Home » Mobile » Hoax dos 7% de alcance no Instagram ataca novamente

Hoax dos 7% de alcance no Instagram ataca novamente

O post pedindo pra comentar "sim" e aumentar o engajamento no Instagram está de volta! Sim, é só um hoax, mas tem muita gente replicando esse lixo.

05/02/2019 às 13:08

Depois de alguns meses sumido, o hoax dos 7% de alcance no Instagram surgiu novamente ontem, com direito a posts nos perfis de vários influenciadores como youtubers, atores, comediantes e/ou celebridades, incluindo aí várias pessoas que eu acho que são inteligentes demais pra caírem nessa autêntica fake news.

Hoax dos 7% de alcance do Instagram está de volta

Se você teve a sorte de não ter visto isso na sua timeline, eu explico. São diferentes versões da imagem, que têm em comum o fato de sempre muito mal produzidas (não essa acima, que fui eu que fiz) e trazerem a mensagem de que o Instagram teria reduzido o alcance para apenas 7% (ou 6%, em algumas versões mais alarmistas), e que a pessoa precisaria comentar "sim" no perfil para continuar a receber todo o conteúdo.

É só parar pra pensar dois segundos, que a pessoa vai ver que isso não faz o menor sentido, e não vai passar essa corrente adiante (tudo bem, até aí o argumento vale pra qualquer corrente, e continuam passando). Se a lógica fosse um aumento do engajamento, e não do alcance, tudo bem, só lembrando que no caso, o aumento em si seria mesmo só daquela foto, e não de todo o perfil.

Uma rápida busca no Google aponta este post no Medium que foi escrito em junho do ano passado, e fala sobre o mesmo hoax. Nele, o autor detalha os sete fatores para se ter mais alcance no Instagram, que são na ordem: engajamento, contexto, conexões, declínio de tempo, buscas no perfil, compartilhamentos diretos e tempo gasto. Ou seja, sim, se você não postar nada ou não interagir com ninguém, seu engajamento possivelmente será ainda menor do que os tais 7%.

Uma boa dica é acompanhar os vídeos da Luh Testoni, que inclusive gravou um vídeo sobre o assunto no ano passado no qual ela explica melhor o funcionamento do algoritmo do Instagram, e como quantas vezes você abre o app por dia influencia o que você vai ver.

Indo muito além de hoaxes e das correntes sem a menor graça, chega a ser inacreditável o que as pessoas fazem pra chamar a atenção no Instagram, um bom exemplo é o caso de uma empresa na Rússia que aluga jatos pra malucos que querem tirar fotos e fingirem que são milionários.

Que eu saiba, no entanto, não existe uma solução mágica pra aumentar engajamento no Instagram além de muito trabalho duro, como aliás em qualquer outro ramo, a não ser que uma fortuna caia no seu colo ou você ganhe (algumas vezes) na loteria.

Se quiser que o seu perfil no Instagram tenha um bom engajamento, poste coisas legais e interessantes, com uma boa periodicidade. Responda os comentários e interaja com as pessoas que curtem o seu conteúdo. Use hashtags.

Já pro usuário do Instagram que quiser ver mais do conteúdo de sua celebridade ou empresa favorita, a solução é tão simples quanto, ou mais, é só curtir mais fotos, comentar mais, seguir as hashtags, enfim interagir mais com ele.

Se você é um influenciador ou trabalha em uma agência, fica a dica, não poste esse tipo de coisa na sua timeline, que sinceramente pega até mal pra você. Existem muitas maneiras de aumentar o seu alcance no Instagram, desde investir em anúncios até comentar e interagir em outros perfis ou hashtags.

Quem publicou esse hoax foi sido inocente demais, caiu literalmente na pegadinha, e não acredito que tenha sido por maldade. Só não dá pra perdoar os profissionais do ramo que postaram isso em perfis de empresas, esses aí deveriam saber melhor como as coisas funcionam.

Conversando ontem com minha amiga Melissa Cossetti no Twitter, ela comentou que essas pessoas realmente não fazem ideia de como um algoritmo funcione. Ela também fez uma sugestão, que a próxima mudança de algoritmos do Instagram passe a banir posts pedindo likes e comentários. Concordo e assino embaixo.

Desde o ano passado, o Instagram está na missão de acabar com a bagunça e com a compra e venda de likes na rede social, que tanto desanima quem sempre tentou construir seus perfis sem qualquer tipo de falcatrua.

Além dos pidões do último parágrafo, seria interessante também ver uma mudança no algoritmo do Instagram pra reduzir o alcance de certas correntes e hoaxes que apesar de serem inofensivas, enchem o saco de todos os usuários.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários