Apple News pode passar a suportar artigos com paywall

citizen-kane

“Alguém disse paywall?”

Quando a Apple apresentou o app de notícias (que ainda não funciona aqui) na WWDC 2015, ela não o fez para entregar algo semelhante a outros agregadores de feeds: ao invés de permitir que o usuário monte sua própria revista eletrônica o News oferece uma carta selecionada de parceiros de mídia, que entregam um número determinado de artigos por dia e mais, que passam por uma curadoria antes de serem anexados. Por quê? Simples, a maçã adora controle e só permitirá que o usuário leia o que ela achar que deve; notícias tendenciosas, que abordem a concorrência ou que a depreciem de algum modo obviamente não têm lugar ali.

Claro, passando por tudo isso os parceiros podem desfrutar de uma interface única, pensada para o aplicativo e que não existe nos concorrentes. Foi uma resposta da Apple ao fim do namoro com o Flipboard, com a vantagem de que agora ela controla o que é publicado em seu serviço.

apple-news

A única reclamação dos parceiros envolvidos, em especial daqueles que vivem de assinatura de seus leitores como os bons e velhos jornais impressos é que o News não possui um formato de monetização. A oferta inicial da Apple era de apenas permitir a veiculação livre de ads, desde que utilizem os iAds e paguem 30% a Cupertino ou não usem e fiquem com 100%, mas se tornem sujeitos às ferramentas de bloqueio nativas.

Ainda assim velha mídia é velha mídia. Veículos como o The New York Times e o Wall Street Journal (aqui temos um monte deles) adoram dinheiro, foram arrastados para a internet à força enquanto gritavam e se debatiam e como não conseguem vencer a internet e o desejo dos leitores de acessar conteúdo gratuito, passaram a apelar para o paywall. Entrou no site, porta na cara, assine, pague e leia.

Logo o modelo de ads não estava agradando os parceiros da Apple, eles queriam mais (dinheiro). Àlguns artigos publicados no News é permitido apenas o link de redirecionamento ao site, assim o usuário lê um trecho e é obrigado a sair do app para saber mais, acessa o site e dá de cara com o paywall. Mas a maçã não quer isso; é deselegante, quebra a experiência de uso e não permite que ela saiba quantos usuários estão consumindo o conteúdo do app. O que fazer então?

apple-news-partners

Os principais parceiros do Apple News

Simples, você se adequa. Segundo fontes internas o app passará em breve a suportar artigos que se valham do paywall, embora não esteja claro como o News irá autenticar o usuário. É provável que aja comunicação entre o app e o site via Safari, ou ele passe a exigir o login do assinante para liberar os artigos de forma integral. Dessa forma só quem paga lerá os textos de determinado canal, enquanto os demais nem deverão se incomodar e incluí-los no seu feed.

Assim todos ganham: a Apple poderá manter a experiência de uso e passar a controlar melhor como os usuários utilizam o News, e os provedores de conteúdo do século passado não mais precisarão compartilhar seu precioso conteúdo de forma gratuita. E o usuário também ganha, pois será mais fácil filtrar quem regula a mixaria.

Como sempre a Apple se recusou a comentar sobre o assunto.

Fonte: Reuters.

Relacionados: , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples