Meio Bit » Games » A menina que inspirou a criação de um NPC para o Guild Wars 2

A menina que inspirou a criação de um NPC para o Guild Wars 2

Para contribuir com o Extra Life Game Day, o Guild Wars 2 ganhará um NPC inspirado numa garotinha que com apenas 15 meses teve que lutar pela vida

18/10/2022 às 8:51

Os jogos eletrônicos costumam ser encarados pelas pessoas como meros passatempos, uma maneira de nos descolarmos da realidade enquanto nos divertimos em seus mundos virtuais. Porém, em breve o Guild Wars 2 servirá também para ajudar crianças que se encontram em tratamento em hospitais nos Estados Unidos.

guild wars 2

Crédito: Reprodução/ArenaNet

A maneira como o MMO da ArenaNet fará isso será novamente participando do Extra Life Game Day, evento que acontecerá no dia 4 de novembro e cujo objetivo é ajudar os hospitais que fazem parte do Children’s Miracle Network. Criada em 1983, essa rede de apoio arrecada doações para ajudar as famílias dos pacientes a pagarem pelos seus tratamentos, sendo que por lá, uma em cada dez crianças são tratadas em um desses hospitais.

Entre as campanhas realizadas pela CMN está a nomeação anual de “Campeões”, crianças que se tornaram exemplos de como esses hospitais podem salvar vidas e da importância da contribuição da sociedade. Então, para edição deste ano a ArenaNet decidiu transformar um desses embaixadores em um NPC para o Guild Wars 2 e a escolhida foi uma menina de apenas dez anos chamada April Arellano.

Quando tinha apenas 15 meses de vida, April ficou doente. Com muita dificuldade para respirar e uma febre de 40,5 °C, a bebê foi levada a um hospital local e lá foi diagnosticada com pneumonia. Como o caso era grave, ela acabou sendo transferida para o Children’s Health of Orange County (CHOC), que faz parte da rede Children’s Miracle.

April, sua mãe Shannon e seu pai Antonio (Crédito: Divulgação/ArenaNet)

Após ser avaliada por uma junta de médicos, eles descobriram que April estava em choque séptico, o que no caso de crianças tem uma taxa de fatalidade de 98%. Com o problema que depois foi diagnosticado como um distúrbio imunológico impedindo o seu sangue de alcançar as extremidades do corpo, a menina precisou ser transferida novamente, dessa vez para a unidade de queimados num hospital vizinho.

Foi lá que os médicos perceberam que a panturrilha direita da criança estava gangrenando e para evitar que a infecção se espalhasse, eles tomaram uma medida extrema: amputar a perna de April. Aquilo salvou a vida da garota, além é claro de todo o apoio dado pela rede que atua naqueles hospitais.

Hoje April passa seu tempo dançando, cantando, atuando no teatro e jogando videogame. Agora, graças a parceria da ArenaNet com o Extra Life Game Day, April poderá se orgulhar por fazer parte do fantástico mundo do Guild Wars 2.

Embora tenha evitado dar maiores detalhes sobre o NPC inspirado na menina e que será dublado pela talentosa Jennifer Hale, o designer de narrativa da desenvolvedora, Indigo Book, afirmou ter ficado encantado com a confiança de April. Segundo ele, a personagem será “resiliente, corajosa e cheia de charme”, mesmo assim, ela mal se compara a sua xará.

O que sabemos por enquanto é que no jogo, April, the Mesmer Wunderkind terá crescido nos arredores de Divinity's Reach, na vila de Garenhoff. Ela será especialista em magias mentais, usando-as para confundir e desorientar os inimigos e pelo o que foi mostrando no pequeno trailer, aproveitando toda oportunidade para chacoalhar o esqueleto.

Com isso, a ArenaNet espera conseguir aproveitar o interesse das pessoas pelo seu MMO para divulgar a campanha da Children’s Miracle Network e considerando o que outros jogos já fizeram nesse sentido, é provável que o número de doações seja bem alto.

Por mais que as comunidades que se formam em torno de muito títulos online carreguem consigo a fama de serem extremamente tóxica, vez ou outra vemos os jogadores se unirem para fazer o bem. Foi assim que um grupo conseguiu arrecadar mais de US$ 100 mil para o St. Jude Children's Research Hospital, que um poço dos desejos no RuneScape levou US$ 160 mil a instituições de caridade e até mesmo um museu holandês dedicado à Segunda Guerra Mundial pôde ter um fôlego durante a pandemia da COVID-19.

Região em que April poderá ser encontrada (Crédito: Reprodução/Reddit)

E no caso do Guild Wars 2 e a pequena April Arellano, acredito que o impacto vá muito além de apenas arrecadar alguns milhares de dólares — que obviamente serão muito bem-vindos. Ao adicionar um NPC inspirado na garota, a ArenaNet poderá motivar muitas crianças com certas enfermidades ou que superaram dificuldades. Ver aquele personagem saltitando por Tyria e interagindo com os jogadores tem um enorme potencial para servir como inspiração e por isso considero a iniciativa fantástica.

Para boa parte daqueles que encontrarem a April, the Mesmer Wunderkind enquanto estiverem jogando, ela não passará de mais um NPC com quem teremos contato. Porém, imagine a felicidade daquela criança ao ver que de alguma forma sua história acabou indo parar num jogo, no quão empolgada ela deve ter ficado ao contar a novidade para os amigos.

Já para o estúdio, essa colaboração pode até servir como uma forma de divulgação do Guild Wars 2, uma maneira de aproveitar uma boa ação para melhorar sua imagem com o público. Contudo, não vejo isso como um problema e sinceramente, não creio que o objetivo tenha sido esse. Mas desde que no fim do processo algumas pessoas sejam ajudadas, jamais serei contra as desenvolvedoras utilizarem suas obras com esse intuito.

Fonte: Game Rant

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários