Home » Games » Jogos da Microsoft Studios poderão sair em outras plataformas

Jogos da Microsoft Studios poderão sair em outras plataformas

Chefe do Microsoft Studios diz que jogos criados pelos estúdios recém-adquiridos poderão sair em outras plataformas, mas desde que isso faça sentido.

13 semanas atrás

Quando a Microsoft abriu os cofres e decidiu comprar diversas desenvolvedoras de games no ano passado, a dúvida que ficou na cabeça das pessoas passou a ser em relação aos títulos criados por elas. Aqueles que já estavam em produção o natural seria que fossem lançados para outras plataformas, mas e os projetos que fossem iniciados já sob o controle da Gigante de Redmond?

Microsoft Studios

Pois ao conceder uma entrevista ao canal da revista GameInformer, Matt Booty, o chefe do Microsoft Studios, foi questionado se eles poderiam continuar disponibilizando futuros jogos para outros consoles e PC, quando deu uma resposta bastante animadora.

Sim, acho que podemos. Penso que esta questão seja menos binária, ‘deveria estar no Switch, deveria estar no PlayStation?’ e mais, ‘faz sentido para a franquia?’

Em outras palavras, esse é o tipo de jogo que poderia se beneficiar do efeito de rede de estar em um monte de plataformas ou é um jogo onde poderíamos dar o melhor suporte ao colocarmos recursos e garantir que as nossas plataformas — coisas como xCloud, Game Pass e Xbox Live — estejam realmente inclinadas a apoiar o jogo?

Embora não seja tão comum vermos estúdios que se tornaram subsidiárias de fabricantes de consoles lançando títulos nos aparelhos de concorrentes, a própria Microsoft possui exemplos do contrário, como é o caso do Minecraft e do Cuphead. Isso no entanto não é garantia de que um dia veremos um Halo, um Forza ou um Gears of War num PlayStation, já que como o executivo disse, eles não vão querer abrir mão de franquias que foram pensadas desde o início para o Xbox. Ou seja, eles querem manter algumas cartas guardadas na manga.

A dúvida que fica por enquanto é sobre o que o pessoal da Microsoft Studios pensa sobre os próximos títulos que serão criados por estúdios como Obsidian, Ninja Theory ou Double Fine. Será que eles os considerarão como dignos de alcançar um público maior, ou será que tais projetos parecerão mais com games que podem trazer novos consumidores para seus consoles/serviços?

Pois no caso do The Outer Worlds, promissor RPG que está sendo produzido pela Obsidian, Booty disse que por mais que versões dele estejam previstas para chegar ao PC, Switch e PlayStation 4, a Microsoft Studios o está encarando como uma duradoura franquia exclusiva. Isso quer dizer que se um dia ela receber continuações, existe uma boa chance de só podermos jogá-las nas plataformas da Microsoft.

Portanto, se você gosta dos estúdios que a Microsoft comprou recentemente e não possui um Xbox One ou um PC, num primeiro momento essas aquisições não lhe afetarão. Já pensando a médio/longo prazo, talvez seja uma boa ideia começar a pensar nessas plataformas, já que tirando um ou outro título, o mais provável é que a maior parte dos futuros projetos só apareçam por lá.

PS: e em nota levemente relacionada, quem também falou sobre exclusividades foi David Cage, o responsável pela Quantic Dream. Segundo ele, depois de terem passado 12 anos trabalhando exclusivamente para a Sony, agora seus jogos aparecerão na maior quantidade possível de plataformas, a menos é claro que algum acordo específico seja realizado no futuro.

Vale lembrar que desde o ano passado eles tem trabalhado na adaptação dos seus jogos para o PC, o que já resultou no lançamento do Heavy Rain e do Beyond: Two Souls, com o Detroit: Become Human estando previsto para chegar aos computadores ainda este ano.

relacionados


Comentários