FamilyShield: o “anti-sacanagem” da OpenDNS

The Internet is for p0rn, já dizia o velho meme. Cada vez mais cedo do que deveria, aquele pequeno menino ingênuo descobrirá o porquê dessa “máxima”. E agora, com o detalhe de tais sites terem um endereço mais objetivo, não vai ser lá muito difícil o acesso alheio. Para conter esse acesso não muito bem-vindo, vários programas de proteção familiar online foram criados.

O problema é que esses métodos de proteção são, na maioria dos casos, programas que precisam ser instalados e configurados, sempre adicionando esse ou aquele site “novo”. Pra maioria, já é suficiente para deixar de lado grande parte desses aplicativos, até porque eles precisam estar em todos os computadores onde o protegido tem acesso.

Pensando nisso, a OpenDNS, empresa já conhecida pelo seu serviço de DNS gratuito, criou o FamilyShield. Ao invés de instaladores, ou ainda configurações de segurança, o processo se resume a adicionar dois simples endereços num roteador e/ou computador: 208.67.222.123 e 208.67.220.123 (o site mostra como adicioná-los em vários tipos de roteadores e máquinas).

Não é preciso que o site fale inglês para que ele funcione, ele é aparentemente movido a outra coisa...

Tais endereços se comportam como os tradicionais da OpenDNS, “convertendo” o endereço normal em um IP. Mas quando se tenta acessar algum site não seguro para menores usando tal DNS, ele bloqueia a página e ainda explica o porquê dela ter sido bloqueada. Se a sacanagem incluir um IP direto ao site, ele bloqueia também. E, por segurança, ele bloqueia a maioria de serviços de proxy, para que todo o cerco ao acesso não vá por água abaixo.

Não é preciso criar uma conta nem nada especial para que o sistema funcione. Dessa forma, infelizmente, não há como fazer configurações pessoais no sistema. Porém o FamilyShield é bem consciente na seleção e até agora apresentou resultados sóbrios nos meros testes que este que lhes escreve fez, sem bloqueio desnecessário a sites que, por exemplo, mostram meras japonesas de biquíni segurando gadgets de última geração.

[via LifeHacker]

Relacionados: ,

Autor: Alexandre Franco

Paulistano de 17 anos, atualmente cursando o Ensino Médio. Contribui também para o WinAjuda e o ex-Campo Minado (hoje Continue »).

Compartilhar