Home » Engenharia » Disney vai voar X-Wings em seu parque de Star Wars

Disney vai voar X-Wings em seu parque de Star Wars

O pessoal da Imagineering, divisão da Disney que cria coisas impossíveis fez de novo: Estão planejando voar X-Wings em uma atração do parque!

30/11/2019 às 22:31

Imagineering é o nome de um departamento da Disney, composto das palavras Imaginação e Engenharia. O lema deles é "se algo pode ser sonhado, pode ser construído", e dado o histórico dos caras, eles falam a verdade. Agora irão nos levar aonde nenhum homem jamais esteve e -ops, franquia errada.

A equipe é mais conhecida por seus audioanimatronics, robôs que imitam pessoas ou pássaros, como as aves da Tiki Island, ou os Presidentes do Hall dos Presidentes, ambos na Disney. O trabalho deles se tornou conhecido do grande público em 1964, com a estréia de Mary Poppins, e a cena onde Julie Andrews faz um dueto com um pintarroxo americano. Ou Robin pros íntimos, tipo o Bruce.

Claro, para os padrões de hoje a movimentação do pássaro não está satisfatória, mas lembre-se: Isso foi em 1964, uma época em que vivíamos em cavernas, nossa tecnologia era baseada em barro fofo e pedra lascada. O pássaro era controlado por operadores fora de cena, fios desciam por dentro da rouba da Julie Andrews, e se conectavam à ave através do anel falso que ela (a atriz, não a ave) usava.

A cena só não ficou perfeita por um descuido imperdoável: Mary Poppins se passa na Inglaterra, era para ser usado um Pintarroxo Europeu, mas a equipe de efeitos especiais construiu um animatronic baseado em um Pintarroxo Americano, estragando totalmente a sequência, pois como sabemos os Pintarroxos Americanos não são migratórios.

Depois disso o pessoal da Imagineering da Disney não parou mais. Além de Animatronics eles criaram inúmeras atrações nos parques, os truques da Mansão Assombrada, a lista é imensa, sempre encontrando ignorando e ultrapassando os limites dos efeitos especiais práticos. Com isso o grupo tem registradas mais de 300 patentes.

Uma dessas atrações é o passeio The Little Mermaid: Ariel's Undersea Adventure, onde audioanimatronics, projeções e músicas recontam a história da Pequena Sereia. Com detalhes como o cabelo da Ariel, que é sólido, mas se move (veja que você entende)

Detalhe, essa atração é de 2011. O quanto evoluíram em 10 anos? Aqui estão raríssimas imagens da atração da Bela e a Fera que irá ser inaugurada em 2020:

A Imagineering por tradição pensa fora da caixa, mas às vezes exageram. Veja o vídeo abaixo: É -apenas- um dragão, voando de verdade à vista de milhares de pessoas em um parque da Disney.

Como fizeram isso? Com muita inteligência, pensando fora da caixa. O dragão nada mais é que uma estrutura em volta de um parapente com a vela pintada de preto.

Genial, né?

Agora a Disney vai fazer de novo. Pelo visto gostaram da idéia de coisas voadoras, e estão preparando uma surpresa pro Galaxy’s Edge, o parque temático de Star Wars da empresa.

O Blog Mickey descobriu que o pessoal da Imagineering está testando o CAV - Cargo Air Vehicle, um dronão da Boeing que ainda está ele mesmo em fase de testes. O bicho tem capacidade de carga de 250Kg, o que dá e sobra para uma armação de fibra de carbono, LEDs, material reflexivo e mais alguns aparatos, até se tornar... isto:

Isso mesmo! Um X-Wing, do tamanho de um carro, com dois terços das dimensões de um X-Wing real, se eles existissem, claro.

A iluminação é importante, serve para realçar os contornos do X-Wing e ocultar as partes do drone.

Obviamente não há detalhes sobre quando, quem, como, e a Disney jamais divulgará qualquer coisa antes do tempo, corre o risco do lançamento ser inclusive surpresa. Ao menos depois que os X-Wings forem aprovados e usados, com certeza teremos vídeos de melhor qualidade, mas nada substituirá ver ao vivo essas lindezas.

AH, claro, alguém duvida que farão Tie Fighters também?

Fonte: The Drive

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários