Home » Games » Análises » Mega Man X Legacy Collection 1 & 2 — Review

Mega Man X Legacy Collection 1 & 2 — Review

Mantendo a essência dos originais, mas trazendo algumas novidades, Mega Man X Legacy Collection 1 & 2 é uma coletânea obrigatória até para quem não é fã. Leia a nossa análise.

19 semanas atrás

Numa época em que os jogos de plataforma normalmente se resumiam a jogar alguns obstáculos na nossa frente, a série Mega Man trouxe um sopro de inovação ao gênero. Um enredo mais elaborado, um nível de dificuldade maior e a possibilidade de encararmos as fases na ordem que quiséssemos. Mas isso foi na década de 80 e quando alguns anos depois a Capcom decidiu que o personagem precisava passar por uma reformulação, nascia a sub-série Mega Man X.

Com uma história mais madura e trazendo diversas inovações na jogabilidade, como por exemplo a possibilidade de escalarmos as paredes ou darmos um dash, a série fez tanto sucesso que acabou se tornando a parte favorita da franquia para muita gente. Ao todo foram lançados oito jogos na linha principal, indo do Super Nintendo até o PlayStation 2 e se você nunca os jogou ou gostaria de experimentar os Mega Man X novamente, agora isso ficou bem fácil.

Com versões para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nuntendo Switch, Mega Man X Legacy Collection 1 & 2 são duas coletâneas que trazem (quase) todos os jogos da saga X, com a primeira indo do Mega Man X até o Mega Man X4, enquanto a segunda nos permitirá jogar do Mega Man X5 até o Mega Man X8. Porém, não espere pelas presenças do Mega Man Xtreme 1 e 2 (Game Boy Color); Mega Man X: Command Mission (PlayStation 2 e GameCube) e o Mega Man Maverick Hunter X (PSP).

O curioso aqui é que ao dividir os jogos em duas partes, para muitas pessoas a Capcom acabou fazendo com que a primeira fosse muito melhor do que a segunda, já que a partir do quinto jogo a série passou a receber duras críticas. Isso é uma questão de gosto, mas no fim das contas é legal poder jogar todos eles na ordem e assim ter uma ideia melhor sobre como os jogos evoluíram (ou não).

Clássicos (quase) intocados

Quando uma empresa lança uma coletânea como essa, uma das primeiras perguntas que nos fazemos é até que ponto os jogos se manterão fiéis aos originais. Nesse sentido, o trabalho realizado pela Capcom é digno de elogios. Além dos jogos funcionarem exatamente como lembramos, eles ainda contam com algumas melhorias muito bem-vindas.

Uma delas é a possibilidade de usarmos um filtro que imita a imagem das antigas TVs de tubo e outro que dá uma maquiada nos gráficos. Particularmente ainda prefiro a crocância dos pixels, mas é sempre bom haver alternativas.

Os envolvidos na produção ainda tiveram o cuidado de corrigir algo que sempre achei meio absurdo, que foi a equipe de localização ocidental batizar os chefes do Mega Man X5 em homenagem a membros do Guns N’ Roses.

Também vale citar que através das coletâneas, agora podemos salvar o progresso em qualquer jogo, mesmo naqueles que cujos cartuchos não contavam com uma bateria. Tudo bem, é legal lembrarmos dos passwords, mas não faria o menor sentido nos obrigar a utilizá-los hoje em dia e felizmente a Capcom entendeu isso.

Um museu de respeito

E por falar no passado, já se tornou comum a Capcom incluir museus nas suas coletâneas, mas no caso do Mega Man X Legacy Collection 1 & 2, a quantidade e a qualidade do material presente nele é de encher os olhos. De fotos dos mais variados materiais de merchandising até artes conceituais e trilhas sonoras, há muito a se ver nos games e um dos destaques é o anime The Day of Sigma.

Extras

Já para aqueles que buscam algo novo, uma boa dica é o modo X Challenge. Nele o nosso objetivo será enfrentar os chefes dos oito jogos, com o diferencial de que serão dois deles ao mesmo tempo. Elaboradas com muito cuidado, as batalhas são bastante desafiadoras e como antes delas poderemos escolher três armas especiais, o fato de termos numa mesma arena personagens de títulos diferentes acaba adicionando uma camada de tentativa e erro aos combates.

Some a isso a existência de um placar online e para ser sincero, acho até que a Capcom poderia ter transformado o modo em um jogo próprio. No entanto, como o X Challenge está disponível em ambas as coletâneas, esta é uma novidade que deverá desafiar até aqueles que conhecem os oito jogos de cabo a rabo.

Mais do mesmo (e isso é bom)

Sim, eu também adoro novidades e estou contando as horas para colocar as mãos no Mega Man 11. Porém, é muito bom ter acesso aos clássicos da série X nos consoles atuais e poder encarar os oito capítulos sem interrupções. Além disso, o sucesso dessa coletânea poderá representar a criação do tão desejado Mega Man X9. Porém, mesmo que isso nunca aconteça, há tanto conteúdo na Mega Man X Legacy Collection 1 & 2 que não estou achando ruim revisitar todo ele.

PS: como sou bonzinho, abaixo deixarei a melhor ordem para enfrentar os chefes dos oito jogo, ok?

Mega Man X:
  1. Chill Penguin
  2. Spark Mandrill
  3. Armored Armadillo
  4. Launch Octopus
  5. Boomer Kuwanger
  6. Sting Chameleon
  7. Storm Eagle
  8. Flame Mammoth
Mega Man X2:
  1. Wire Sponge
  2. Wheel Gator
  3. Bubble Crab
  4. Flame Stag
  5. Morph Moth
  6. Magna Centipede
  7. Crystal Snail
  8. Overdrive Ostrich
Mega Man X3:
  1. Blizzard Buffalo
  2. Toxic Seahorse
  3. Tunnel Rhino
  4. Volt Catfish
  5. Crush Crawfish
  6. Neon Tiger
  7. Gravity Beetle
  8. Blast Hornet
Mega Man X4:
  1. Frost Walrus
  2. Web Spider
  3. Split Mushroom
  4. Jet Stingray
  5. Slash Beast
  6. Magma Dragoon
  7. Cyber Peacock
  8. Storm Owl
Mega Man X5:
  1. Grizzly Slash
  2. Duff McWhalen
  3. Squid Adler
  4. Izzy Glow
  5. Dark Dizzy
  6. The Skiver
  7. Mattrex
  8. Axie the Red
Mega Man X6:
  1. Commander Yammark
  2. Ground Scaravich
  3. Blaze Heatnix
  4. Blizzard Wolfgang
  5. Rainy Turtloid
  6. Metal Shark Player
  7. Shield Sheldon
  8. Infinity Mijinion
Mega Man X7:
  1. Soldier Stonekong
  2. Tornado Tonion
  3. Splash Warfly
  4. Flame Hyenard
  5. Ride Boarski
  6. Snipe Anteator
  7. Wind Cowrang
  8. Vanishing Gungaroo
Mega Man X8:
  1. Bamboo Pandamonium
  2. Optic Sunflower
  3. Dark Mantis
  4. Gravity Antonion
  5. Earthrock Trilobyte
  6. Gigabolt Man-o-war
  7. Avalanche Yeti
  8. Burn Rooster

relacionados


Comentários