Meio Bit » Entretenimento » GoldenEra: um documentário sobre a criação do GoldenEye 007

GoldenEra: um documentário sobre a criação do GoldenEye 007

Contando a história de uma dos jogos mais influentes de todos os tempos, GoldenEra é um documentário que esmiuçará o desenvolvimento do GoldenEye 007

9 semanas atrás

Poucos jogos podem se orgulhar por terem mudado a indústria e um deles é o GoldenEye 007. Lançado para o Nintendo 64 em 1997, o título da Rare mostrou que os consoles também podiam ser a casa dos FPSs e para comemorar o seu 25° aniversário, um documentário chamado GoldenEra fará uma viagem pelo desenvolvimento do clássico que revolucionou o mercado.

GoldenEra

Crédito: Divulgação/Atitude Films

Idealizado pelo australiano Drew Roller, GoldenEra contará como uma equipe formada por jovens ingleses conseguiu o que parecia impossível: garantir dos direitos sobre uma das marcas mais poderosas do cinema e criar uma adaptação que não parecesse apenas um caça-níqueis.

Para isso o diretor teve acesso a material nunca divulgado, além de ter conversado com diversos profissionais que participaram da criação do GoldenEye 007. O documentário ainda vasculhou diversas publicações da época e conversou com jogadores que afirmam que suas vidas foram mudadas pelo lançamento daquele título.

“O GoldenEye 007 não foi apenas uma obsessão para mim no final dos anos 1990; ele inspirou minha carreira e continua me influenciando até hoje,” defendeu Roller. “E ele não influenciou apenas quem eu sou — ao falar com tantos especialistas da indústria, está claro que ele formou muitas outras carreiras. E talvez mais ainda, o jogo deu forma a títulos que se tornaram fenômenos da cultura popular, como Callf of Duty e Halo.”

Quem não conheceu o GoldenEye 007 na época em que foi lançado talvez ache que as palavras de Drew Roller sejam um exagero, mas não é o caso. Como bem lembrado por ele, o título da Rare estabeleceu vários padrões para a indústria, fazendo com que quando jogamos algo hoje em dia, provavelmente exista algum DNA do GoldenEye 007 nele e “isso é o que torna esta história tão importante de ser contada”.

Distribuído apenas digitalmente, GoldenEra tem seu lançamento previsto para 27 de junho e os interessados poderão adquirir uma cópia no site oficial ou no iTunes, por 9,99 libras esterlinas. Infelizmente nada foi dito sobre o documentário chegar oficialmente ao Brasil e como os criadores ainda procuram uma empresa para levá-lo aos Estados Unidos, é pouco provável que o GoldenEra chegue por aqui.

Um retorno que teima em acontecer

Enquanto os fãs aguardam para conhecer um pouco sobre como nove moleques recém-formados e sem nunca terem criado um jogo conseguiram desenvolver um dos títulos mais importantes de todos os tempos, a expectativa por um relançamento do GoldenEye 007 segue crescendo.

No início de junho o site do Xbox publicou uma página que trazia diversas conquistas relacionadas ao jogo, num dos maiores indícios de que a Microsoft pode ter garantido os direitos para relançá-lo. Porém, em janeiro de 2022 uma lista parecida já havia dado as caras na internet, mas isso não resultou no lançamento da tão aguardada remasterização ou remake.

Com uma versão melhorada do jogo tendo sido criada em 2007 por dois profissionais da Rare, ela só não apareceu no Xbox 360 porque alguém com grande influência na Nintendo preferiu vetar o projeto. De lá para cá, muita coisa mudou tanto na empresa japonesa quanto na Microsoft e por isso ainda existe a esperança do clássico ser relançado.

Algumas pessoas até defendiam que tal anúncio seria feito durante o evento Xbox & Bethesda Games Showcase, mas como isso não aconteceu, resta saber o que estaria travando o retorno de um título que provavelmente resultaria num enorme sucesso comercial.

E para aqueles que não aguentam mais essa possível guerra de direitos em torno do GoldenEye 007, uma opção pode ser um projeto conhecido como Agent 64: Spies Never Die. Com o seu lançamento estando previsto para acontecer em algum dia de 2022, a influência do jogo da Rare nele não se dá apenas no nome, com os gráficos, jogabilidade e até a trilha sonora remetendo diretamente ao clássico do Nintendo 64.

Nele seremos John Walter, um agente especial de codinome 64 e que terá que enfrentar as mais variadas missões. De hackear terminais de computador a roubar planos secretos e até salvar reféns, tudo nos faz lembrar do FPS que conseguiu a façanha de bater as vendas de gigantes como o The Legend of Zelda: Ocarina of Time.

A boa notícia é que além da página do Agent 64: Spies Never Die no Steam já estar funcionando, ela trouxe uma demo que serve para termos uma noção da qualidade do que já foi criado até aqui.

Fonte: GameInformer

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários