Meio Bit » Games » Baldur's Gate 3: um pai com Alzheimer e sua última aventura

Baldur's Gate 3: um pai com Alzheimer e sua última aventura

Baldur's Gate 3 eterniza pai de fã diagnosticado com Alzheimer e mostra o impacto que os videogames podem ter na vida das pessoas

05/01/2024 às 9:50

Talvez alguns desenvolvedores nem tenham a real noção disso, mas muitas vezes seus jogos possuem o poder de impactar as nossas vidas. No caso da Larian Studios e de um fã conhecido como Solfalia, essa influência foi direta, mas a homenagem que os belgas fizeram ao pai daquela pessoa através do Baldur's Gate 3 provavelmente ressoará em muitos.

O pai de Solfalia, em sua última aventura (Crédito: Reprodução/Youtube)

Tudo começou em outubro de 2020, quando o usuário foi ao fórum do estúdio para lhes agradecer pela disponibilização do jogo como em Acesso Antecipado. Aquele poderia ser apenas um comentário feito por alguém que gostava dos jogos da empresa, mas ele tinha um significado enorme.

Segundo Solfalia, o que lhe deixou tão agradecido foi o fato que, mesmo com aquela versão preliminar do Baldur's Gate 3 oferecendo apenas o primeiro ato da campanha, ela poderia ser a última oportunidade de o fã jogar na companhia do seu pai. O motivo? Justamente enquanto o mundo enfrentava o isolamento devido à pandemia de Covid-19, o senhor havia sido diagnosticado com Alzheimer.

Na publicação, Solfalia afirmou que ele e seu pai encararam várias campanhas em jogos como Baldur’s Gate II e Divinity: Original Sin 1 e 2. Porém, com a saúde de seu pai deteriorando, o temor era de que não houvesse tempo para jogar o próximo título da Larian.

“Esse acesso antecipado significa que neste natal poderei embarcar numa aventura com ele por uma última vez e sei que ele gostará disso,” afirmou. “O fato de os vilões [no jogo] serem os Devoradores de Mentes é apenas a cereja do bolo.”

Baldur's Gate 3

Crédito: Divulgação/Larian Studios

“Portanto, apesar das dificuldades e dores que este Acesso Antecipado possa ter causado a vocês, saibam que tem o meu mais sincero agradecimento,” continuou Solfalia. “Este é mais que um Acesso Antecipado para mim, é outra aventura que poderei participar com meu velho e criar algumas boas memórias.”

Três anos depois e com a versão final do Baldur's Gate 3 disponibilizada, o autor daquele depoimento voltou ao fórum da desenvolvedora para agradecer, mas desta vez pela linda maneira como os criadores do RPG trataram a história.

Segundo Solfalia, após uma roteirista do Larian Studios entrar em contato pedindo autorização para incluir seu pai no jogo, ele achou que a homenagem viria apenas na forma de algum livro ou objeto que poderia ser encontrado pelo cenário. O problema é que estamos falando de um mundo imenso, então ele perguntou se a pessoa poderia lhe passar alguma coordenada. A resposta que recebeu foi a seguinte:

“Glitter Gala, Bloomridge Park e a Blushing Mermaid formam um triângulo na parte baixa da cidade de Baldur's Gate e no centro está o porão de Golbraith — onde o poderoso Golbraith Stredivas pode ser encontrado. Um caçador de Devoradores de Mentes de grande renome, ele está aposentado e agora passa seus dias escrevendo — na esperança de passar seu conhecimento para futuras gerações.”

Além de o NPC ter sido criado com a aparência do pai de Solfalia, as diversas linhas de diálogo fizeram com que ele ficasse bastante emocionado. De acordo com o fã, a pilha de cartas trocadas entre Golbraith e seu filho lhe deixaram com um nó na garganta.

“Assim que terminei de dar uma olhada em toda a casa, contei ao meu pai,” disse o sujeito. “Ele está numa casa de repousos agora, então não pode jogar, mas ouviu minha descrição com uma alegria infantil que eu não via há algum tempo. Ele adorou cada momento daquilo. Ele adorou a ideia de o seu personagem usar um monóculo e ficou orgulhoso por ele ter um porão secreto com armas. Ele ainda fala sobre isso de vez em quando durante nossas conversas semanais.”

Baldur's Gate 3

Crédito: Divulgação/Larian Studios

Como alguém que perdeu o pai muito cedo e que há alguns anos sofreu vendo a avó perdendo a luta contra o Alzheimer, é sinceramente difícil encontrar palavras para descrever como essa história me tocou.

Para Solfalia, essa simples atitude por parte do Larian Studios deve estar lhe ajudando a passar por um momento tão delicado, servindo ainda de consolo para seu pai. No futuro, ele poderá amenizar um pouco da saudade ao revisitar aquele caçador de Devoradores de Mentes e sentir um pouco de como era estar ao lado de uma pessoa que tanto amou.

Contudo, ainda mais importante é a maneira como um jogo serviu como formador de uma bela memória, pois tenho certeza que sempre que ouvir falar no Baldur's Gate 3, aquele sujeito lembrará do seu pai.

Como sempre digo nessas situações, para muitas pessoas os videogames são apenas uma forma de diversão e não vejo problema algum em encará-los desta forma. Porém, a mídia não precisa se limitar a isso e demonstrações de carinho e empatia como essas do Larian Studios servem para provar esse pensamento.

Obrigado Solfalia e obrigado Larian Studios! Vocês fizeram o meu dia, me deixando feliz por notar porque amo tanto dessa mídia e por acreditar que ela ainda poderá nos contar muitas outras belas histórias.

Fonte: IGN

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários