Home » Games » Série The Witcher, da Netflix, promete ser assustadora

Série The Witcher, da Netflix, promete ser assustadora

Se você estava esperando que a série The Witcher produzida pela Netflix focaria na fantasia, saiba que ela será mais assustadora do que poderíamos imaginar.

06/11/2019 às 8:35

Mesmo girando em torno de um caçador de monstros e nos colocando diante de muitos deles, não dá pra dizer que os jogos da série The Witcher sejam assustadores. Nas obras da CD Projekt temos mais uma aventura voltada para a fantasia, algo que também encontramos nos livros de Andrzej Sapkowski, já em relação a o que a Netflix vem preparando, a situação deverá ser bem diferente.

The Witcher - Striga

Quem falou sobre o assunto foi o supervisor de efeitos visuais da adaptação, Julian Parry, que ao conversar com o pessoal da revista SFX explicou que o mundo em que se passa a história de Geralt de Rívia já é bem assustador, por isso eles optaram por seguir por este caminho.

Eu definitivamente penso que ela se inclina mais para o horror. Nós estamos definitivamente removendo a fantasia. Eu honestamente posso dizer que não somos fantasiosos. Quero dizer, será fantástica, mas no sentido de um terror mais realista. Por exemplo, com a Striga [uma mulher amaldiçoada a viver como um monstro], ela será uma coisa bem deformada. Aquilo é bastante desagradável!

Aqui vale um adendo. De acordo com o folclore polonês, a Striga (Strzyga) seria uma espécie de vampiro, seres parecidos com enormes corujas e que costumam caçar a noite. Segundo a crença local, pessoas que nasciam com dois corações ou possuíam dois conjuntos de dentes eram tratadas como tal e como se acreditava que elas portavam duas almas, ao morrer voltariam para fazer novas vítimas.

Já nos jogos The Witcher elas foram representadas da maneira que pode ser vista na imagem que abre esse texto e fica a curiosidade para sabermos como elas serão na séria da Netflix. Depois do comentário Parry, a expectativa é para que não só ela, mas todos os monstros e até mesmo o mundo no geral sejam mais aterrorizantes do que muitos poderiam imaginar.

No entanto, eu não acredito que isso queira dizer que essa adaptação será algo no estilo de um O Exorcista ou A bruxa de Blair, uma série digna até de fazer com que os menos corajosos desistam no meio do caminho. Caso eles descambem para esse lado, acho que perderá muito da essência do material original e por todas as declarações que têm sido feitas até agora, e pelos trailers que já foram divulgados, esse pessoal parece saber o que está fazendo.

Com o seu lançamento estando previsto para acontecer no mês de dezembro, felizmente não teremos que esperar muito para saber se a equipe responsável acertou a mão. Caso isso aconteça e a recepção por parte do público seja positiva, a showrunner Lauren Schmidt Hissrich revelou recentemente ter material para que a Netflix produza pelo menos sete temporadas de The Witcher.

Para ser sincero, acho difícil a série chegar tão longe, mas acredito que o mais importante nem seja por quanto tempo ela continuará sendo renovada, mas a qualidade que a adaptação será capaz de entregar durante o período em que estiver sendo produzida.

Fonte: GamesRadar+ e VGC.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários