Home » Games » Jogador de FIFA 20 é banido e hackers afirmam terem derrubado servidores da EA

Jogador de FIFA 20 é banido e hackers afirmam terem derrubado servidores da EA

Após o jogador Kurt0411 ser banido do FIFA 20 e de todos os jogos da EA, servidores da empresa caem e o grupo Lizard Squad afirma ser o autor do ataque.

28/02/2020 às 8:31

As empresas que criam jogos multiplayer costumam ter que lidar com membros da comunidade que muitas vezes possuem o que elas classificam como comportamento tóxico. Porém, essas ações nem sempre são ataques a outras pessoas, mas "simples" quebras nas regras de conduta e recentemente o assunto ganhou as manchetes graças a um (agora ex) jogador profissional de FIFA 20.

fifa 20

Conhecido como um dos mais talentosos jogadores do planeta, Kurt “Kurt0411” Fenech foi um dos finalistas do FIFA eWorld Cup na versão para Xbox One e aos poucos começou a ganhar alguma notoriedade devido as críticas que faz ao simulador da futebol da Electronic Arts. Quase sempre atacando a maneira como a editora vem tratando o modo Ultimate Team, o maltense de 25 anos nunca teve medo de dar sua opinião, mas a maneira como ele vinha fazendo isso teve um preço cobrado em novembro passado.

De acordo com a EA Sports, por seguidamente não respeitar os códigos de conduta impostos por eles, Kurt0411 seria proibido de participar tanto da FIFA 20 Global Series quanto de qualquer futura competição organizada pela empresa. Acabava ali a sua carreira como jogador profissional e o sujeito passaria a se dedicar aos streamings.

O embate entre as partes parecia ter chegado ao fim, mas no dia 24 de fevereiro a EA anunciou que a conta do rapaz estava banida de todos os seus jogos e serviços. O motivo? A insistência no comportamento tóxico, mas principalmente por ele usar as redes sociais para ameaçar tanto os funcionários da empresa quanto outros jogadores, além de encorajar seus seguidores a fazerem o mesmo.

Kurt0411 por sua vez afirmou que “nunca disse nada que não deveria ter dito” e pediu que a EA mostrasse provas de que ameaçou seus “incompetentes funcionários”. Segundo o jogador, o banimento dos torneios não passa do medo que a empresa tem de que ele os vença e que "se a gigante dos games tem o dinheiro, ele [e seus fãs] possuem números".

Kurt “Kurt0411” Fenech

Kurt “Kurt0411” Fenech

Pois é aí que o caso ganhou uma proporção que poucos poderiam imaginar. Hoje por volta de 13h (no horário de Brasília) os servidores da Electronic Arts deixaram de funcionar, fazendo com que surgissem relatos de que títulos como o Apex Legends, Battlefield V, o próprio FIFA 20 e até o Origin ficassem sem suas porções online ou até mesmo deixassem de funcionar.

Uma conta oficial dedicada ao jogo chegou a publicar uma mensagem no Twitter reconhecendo o problema e logo depois o grupo Lizard Squad assumiu a autoria do ataque, dizendo que os servidores permaneceriam offline até que Kurt0411 tivesse seu banimento cancelado, além de ter pedido para o jogador conferir sua conta EA, pois ela havia voltado ao normal.

No momento em que escrevia esse texto a página da EA dizia que estava tudo bem com os servidores do FIFA 20 e de todos os outros principais títulos da editora, informação esta que também foi confirmada pela empresa no Twitter.

O que não sei é até que ponto o grupo simplesmente viu no problema uma ótima oportunidade para ganhar alguma atenção, talvez nem tendo participação no apagão registrado durante o dia. Mas o que parece certo é que este confronto ainda está longe de terminar e pelo menos por enquanto não consigo identificar um santo nessa história.

Fonte: ESPN Brasil.

relacionados


Comentários