Fortnite Battle Royale, o terror das namoradas

fortnite-battle-royale

Se você está lendo esse texto, existe uma grande chance de gostar de videogames e se isso for verdade, provavelmente já aconteceu de alguém reclamar por você passar muito tempo diante da TV jogando. O problema tende a se tornar ainda pior quando temos uma namorada ou casamos, com alguns casais passando por longas discussões a respeito dos games atrapalharem seus relacionamentos.

Pegue então um jogo como o Fortnite Battle Royale e para demonstrar a sua insatisfação com o poder que ele tem de viciar os jogadores, a solução encontrada por Chloe DePalma foi criar um abaixo assinado online pedindo que o jogo multiplayer da Epic Games seja banido. A alegação dela é de que ele estaria “pegando os seus namorados e lhes fazendo uma lavagem cerebral”.

Inicialmente a ideia era conseguir pelo menos 1.000 assinaturas, mas com quase 1.700 já tendo sido feitas, agora a petição mira em 2.500. O detalhe é que de acordo com a sua autora, tudo não passou de uma brincadeira e através da própria página da campanha ela disse:

Isso foi feito originalmente como uma piada e inicialmente eu odiei o Fortine, mas comecei a jogar e na verdade ele é divertido. Eu e minha amiga estávamos apenas brincando e esperávamos que as pessoas notassem, mas vi como o jogo pode tirar o nosso tempo com a família e isso é um problema neste sentido. Vejo como as mães podem ficar chateadas, assim como as esposas/namoradas quando os seus parceiros as ignoram por causa dele.

DePalma disse ainda que nunca imaginava que a campanha poderia se tornar tão popular, mas que mesmo se tratando de uma brincadeira, ela serviu para mostrar que muitas mulheres realmente tem se incomodado com o tempo que os seus parceiros tem passado no Fortnite Battle Royale.

Como não me sinto na menor condição de dizer como o relacionamento entre duas pessoas deve ser, acho que cada casal que decida se o [Insira o nome de um jogo aqui] está incomodando a ponto de não valer mais a pena continuar ao lado da outra pessoa. Porém, é interessante ver justamente o Fortnite Battle Royale ter servido como estopim para essa discussão, afinal isso mostra a popularidade que o jogo alcançou e sem demonstração de que a febre causada por ele passará tão cedo.

Fonte: The Washington Post.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar