Home » Games » Sony » CEO da Sony: nada de cross-play entre consoles porque "o PS4 é o melhor lugar para jogar"

CEO da Sony: nada de cross-play entre consoles porque "o PS4 é o melhor lugar para jogar"

Executivo-chefe joga um balde de água fria em quem esperava cross-play entre o PS4 e outras plataformas: Kenichiro Yoshida defende que a plataforma PlayStation "é a melhor para os jogadores" e que conecta-la ao Xbox e Switch iria comprometê-la.

41 semanas atrás

Enquanto Nintendo e Microsoft promovem o cross-play entre sistemas e permitem que seus consumidores possam jogar entre si em sua plataforma de escolha, a Sony bate o pé e se recusa a se misturar com a gentalha. E se depender do CEO Kenichiro Yoshida tal política não será revista: em entrevista, o executivo defendeu que "o PS4 é o melhor lugar para jogar" e que a empresa continuará não permitindo partidas entre donos de seu console e do Xbox One ou Nintendo Switch.

Yoshida foi questionado pelo site The Independent durante a IFA 2018, realizada na última semana em Berlim sobre a possibilidade da Sony liberar partidas cross-play em Fortnite: Battle Royale. O game do momento permite ao jogador enfrentar usuários de outras plataformas, ainda que com algumas restrições para quem joga no PS4: estes só podem se digladiar com outros jogadores no console da Sony além dos que estão em dispositivos móveis ou em PCs, as únicas plataformas que a companhia japonesa não vê como adversárias; isso sem falar que uma vez que o usuário registre sua conta da Epic em um sistema PlayStation, ela não pode ser usada em outros consoles.

Após declarações passadas dando a entender que a companhia não adotaria jamais o recurso, o CEO da Sony Entertainment Interactive America Shawn Layden veio a público e afirmou que eles "estavam ouvindo" os jogadores pedindo por cross-play entre plataformas. No entanto, surgiram indícios de que tudo foi dito da boca para fora e que a política da Sony não mudou.

Agora veio a confirmação: o CEO da Sony foi taxativo ao reafirmar a estratégia em manter o Jardim Murado pelo tempo que for necessário, como forma de proteger os interesses da Sony usando a velha desculpa "#4theplayers":

“Sobre cross-play, nosso entendimento sempre foi de que a plataforma PlayStation é o melhor lugar para jogar, e nós da Sony acreditamos que a parceria entre o PS4 e Fortnite provê a melhor experiência para os usuários."

Yoshida lembra que o cross-play entre o PS4 e o PC já existe em alguns títulos, e deverá ser mantido como a única opção possível de acordo com o que a Sony considera como melhor experiência:

"Nós na verdade já abrimos alguns games para cross-play with PC e outros sistemas (no caso dispositivos móveis), e nossas decisões são tomadas com base na melhor experiência de uso possível. Esta é a nossa visão do cross-play.”

Embora o executivo-chefe da Sony não admita, os verdadeiros motivos para impedir o cross-play entre o PS4 e outros consoles são:

  • impedir o crescimento das vendas de consoles concorrentes e evitar a perda de potenciais clientes, o que ameaçaria sua liderança no setor;
  • evitar que os usuários adquiram itens in-game em outros sistemas e os usem dentro da plataforma, sem reverter ganhos para a Sony através da PSN;
  • evitar que outros sistemas façam uso de seus servidores mesmo que de forma mínima, onde entra a desculpa de "proteger os consumidores" dada tempos atrás.

Vale lembrar que cada vez mais desenvolvedoras estão fechando o cerco e defendendo o cross-play, além das grandes Bethesda, EpicEA e Blizzard. No entanto, a declaração do CEO da Sony praticamente encerra a questão e o muro entre sistemas não será derrubado, com a companhia japonesa defendendo sua permanência por tempo indeterminado.

Resta saber se os jogadores vão se lembrar disso na próxima geração, quando decidirem qual sistema comprar.

Com informações: The Independent.

relacionados


Comentários