Home » Hardware e periféricos » Apple atualiza linha MacBook com novos processadores e mais bateria (mas a porta única continua) [UPDATE]

Apple atualiza linha MacBook com novos processadores e mais bateria (mas a porta única continua) [UPDATE]

MacBook de 12 polegadas ganha novos processadores Intel Core M e bateria de maior capacidade, mas Apple não libera mais portas para acompanhar a USB-C

3 anos e meio atrás

macbook-12-001

Quietinha e sem dizer um pio, a Apple atualizou sua linha MacBook, aqueles minimalistas de 12 polegadas extremamente finos, elegantes e que regulam a mixaria ao oferecer apenas uma porta USB-C. A geração 2016 do computador portátil recebeu novos processadores, Intel, uma bateria mais potente e mais uma opção de cor. Já o número de conexões físicas permanece inalterado.

O que nós temos dessa vez? A principal novidade é obviamente o modelo de ouro rosa, que vem fazer companhia às já tradicionais cores cinza espacial, prata e dourado. O corpo é o mesmo unibody de alumínio, mas as diferenças principais estão nas entranhas. O MacBook recebe novos processadores Intel Core M de arquitetura Skylake, com clocks entre 1,1 GHz (M3) e 1,3 GHz (M5). Infelizmente a linha M não é compatível com DDR4, e ao que tudo indica a Apple não vê a migração para o novo formato de RAM uma prioridade já que isso implicaria em novos componentes a serem empregados. O máximo de melhora nesse sentido é a compatibilidade com RAM DDR3 de 1.866 MHz, ligeiramente mais rápida.

A GPU dos processadores é uma Intel HD Graphics 515, melhor mas nada de outro mundo, você não vai rodar Crysis.

A bateria também foi melhorada, segundo a Apple o MacBook agora resiste longe da tomada “o dia inteiro”. De resto tudo igual, o display de 12" é o mesmo Retina não-Touch de 2304 × 1440 pixels, trackpad com Force Touch, teclado com LEDs individuais, câmera FaceTime com resolução (pífia) de 480p e a porta USB-C reina solitária, para desespero daqueles que precisam conectar uma série de coisas e serão obrigado a morrer em algumas centenas de reais com adaptadores. Isso ou se virar com Bluetooth 4.0 e Wi-Fi.

As reclamações do público durante o último ano foram intensas: todo mundo chiou, mesmo os fãs mais xiitas. Tim Cook no entanto encarnou Jobs e no melhor estilo “eu sei o que é melhor para vocês”, não deu a mínima. A única coisa que ele se esquece às vezes é de ajustar o Campo de Distorção da Realidade™, que anda falhando…

Bom, vamos a quanto vai custar essa brincadeira. O modelo básico com Core M3 de 1,1 GHz; 8 GB de RAM DDR3 (a partir de agora essa será a memória embarcada) e 256 GB de memória Flash sai da loja custando US$ 1,3 mil. Já o com Core M5 de 1,2 GHz; 8 GB de RAM e 512 GB de espaço de armazenamento custará US$ 1,6 mil. Nas customizações é possível trocar o processador por um Core M7 que suporta TurboBoost até 3,1 GHz, e tão somente.

O produto ainda não retornou às lojas, portanto ainda não estamos à par do preço nacional. Este post será atualizado tão logo os valores por aqui sejam divulgados e em se tratando de Brasil, aguardem reajustes (a título de referência, ele é vendido aqui com preços entre R$ 12.499,00 e R$ 15.499,00).

Fonte: Apple.

UPDATE: surpreendentemente os preços de toda a linha Mac caíram! acompanhe:

mac-precos

Créditos ao pessoal do MacMagazine que compilou os valores num lugar só.

relacionados


Comentários