Home » Mobile » Samsung inicia produção de memórias RAM LPDDR5 para smartphones

Samsung inicia produção de memórias RAM LPDDR5 para smartphones

Novos módulos de memória RAM de 12 Gb da Samsung não farão parte do hardware do Galaxy Note10, que será anunciado no dia 7 de agosto

18/07/2019 às 13:30

O lançamento das memórias RAM DDR5 prometido para 2018 furou, mas a Samsung continua trabalhando nos módulos móveis para celulares e tablets. Agora, a companhia sul-coreana revelou que deu início à produção em massa dos chips de 12 Gb do padrão LPDDR5, desenvolvidos no processo de litograqfia de 10 nanômetros.

Samsung / módulos LPDDR5 de 12 Gb

A Samsung informa que o padrão LPDDR5 trabalha numa taxa de dados de 5.500 Mb/s contra 4.266 Mb/s da LPDDR4X, lançada no início de 2019 e presente hoje em smartphones premium, como a linha Galaxy S10. A diferença no processo de litografia (20 nm contra 10 nm) indica que os novos módulos serão muito mais rápidos e consomem 30% menos energia, mas isso só vendo.

Não há dados sobre a frequência dos módulos (a título de comparação, o DDR4 opera entre 800 e 4.266 MHz), mas a Samsung informa que os chips de 12 Gb (ou 1,5 GB) serão acondicionados em kits de oito unidades, ou seja, smartphones equipados com o novo padrão terão uma quantidade de RAM mínima de 12 GB. A empresa diz que um único módulo é capaz de transferir 44 GB (algo como 12 filmes em 1080p) em apenas um segundo.

A Samsung está interessada em fornecer mais RAM para que os smartphones sejam capazes de lidar com tarefas que exigirão cada vez mais do hardware em termos de processamento e gerenciamento de ações, em especial as redes 5G e aplicações em Realidade Virtual; a empresa equipa tanto os seus aparelhos móveis com suas memórias, quanto as fornece para empresas diversas do setor; a Apple ainda é (a contragosto) uma de suas principais clientes quando o assunto é RAM, ainda que a maçã tenha se voltado para outras empresas no que tange a demais componentes.

A questão, como sempre gira em torno de quando veremos celulares equipados com as novas memórias. O que dá para dizer com certeza é que o Galaxy Note10, seu próximo smartphone de ponta que será apresentado no dia 7 de agosto não é um deles; primeiro, as datas estão muito próximas e a essa altura, o projeto do celular já foi fechado. Segundo, a linha Galaxy Note tradicionalmente implementa de ideias da linha Galaxy S em outro form factor.

Logo, é mais provável que os novos módulos cheguem primeiro nos modelos da linha Galaxy S11 em 2020, em uma data próxima ao lançamento dos pentes DDR5 para computadores; de qualquer forma a Samsung se limitou a dizer que estuda transferir no próximo ano a linha de produção das memórias para o campus de Pyeongtaek, sua segunda unidade de produção de chips em geral, de modo a atender a demanda global.

Com informações: Samsung Newsroom.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários