Home » Games » 10 Souls-like games que talvez você não conheça

10 Souls-like games que talvez você não conheça

Gosta da série Dark Souls e quer conhecer outros Souls-like games? Pois nesta lista indicamos títulos com os mais variados temas e estilos

18/03/2020 às 11:03

A indústria de games costuma viver por ondas, com alguns estilos ascendendo e praticamente desaparecendo com o passar do tempo. Entre os gêneros que estão em alta atualmente, temos os Souls-like games, onde várias empresas usam uma série específica como fonte de inspiração e o curioso é que esse tipo de jogo é relativamente novo.

Ashen - Souls-like games

O nascimento dos Souls-like games

Poucos jogos podem se orgulhar de terem criado um gênero (ou subgênero), mas quando em 2009 a FromSoftware lançou o Demon's Souls para o PlayStation 3, foi justamente isso o que o estúdio japonês conseguiu. Chegando ao console sem ter criado muita expectativa, rapidamente aquele título ganhou o gosto dos jogadores, dando início a um belo legado.

Embora não contasse com gráficos espetaculares e o seu enredo fosse de difícil compreensão, algumas características na sua jogabilidade fascinaram as pessoas. Dentre elas tínhamos um nível de dificuldade bem elevado e a maneira como o seu multiplayer funcionava. Graças a ele podíamos deixar mensagens para outros jogadores ou até mesmo invadir seus jogos para caçá-los.

Além disso, aquele jogo ainda contava com uma ideia genial, que era fazer com que o jogador perdesse todas as almas que havia coletado quando morresse. Para recuperá-las seria necessário voltar ao lugar em que ele havia sido abatido, o que adicionava uma camada de tensão à progressão e exigia uma boa dose de paciência.

Com o projeto tendo sido liderado por Hidetaka Miyazaki, até então um ilustre desconhecido, o fato de ser exclusivo fez com que o Demon's Souls fosse tratado como de nicho por um bom tempo, até que a mesma desenvolvedora lançasse o Dark Souls e a sua semente se espalhasse por diversas plataformas.

Com diversas opções atualmente no mercado, vou indicar alguns Souls-like games que foram baseados nas criações de Miyazaki. Alguns possuem poucas semelhanças com a série Souls, em outros elas ficam bem evidentes, mas aqui o objetivo é citar títulos que podem agradar quem gosta do estilo.

Por isso tentarei fugir dos jogos mais conhecidos, como Sekiro: Shadows Die Twice, Bloodborne, Nioh, The Surge ou Lords of the Fallen, e caso você tenha outras indicações, elas serão muito bem-vindas. Então vamos lá!

Remnant: From the Ashes

Embora eu tivesse ouvido algum burburinho sobre as qualidades do Remnant: From the Ashes na época do seu lançamento, foi só depois de jogá-lo que percebi que ele segue o estilo da série Souls. O detalhe aqui é que além dos combates a curta distância, o jogo também nos permite lutar usando armas de fogo, o que por si só já o diferencia da maioria dos Souls-like games.

Além disso, nele podemos encarar a aventura na companhia de outros jogadores, com a sua porção cooperativa não sendo tão limitada quanto a que vemos nos títulos da FromSoftware. Também vale citar o fato de que os inimigos mudarão de lugar ou até mesmo de tipo após morrermos, mas aqui não perderemos os itens coletados se formos derrotados.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Salt and Sanctuary

Eu acho que nunca cansarei de elogiar o Salt and Sanctuary e o motivo é simples: além de ser um jogo espetacular, ele conseguiu me surpreender, e muito. Caramba, a ideia de um game no estilo Souls em duas dimensões nunca poderia dar certo, mas neste caso deu.

Com um estilo visual que considero muito bonito, uma jogabilidade precisa, uma dificuldade bem acima da média e até a possibilidade de deixarmos mensagens para outras pessoas, talvez nem a FromSoftware seria capaz de criar um Dark Souls 2D tão bom quanto este.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4, PlayStation Vita, Xbox One e Nintendo Switch.

Ashen

Embora conte com um sistema de co-op mais aberto que o visto na série da From, Ashen não tem o menor pudor de aproveitar praticamente todos os elementos da sua fonte de inspiração. Da dificuldade elevada aos checkpoints escassos, o jogo ainda conta com um level design que faz com que todo o mundo esteja interligado.

Ashen pode não ter todo o esplendor de um Dark Souls e os seus gráficos podem passar a impressão de que o seu universo não é tão opressor, mas não se deixe enganar. Poucos Souls-like games foram capazes de capturar a essência do gênero de forma tão boa quanto esta criação do pequeno estúdio A44.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Gujian3

Primeiro capítulo da série a ser localizado para o ocidente, 古剑奇谭三(Gujian3) é um jogo que surpreenderá muitas pessoas pelos seus bons gráficos e pela jogabilidade simples, mas sólida. Pense nele como um Sekiro: Shadows Die Twice ambientado na China, mas obviamente sem boa parte do orçamento com o qual o jogo da FromSoftware contou.

Tudo bem, os relatos de bugs de quem já jogou este aqui são comuns, mas para quem gosta de experimentar títulos de menor porte, mas sem abrir mão da qualidade, Gujian3 é uma boa pedida. Além disso, em promoção ele costuma aparecer no Steam por menos de R$ 20 e por este valor, acredito que você fará um ótimo negócio ao comprá-lo.

Plataformas Disponíveis: PC.

Necropolis

Contando com calabouços gerados aleatoriamente, suporte a partidas cooperativas para até quatro pessoas e um nível de dificuldade não tão punitivo quanto o de muitos Souls-like games, Necropolis foi lançado em 2016, mas na minha opinião nunca recebeu a atenção que merecia.

Talvez isso se deva aos gráficos que lembram desenho animado, mas a verdade é que este é um jogo que pode ser muito divertido quando encarado na companhia de amigos, conseguindo passar uma boa sensação de satisfação após eliminarmos um grupo de poderosos inimigos.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Death's Gambit

Embora seja mais parecido com um metroidvania do que com um jogo no estilo Souls, Death's Gambit conta com vários elementos que fazem com que ele possa ser considerado como tal: ambientação sombria, desafio bem alto, enredo complexo e até mesmo uma barra de estamina ou o sistema de checkpoint em lugares específicos — que aqui não são fogueiras, mas santuários.

Se você procura um bom jogo de plataforma e não faz questão que ele siga a risca as mecânicas presentes em vários outros títulos desta lista, esta pode ser uma ótima opção.

Plataformas Disponíveis: PC e PlayStation 4.

Lucah: Born of a Dream

Com uma sistema de combates que lembra bastante os da série Dark Souls e uma atmosfera talvez até mais pesada, Lucah: Born of a Dream é o típico caso de um jogo que busca inspiração em outro, mas que consegue entregar uma personalidade própria.

Alguns poderão se incomodar com a sua direção de arte, achando os gráficos até mesmo estranhos, mas se você conseguir desviar disso, encontrará um jogo com um enredo fascinante, repleto de simbolismos e com um bom nível de dificuldade.

Plataformas Disponíveis: PC e Nintendo Switch.

Outward

Vez ou outra acabamos deixando passar algumas pérolas e uma com a qual só fui ter contato recentemente atende pelo nome Outward. Descrito por algumas pessoas como “uma mistura de Dark Souls com Fable”, as comparações podem não ser muito justas, mas de fato há características de ambos neste jogo.

Nele até mesmo uma ferida poderá nos levar à morte, já que existem elementos de jogos de sobrevivência na sua mecânica e até o mais simples inimigo poderá fazer um estrago considerável no nosso personagem. Um jogo que exige uma alta dose de paciência, a elaboração de estratégias antes de encararmos um combate e o reconhecimento de que muitas vezes o melhor será fugir.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Blasphemous

Assim como acontece com o Death's Gambit, Blasphemous segue uma pegada mais na esteira dos metroidvanias e por isso alguns gostam de classificá-lo como um soulsvania. A parte Souls vem do seu alto nível de dificuldade, da atmosfera pesada (e impressionantemente violenta), da necessidade de voltarmos ao ponto em que morremos e do enredo que não se esforça para nos entregar tudo de mão beijada.

Destaque também para os assustadores chefes e para a grande quantidade de habilidades que poderemos adquirir conforme avançamos, fazendo deste um dos jogos 2D mais legais lançados na atual geração.

Plataformas Disponíveis: PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Featherfall

Featherfall certamente não está entre os melhores Souls-like games, não possui gráficos de ponta e a sua mecânica de batalhas está longe de ser brilhante. Porém, se você procura um jogo do estilo com uma proposta no mínimo inusitada, precisa lhe dar uma chance.

Nele você será um passarinho que acabou de nascer e que precisará explorar o mundo a sua volta. Porém, o lugar está repleto de perigos e por isso será preciso encontrar armas cada vez mais fortes para derrotar os inimigos que surgirão. A ideia é bizarra, não faz o menor sentido, mas ao mesmo tempo é tão maluca que se torna impossível não simpatizarmos com ela.

Plataformas Disponíveis: PC.

relacionados


Comentários