Home » Hardware e periféricos » Upgrade de iPhone 6: de 16 GB para 128 GB por US$ 92. Xing-Ling, é claro.

Upgrade de iPhone 6: de 16 GB para 128 GB por US$ 92. Xing-Ling, é claro.

A China sempre surpreende, ás vezes pelos motivos certos, às vezes pelos errados. Desta vez, não sei. Várias (não)autorizadas estão oferecendo um upgrade interessante para iPhone 6: trocam o chip de memória FLASH de 16 GB para 128 GB. Custo? US$ 92,00. A Apple por enquanto não falou nada, mas aguardemos…

4 anos atrás

fake-cell-phone (1)

Existem várias Chinas, mesmo que para a gente de fora pareça tudo uma só. Existe a China rural muito pobre cheia daqueles tumores esquisitos que aparecem no Discovery. Existe a China Potência que aprimora designs externos e cria equipamentos de ponta e pousa robôs na Lua.

Existe a China que produz, em escala literalmente industrial, o hardware que você quiser, com a qualidade que quiser. E existe a China que faz iPhones, que copia tudo na maior cara-de-pau, inclusive helicópteros Black Hawk.

Essa total despreocupação com direitos autorais e propriedade intelectual, protegida por uma impunidade estatal invejável faz com que os fuçadores chineses sejam muito mais ousados. Se no ocidente brincam de Jailbreak, por lá a coisa é séria. Fuçam a ponto de descobrir que é possível ampliar a memória de um iPhone.

Nos primórdios da eletrônica chips vinham instalados em soquetes, hoje é tudo soldado direto na placa. Em termos de economia de espaço é excelente, mas péssimo para manutenção. São conectores quase microscópicos que deixam louco qualquer um que tenha começado a brincar com um ferro de solda e um BC548. Veja a placa lógica do iPhone 6:

placadomal

Como você pode ver ela ocupa um terço da largura do celular. Do outro lado da placa,no meio, temos um chipão. É um SK Hynix H2JTDG8UD1BMS 16 GB NAND Flash. O que os doidos fazem é usar uma pistola de calor, dessoldar o chip e colocar um de 128 GB no lugar.

placadomal2

Isso claro viola a garantia de uma forma que atrairia a atenção da Olivia Benson, e é mais que proibido pelas licenças da Apple. Há inclusive vários testes que verificam se a capacidade de memória é compatível com o serial do chip NAND, mas nossos geniais amigos chineses descobriram que esses testes só são feitos na hora da ativação inicial do aparelho.

Eles então pegam um celular já ativado do cliente, clonam o conteúdo do chip de 16 GB no de 128 GB e instalam. O upgrade funciona só no iPhone 6, mas vendo os preços do 6S, onde o de 16 GB custa US$ 649,00 e o 128 GB sai a US$ 849,00 o preço de US$ 92,00 pelo upgrade não está caro.

Caro, claro, será quando essa marmotagem entrar no radar da Apple e ela soltar um upgrade do iOS que vai fazer o iPhone brickar na hora, ou gritar “É Chumbo! É Chumbo!” igual a máquina de Pinball do Cavaleiro Negro fazia quando detectava ficha falsificada. Reza a lenda.

Fonte: Slash Gear.

relacionados


Comentários