Home » Games » A pequena equipe que tentará salvar o Anthem

A pequena equipe que tentará salvar o Anthem

Diretor diz que apenas 30 pessoas estão trabalhando na "recriação" do Anthem e revela que o projeto deverá demorar um bom tempo para ser concluído

18/05/2020 às 9:54

Lembra quando a BioWare revelou que iria tentar transformar o Anthem em um jogo melhor? Pois quando escrevi o meu review sobre ele eu até disse que o estúdio teria bastante trabalho para aparar as suas arestas, mas o que eu não poderia imaginar era que essa complicada missão ficaria nas mãos de apenas algumas dezenas de pessoas.

anthem

Quem falou sobre o atual estágio de desenvolvimento da atualização conhecida como NEXT foi Christian Dailey, novo responsável pela BioWare Austin. Em uma publicação feita no blog da desenvolvedora, o diretor afirmou que eles pretendem ser bastante sinceros e claros em relação ao trabalho que será feito e que o projeto ainda está em fase de incubação. Portanto, se você tinha alguma pressa para jogar esta nova versão do Anthem, não deverá gostar muito das novidades.

Somos uma equipe pequena — cerca de 30 pessoas, ganhando o nosso caminho à medida que nos propusemos a atingir nossos primeiros grandes objetivos. Spoiler — este será um processo longo. E sim, a equipe é pequena, mas o ponto é aproveitar o tempo e voltar para a prancheta de desenho. E uma equipe pequena nos dá a agilidade que uma maior não suporta.

Nós realmente queremos que esta experiência seja diferente para a equipe e para os nossos jogadores, mas sabemos que teremos alguns duros desafios para enfrentar […] A realidade é que vocês verão coisas que parecerão fantásticas, mas que acabarão sendo cortadas ou coisas que poderão pensar que são uma porcaria e que te façam sentir como se estivéssemos gastando muito tempo nelas — mas no espírito da experimentação, tudo isso é ok. Nós realmente queremos oferecer a vocês toda a transparência que pudermos, por causa da sua paixão e interesse pelo Anthem. Mas com isso é preciso ver como a salsicha é feita — o que nem sempre é algo bonito.

A exposição a que Dailey se refere é a publicação de atualizações no blog, exibição de gameplay e a divulgação de artes conceituais em redes sociais. Nada muito diferente do que nos acostumamos a ver durante o desenvolvimento de um jogo, mas como este já foi lançado, acho que será interessante (e até assustador) ver a reação das pessoas ao caminho que esta atualização começar a tomar.

Particularmente acho muito bacana ver a BioWare se esforçando para tentar salvar um jogo que tinha tanto potencial e admito minha surpresa ao saber que a EA tem permitido isso. Porém, o que continuo me perguntando é se ainda há espaço para um recomeço. Será que depois de tanto tempo e de um lançamento tão desastroso, as pessoas ainda terão interesse pelo Anthem?

A única certeza que tenho por enquanto é que, se a EA optar por cobrar daqueles que já possuem o jogo por esta atualização, a enxurrada de críticas deverá causar um estrago considerável não só na franquia, mas na imagem da empresa e até da BioWare.

Fonte: Videogamer

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários