Home » Games » 10 melhores jogos de corrida para PC

10 melhores jogos de corrida para PC

Sendo uma das melhores plataformas para os apaixonados pelo gênero, neste post listamos os 10 melhores jogos de corrida para PC. Confira!

09/08/2019 às 10:35

Embora no geral a essência tenha permanecido a mesma, acho que poucos gêneros se beneficiaram tanto do avanço tecnológico quanto os jogos de corrida. Hoje eles conseguem entregar experiências muito próximas da realidade e para lhe ajudar a escolher algo para se divertir, criamos uma lista com os melhores jogos de corrida para PC.

Forza Horizon 4 - Jogos de corrida para PC

Abaixo você encontrará título de diversos estilos, alguns mais voltados para a simulação, outros puramente arcade e há ainda aqueles que flertam entre as duas propostas. A minha única limitação foi escolher apenas um jogo por série e citar somente aqueles que joguei um pouco. Portanto, se você sentir falta de jogos de corrida para PC como GTR 2 ou RACE Injection, isso se deve ao fato de não conhecê-los muito bem.

Isso posto, vamos ao top 10 (com uma surpresinha no final).

Forza Horizon 4

Quando a Microsoft anunciou que a franquia Forza ganharia um spin-off que se passaria num mundo aberto, eu confesso que inicialmente torci o nariz. Contribuía para a minha desconfiança o fato de o tal Forza Horizon não ser desenvolvido pela Turn 10, mas quando aquele jogo chegou ao Xbox 360, fui obrigado a morder minha língua.

Algumas continuações depois, o Forza Horizon 4 é um título divertidíssimo, com gráficos fantásticos, centenas de carros fielmente recriados e um mapa enorme para ser explorado. No caso do Forza Horizon 4 de PC, quem tiver uma máquina potente ainda poderá aproveitar todo o esplendor visual que o game pode oferecer e estar disponível no Xbox Game Pass faz desse jogo um dos mais acessíveis da lista.

Plataformas disponíveis: Windows e Xbox One.

Assetto Corsa

Provavelmente o jogo mais voltado para a simulação de corrida de carro dessa lista, Assetto Corsa foi desenvolvido pela Kunos Simulazioni e nele podemos ter um gostinho da paixão que os italianos tem pelos automóveis. O simples ato de manter o veículo na pista já será um grande desafio para muita gente e se você estiver jogando com um controle, a tarefa será ainda mais complicada.

Um dos grandes méritos do jogo foi levar essa pegada mais realista para os consoles, plataformas onde títulos assim são raros e depois de conquistar muitos admiradores, este ano a série viu o lançamento do Assetto Corsa Competizione, que já tem sido considerado um dos melhores jogos de corrida para PC.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Forza Motorsport 7

Como um grande fã da série, durante o tempo em que não tive um Xbox One uma das coisas que mais desejei foi o dia em que a Microsoft enfim levaria um Forza Motorsport para o PC. Isso aconteceu de forma mais modesta com o Forza Motorsport 6: Apex, mas foi com o sétimo capítulo que os jogadores de PC puderam ter uma experiência total.

Como uma jogabilidade que pende para a simulação, mas oferecendo diversos níveis de ajuda que o torna acessível mesmo para quem não domina o gênero, o Forza Motorsport 7 ainda traz uma grande quantidade de conteúdo.

Correção: ao contrário do que disse anteriormente, o FM7 não está disponível no Xbox Game Pass.

Plataformas disponíveis: Windows e Xbox One.

Need for Speed Most Wanted

Para complicar um pouco a vida dos fãs, a EA lançou dois Need for Speed Most Wanted, um em 2005 e outro em 2012. O primeiro costuma ser até mais adorado pelos fãs, mas como ele não está mais à venda, vamos nos ater ao segundo. Desenvolvido pela Criterion Games, mesma da série Burnout, o jogo nos colocava num enorme mapa aberto e oferecia alguns modos de corrida, sendo um onde precisávamos escapar dos policiais.

Uma das maiores virtudes do jogo foi entregar uma jogabilidade parecida com a que tínhamos no Burnout Paradise, mas oferecendo carros reais e por mais que a sua campanha solo não fosse muito interessante, o modo multiplayer era bastante viciante e os belos gráficos chamavam a atenção. Destaque para a versão lançada para o PlayStation Vita, que era bem competente.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 3, PlayStation Vita, Xbox 360, Wii U, iOS, Android e Kindle Fire.

Project CARS 2

Depois de mostrar o seu talento com o Need for Speed: Shift e o  Shift 2: Unleashed, os ingleses da Slightly Mad Studios sabiam que precisavam se desvincular de grandes editoras e foi daí que nasceu o Project CARS. Mantendo o estilo mais para a simulação que eles já haviam entregado, a nova série teve parte do seu financiamento feito com a comunidade e a versão final do game conquistou muitos admiradores.

Pouco tempo depois foi a vez do Project CARS 2, que além de contar com várias marcas de veículos novas, ainda trazia corridas na terra e várias pistas inéditas. Eu já havia gostado do jogo no PlayStation 4, mas foi ao encará-lo em uma estação de realidade virtual que pude ter uma melhor noção do que o título pode oferecer.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Burnout Paradise Remastered

A minha história com o Burnout Paradise é curiosa, pois embora tenha sido um dos primeiros jogos que comprei para o PlayStation 3, num primeiro momento ele não me conquistou. Só depois de um bom tempo resolvi lhe dar uma nova chance e ao fazer isso fiquei completamente viciado, chegando a desbloquear todos os troféus.

Recentemente vimos o lançamento do Burnout Paradise Remastered e embora esta nova versão não traga nada de novo além de gráficos mais bonitos, o jogo continua extremamente divertido e é altamente recomendado para quem gosta de jogar na companhia de amigos.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Dirt Rally 2.0

De todas as categorias do automobilismo, na minha opinião nenhuma é mais fascinante que o rally. O nível de habilidade e concentração que um sujeito precisa ter para cruzar estradas esburacadas a centenas de quilômetros por hora é algo surreal e por isso sempre fui louco por jogos que tentam recriar a modalidade.

Dentre eles, considero o sucessor do já excelente Dirt Rally como o ápice da simulação da categoria, com os seus gráficos belíssimos, sua física precisa e o desafio alto conseguindo entregar uma das melhores experiências que os amantes da velocidade podem ter. Dirt Rally 2.0 não é um jogo para todos, mas os que se habituarem a ele terão nas mãos algo incrível.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

TOCA Race Driver 3

O apego sentimental que tenho pelo TOCA Race Driver 3 é algo difícil de explicar. O primeiro contato que tive com este jogo foi em lá no PlayStation 2 e mesmo tendo se passado tantos anos desde o seu lançamento, continuo o considerando um dos melhores jogos de corrida já feitos.

Oferecendo uma grande quantidade de categorias, de corridas de caminhões a off-road, passando por monopostos, carros de turismos e até karts. Na minha opinião, a sua jogabilidade permanece muito divertida e até a parte visual não deixa a desejar, fazendo dele talvez não um dos melhores, mas um dos jogos de corrida para PC que mais gosto.

Plataformas disponíveis: Microsoft Windows, OS X, PlayStation 2, PlayStation Portable, Xbox e Nintendo DS.

Trials Fusion

Outra série repleta de capítulos e como considero todos eles muito bons, optei por indicar o último que eu joguei pra valer. Sendo a primeira vez que um jogo da franquia apareceu em uma plataforma PlayStation, no Trials Fusion o que conta é a precisão.

Neste jogo de corrida de motos teremos que ultrapassar os mais variados obstáculos, sabendo a hora certa de acelerar ou frear e precisando aprender como a física funciona. O destaque vai para os fantásticos design das pistas e para a maneira com a desenvolvedora consegue fazer com que uma jogabilidade simples seja tão viciante e desafiadora.

Plataformas disponíveis: Windows, PlayStation 4, Xbox One e Xbox 360.

Carmageddon

Lançado em 1997, o Carmageddon era um jogo de corrida de carro bem diferente do que estávamos acostumados a ver. Embora nele o objetivo também fosse chegar em primeiro, tínhamos um tempo para completar a pista e ele poderia ser aumentado aos realizarmos certas ações, como coletar bônus, destruir os outros competidores ou acredite, atropelando os pedestres que estavam pelos cenários.

Na época o jogo levantou uma grande discussão sobre violência nos games e depois da franquia passar vários anos adormecida, em 2015 a Stainless Games lançou o Carmageddon: Reincarnation. Porém, o jogo passou longe de repetir o sucesso do primeiro, deixando a sensação de que os jogos de corrida para PC nunca mais verão um fenômeno como aquele.

Plataformas disponíveis: MS-DOS, Windows, Mac OS, PlayStation, Nintendo 64, Game Boy Color, iOS e Android.

Menção Honrosa - Euro Truck Simulator 2

Tudo bem, este não é exatamente um jogo de corrida, mas eu não posso terminar esta lista sem indicar uma das minhas maiores paixões no PC já há algum tempo, o Euro Truck Simulator 2. Embora tenha sido lançado lá em 2012, essa criação da SCS Software continua recebendo atualizações constantemente e sendo um prato cheio para quem procura algo com uma dinâmica mais calma.

Eu sei que muitos podem estranhar a ideia de assumir o papel de Pedro e Bino do mundo virtual, mas existe algo de fascinante em percorrer as estradas europeias a bordo de um caminhão enquanto carregamos as mais variadas cargas. E não pense que sou o único a gostar disso, já que o ETS2 carrega consigo uma entusiasmada base de fãs, a ponto dos jogadores se encontrarem em eventos.

Plataformas disponíveis: Windows, MacOS e Linux.

relacionados


Comentários