Home » Games » Microsoft agora diz que seus estúdios focarão em jogos exclusivos

Microsoft agora diz que seus estúdios focarão em jogos exclusivos

Após executivo dizer que seus jogos exclusivos poderiam aparecer em outros consoles, Microsoft emite comunicado afirmando que isso não deverá acontecer.

13 semanas atrás

Desde que anunciou que os títulos desenvolvidos por eles também apareceriam no PC, a Microsoft passou a adotar uma imagem de ser contra os jogos exclusivos. Isso ficou claro quando alguns dos seus títulos foram anunciados para o Nintendo Switch, como foi o caso do Cuphead (embora este não pertença à Microsoft) e mais recentemente o Ori and the Blind Forest, indicando assim que a empresa apostava em vender games, não apenas consoles.

Jogos exclusivos

Para aqueles que não possuem um Xbox One, foi muito bom ouvir do chefe do Microsoft Studio que eles estavam abertos a disponibilizar algumas de suas criações em outras plataformas. Porém, o que estava parecendo bom de mais para ser verdade acabou se confirmando, já que de acordo com um comunicado emitido pela empresa, no futuro eles não deverão liberar as criações dos seus estúdios para os aparelhos da Nintendo ou da Sony.

O ano passado foi um tempo empolgante para nós, pois mais do que dobramos a quantidade de equipes criativas internas que formam o Xbox Game Studios. À medida que esses novos estúdios migrariam, estávamos cientes de alguns compromissos existentes com outras plataformas e os honraremos. Contudo, na sequência esses estúdios focarão em criar jogos para as nossas plataformas. Não temos planos de expandir ainda mais os nossos jogos exclusivos criados internamente para outros consoles. Continuaremos acreditando no cross-play e no progresso dos games com a flexibilidade correta para os desenvolvedores garantirem uma experiência justa e divertida.

A posição serve para esclarecer o comentário anterior feito por Matt Booty, quando ele disse que dependendo do título poderia fazer sentido ele aparecer em outros videogames. Contudo, ainda acredito que isso poderá acontecer, se não com um Gears of War ou um Halo, ao menos com alguma nova versão do Minecraft ou outro jogo que a empresa não considere como um dos carro chefes essenciais para o sucesso de um futuro Xbox.

Também vale notar que embora o comunicado fale claramente sobre outros consoles, ele não menciona o PC, o que me fez crer que está mantida a antiga estratégia de disponibilizar nos computadores tudo o que eles vierem a criar. Isso ainda estaria implícito na parte que fala sobre “jogos para as nossas plataformas”, já que é desta forma que o PC/Windows é visto por eles.

Outro detalhe que chamou a minha atenção foi eles terem dito que continuam comprometidos com o cross-play, recurso que foi tão debatido durante a atual geração e pelo o qual a Microsoft recebeu tantos elogios. Tudo bem que não faria sentido mudar de lado a esta altura do campeonato, mas é sempre bom reforçar uma postura que tem sido tão bem vista pelos jogadores.

Mas se ainda assim você não cogita adquirir um Xbox e não se sente atraído a jogar no PC, a boa notícia é que a Microsoft não desistiu de oferecer os jogos dos seus estúdios em outros dispositivos e como isso seria feito? Através do xCloud, serviço da empresa que pretende entregar jogos por streaming. A má notícia é que ele ainda não tem uma data para ser lançado, muito menos sabemos se um dia estará disponível por aqui.

Fonte: GamesIndustry.

relacionados


Comentários