Home » Games » Indústria » 15 países europeus (+ EUA) se unem para combater as loot boxes

15 países europeus (+ EUA) se unem para combater as loot boxes

Após a Bélgica se erguer contra as loot boxes (e ser ignorada pela EA), o Fórum Europeu de Regulamentação de Apostas resolveu se posicionar contra a prática e algumas mudanças podem estar a caminho.

48 semanas atrás

Prontos para o próximo capítulo da novela “Governos contra as loot boxes”? Pois se nos anteriores vimos a 2k Games colocar nas mãos dos consumidores a responsabilidade por as misteriosas caixas voltarem a ser utilizadas em seus títulos na Bélgica, agora chegou a vez de vários outros países se unirem para lutar contra esse famigerado modelo de negócios.

A medida foi tomada após o comitê de apostas belga abrir uma investigação criminal contra a Electronic Arts, que recusou-se a remover os pacotes de cartas presentes na série FIFA. Com isso, 15 países europeus que fazem parte do Fórum Europeu de Regulamentação de Apostas (GREF, na sigla em inglês) anunciaram que vão “debater os riscos criados pela nebulosa linha entre os jogos e as apostas.” Além das nações europeias, os Estados Unidos também participará do debate através da Comissão de Apostas do Estado de Washington.

Nós unimos nossas forças para pedir que as companhias de videogames abordem a clara preocupação em torno dos riscos que as apostas e alguns jogos podem representar para as crianças,” declarou o chefe executivo da Comissão de Apostas do Reino Unido, Neil McArthur. “Encorajamos as companhias de videogames a trabalharem com os seus reguladores de apostas e a tomarem as ações agora para resolverem esse problema, para assim se certificarem que os consumidores, e particularmente as crianças, estejam protegidos.

Mas apesar das loot boxes estarem no alvo da GREF, um dos principais objetivos da associação é exterminar os sites de apostas relacionados a jogos eletrônicos. Caso não as conheça, essas páginas são muito populares por permitirem que os usuários gastem dinheiro real para adquirir itens aleatórios de Counter-Strike: Global Offensive. Em 2016 um dos maiores deles, o CS:GO Lounge, foi derrubado pela Valve, mas muitos outros continuam se espalhando pela internet.

Resta saber quais serão os próximos passos do grupo, já que nenhuma medida concreta foi divulgada por eles. No entanto, esta é uma clara demonstração de que o cerco está se fechando e além de agora não termos mais uma investida feita por apenas um país, por lá as coisas não costumam ser abandonadas pela metade como acontecesse por aqui. Sendo assim, acredito que em breve as loot boxes e microtransações poderão sofrer uma grande mudança.

Abaixo você confere a lista de países que assinaram a declaração contras as apostas (e loot boxes) nos games:

  • Áustria
  • Espanha
  • Estado de Washington (EUA)
  • França
  • Gibraltar
  • Irlanda
  • Ilha de Man
  • Jersey
  • Letônia
  • Malta
  • Noruega
  • Países Baixos
  • Polônia
  • Portugal
  • Reino Unido
  • República Tcheca

Fonte: Wccftech.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários