O dia em que o Twitch resgatou Bob Ross

bob-ross-002

Meio obscuro por aqui, Bob Ross pode ser uma das personalidades artísticas mais reconhecidas no hemisfério norte. Dono de um inconfundível cabelo afro e uma voz suave, esse simpático pintor comandou durante os anos 1980 o programa The Joy of Painting, na emissora PBS (a mesma que exibiu a primeira versão de Cosmos, com Carl Sagan), onde como o nome sugere ensinava os espectadores a pintar paisagens, sempre de maneira descontraída. Um de seus jargões favoritos era o de “pintar arvorezinhas felizes” que claro, virou meme.

Morto em 1995 por decorrência de um linfoma, Bob Ross acabou por ser resgatado para uma nova geração que nunca acompanhou seus programas de uma forma inusitada: pelo Twitch. E a experiência deu tão certo que o programa, que era para ser provisório será agora transmitido toda semana.

A Amazon sabia muito bem o que estava fazendo quando pagou quase US$ 1 bilhão no Twitch. Ela adquiriu uma base de usuários gigantesca, um serviço de streaming sólido e que cresce cada vez mais e que une uma grande comunidade de gamers. Só que atrelar o serviço somente a jogos não parece ser de interesse da empresa do tio Bezos, mesmo com ela se esforçando tempos atrás para manter as transmissões dentro do escopo (por causa de um imbecil fazendo o que não devia com o Playroom).

Assim uma nova ferramenta foi introduzida chamada Twitch Creative. Através desse novo canal os usuários poderão fazer transmissões do processo de criação de arte de diversos tipos: vale pintura, escultura, desenho manual ou digital, modelagem 3D, artesanato, música, animação, montagem de cosplays… tem um canal muito interessante onde um cara faz arte em vidro, com um maçarico. E o melhor, o conteúdo não precisa ser relacionado a games.

Para promover o Creative o Twitch iniciou no último dia 29 de outubro, dia em que Bob Ross faria 73 anos uma maratona com todos os episódios de The Joy of Painting. O resultado foi acima do esperado, o canal mantinha uma média de 60 mil espectadores online e os comentários foram um show à parte, com o pessoal dizendo “ruined” toda vez que Ross fazia um risco, e “saved” quando ele finalizava o acabamento. Sem falar em inúmeros “GG” (bom jogo) ao fim de cada pintura.

bob-ross-twitch

Ao fim da transmissão dos episódios a ação seria tirada do ar, mas devido o enorme sucesso junto ao público o Twitch decidiu manter The Joy of Painting indefinidamente, os episódios serão exibidos todas as segundas-feiras das 21:00 às 3:30 da manhã. Nesse ritmo e como o programa teve 31 temporadas, levará sete meses para o espectador assistir tudo. E parte do dinheiro arrecadado com os ads do canal serão revertidos para caridade, mais especificamente para o St. Jude Children’s Research Hospital e Root Division, já que a Amazon precisa pagar por direitos autorais para utilizar os programas de Bob Ross, além de reservar uma grana para a manutenção do Twitch Creative.

Considerando que a experiência atingiu mais de 5,6 milhões de espectadores únicos e gerou mais de 7,6 milhões de comentários no chat, era de se esperar que a exibição dos episódios continuaria, para felicidade de todos que querem continuar a ver Bob Ross pintando suas arvorezinhas felizes. Aos que quiserem ver as aventuras do artista com uma tela e tinta no futuro, basta acessar seu canal.

Relacionados: , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar