Home » Games » 343 promete um Halo Infinite fantástico mesmo no Xbox One

343 promete um Halo Infinite fantástico mesmo no Xbox One

Diretor da 343 Industries diz que apesar do Halo Infinite estar mirando o Project Scarlett e o PC, versão para o Xbox One também brilhará.

06/08/2019 às 8:32

Durante a E3 deste ano a Microsoft fez a alegria de muita gente ao falar sobre o seu próximo console, mas no meio de tantas informações, um detalhe serviu para preocupar alguns fãs da série Halo. O problema é que ao marcar apenas para o final do ano que vem o lançamento do Halo Infinite, temia-se que o jogo não apareceria no Xbox One, mas felizmente este não será o caso.

Halo Infinite

Com a confirmação de que o jogo estará disponíveis nas duas gerações, a dúvida então passou a ser em relação a o que receberemos no atual videogame da empresa, que tipo de sacrifício esta versão evidentemente inferior sofreria e quem tentou acalmar as pessoas foi Frank O'Connor, diretor de desenvolvimento da franquia.

Obviamente o objeto especial será o Project Scarlett e temos trabalhado com a equipe desse hardware para garantir que o Halo Infinite se mostre fantástico nele e trabalhamos com eles para nos certificarmos de que sabemos como garantir que o jogo pareça fantástico nele, mas ele estará disponível para o Xbox One e parecerá incrível. E o jogo também estará no PC pela primeira vez no dia do lançamento e isso também é empolgante para nós.

O'Connor então seguiu dizendo que o fato de o FPS também ser disponibilizado para o PC fez com que a 343 Industries tivesse que mudar a maneira como ele tem sido desenvolvido e que o alvo deles sempre será as plataformas mais poderosas que estiverem disponíveis. Porém, o game designer afirmou que “o Xbox One não será um objeto de segunda categoria” e que mesmo sendo um aparelho inferior, o Halo Infinite parecerá fantástico nele.

É claro que no fim das contas o sujeito pode estar contando uma historinha que todo dono de uma Xbox One quer ouvir, tudo para tentar garantir boas vendas para uma base instalada que não pode ser simplesmente ignorada. As diferenças entre as versões evidentemente existirão, mesmo porque não faria sentido lançar um jogo para a próxima geração que fosse idêntico a o que temos na atual e a Microsoft sabe que um título como este poderá servir como um belo cartão de visitas.

Por outro lado, o início de uma nova geração costuma ser marcado por títulos que normalmente não são absurdamente superiores aos consoles que já tínhamos e por isso acredito que O'Connor esteja sendo sincero em suas palavras. Para quem não tiver condições de adquirir o Scarlett logo no início, jogar o Halo Infinite num Xbox One (de preferência no X) deverá ser uma experiência e tanto, mesmo com a sua provável inferioridade.

Eu pelo menos não me vejo ignorando um jogo só por saber que ele roda ou rodará melhor noutras máquina e hoje posso dizer com convicção que curti muito o The Last of Us, o Grand Theft Auto V ou o The Legend of Zelda: Breath of the Wild mesmo em suas versões mais fracas. Mas sabe o que é o melhor nisso? Saber que nada me impede de experimentar esses ótimos jogos novamente, mas agora em suas versões melhores.

Fonte: Wccftech.

relacionados


Comentários