Home » Demais assuntos » Instagram quer acabar com venda de likes e seguidores

Instagram quer acabar com venda de likes e seguidores

Instagram promete finalmente acabar com serviços ilegais que vendem curtidas e seguidores falsos no app

52 semanas atrás

Uma das coisas mais frustrantes pra quem usa o Instagram há anos é ver que existem pessoas e empresas que usam serviços ilegais para ganhar likes e novos seguidores em seu perfil na maior cara de pau, sem nem ao menos se incomodarem com isso, e pior, vários conseguem atingir seus objetivos, não importam os meios. Para combater essa prática, o Instagram diz que vai usar uma ferramenta desenvolvida por eles pra detectar contas que tenham um aumento artificial de seus números.

Na imagem uma brincadeira com a marca do Instagram e a identidade falsa de McLovin do filme Superbad: É Hoje.

Essa mutreta com os números só serve pra tentar enganar as agências e clientes, que estão interessados em resultados e engajamento, mas muitas vezes, acabam caindo no conto do vigário por conta de números inflados. Por mais que o perfil não vá entregar bons resultados com seus likes e seguidores falsos, o sujeito consegue vender pelo menos a primeira campanha.

Além dessa tentativa de enganar os outros com números ilícitos, o serviço não entrega nada além de prejudicar efetivamente o engajamento do perfil, já que esses usuários na maior parte das vezes são falsos e mesmo os poucos que não são, raramente irão interagir com o conteúdo postado.

Pra quem trabalha com sites e redes sociais de forma séria, é desanimador ver que não adianta fazer um trabalho constante de crescimento de seu público ao longo de vários anos, pois alguém pode atingir e muitas vezes ultrapassar o seu número orgânico de seguidores usando métodos ilícitos.

É claro que comprar likes ou seguidores sempre contrariou os termos de serviço do app, mas a minha impressão é que por lá sempre fizeram vista grossa pra isso, pelo menos até hoje. Eu mesmo cansei de ver anúncios oferecendo esse tipo de serviço sujo dentro do próprio Instagram, ou seja, eles deviam saber muito bem que esse tipo de prática estava sendo feita em seu app.

No release, o Instagram diz que percebeu esse problema recentemente, mas quem usa o app faz tempo sabe que o problema é recorrente, e bem antigo. Tudo bem que o Facebook já tinha eliminado alguns grupos que eram usados para inflar as curtidas, mas nunca tinha feito nada a respeito desses serviços absurdamente caras de pau.

Esse tipo de controle deveria ser algo bem simples básico, já que estamos falando uma rede social que usa (ou tenta usar) até inteligência artificial pra detectar bullying em suas fotos.

Infelizmente, quem já tinha comprado likes e seguidores, não deverá perdê-los, já que o sistema não vai funcionar de forma retroativa, como lembra o Recode, mas de qualquer maneira, daqui pra frente, todas as contas que usarem esse tipo de mutreta pra burlar seus números irão receber uma mensagem alertando que seus likes, seguidores e comentários não autênticos foram removidos.

Instagram promete acabar com sites que vendem curtidas e seguidores falsos usando ferramenta própria.

Os usuários que usarem estes apps e serviços de maracutaias também terão que trocar a senha do Instagram, já que muitos destes apps usam os dados de login pra gerar outros likes, curtidas e seguidas falsos em outros perfis. Além da novidade, a empresa também promete para as próximas semanas novas medidas para coibir atividades falsas no app.

O novo sistema de fiscalização desse tipo de atividade começa a ser usado hoje, saiba mais neste post no blog do Instagram, e sinceramente não importa se demoraram uma eternidade ou não, é muito bom ver que finalmente o FB está disposto a tomar uma atitude a respeito dessa pouca vergonha. Antes tarde do que nunca, como bem diz o ditado.

Confira outros posts sobre o Instagram aqui no MB.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários