grande porte para os consoles é o que tem lhes permitido entregar jogos de alta qualidade para os dispositivos mobile. Da mesma forma, a capacidade da empresa em operar esses jogos vem da época em que eles desenvolviam para os fliperamas e que a experiência em múltiplos aparelhos é o ponto forte da Konami.

Saso também reforçou o interesse da companhia em explorar melhor o mercado de eSports. Um indício disso já havia sido dado quando eles resolveram mudar o nome da sua tradicional franquia Pro Evolution Soccer, que a partir desta temporada passará a ser conhecida como eFootball PES. Mas agora sabemos que eles estão criando um estúdio no distrito de Ginza, em Tóquio e caberá a ele organizar torneios tanto do jogo de futebol quanto de Yu-Gi-Oh.

Ou seja, isso significa que um dia veremos a Konami voltar a ser como antes? Sinceramente acho que não. Com a empresa vendo o seu lucro crescer ano após ano, a sensação interna deve ser de que eles fizeram as escolhas corretas e como já defendi em outra oportunidade, como criticar uma companhia que está tentando ver seus cofres encherem?

Isso no entanto não quer dizer que eu goste do caminho que eles tomaram e talvez por isso eu tenha ficado feliz com a declaração de Masami Saso, afinal ela ressoa como uma ponta de esperança de pelo menos um dia vermos a Konami lançar novos capítulos de um Gradius, um Castlevania, um Silent Hill, um Zone of the Enders… O único problema é que quando eles tentaram fazer isso com o Metal Gear o resultado não foi muito bom e no fundo ainda tenho medo do que será esse Contra: Rogue Corps.

Fonte: GamesIndustry.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários