Home » Software » Microsoft Edge ganha novo logo e se distancia do IE

Microsoft Edge ganha novo logo e se distancia do IE

Microsoft Edge Chromium ganha nova identidade visual para dissocia-lo do Internet Explorer; navegador será lançado dia 15/01 para Windows e macOS

04/11/2019 às 9:30

O Microsoft Edge está prestes a ser relançado após uma extensa repaginação: a Microsoft adotou o Projeto Chromium como o motor do novo navegador, o mesmo usado pelo Google Chrome (o projeto em si é de código aberto), como forma de voltar a ter um produto próprio relevante entre as opções de navegadores.

Isso inclui também distanciar o Edge o máximo possível do Internet Explorer, e uma das últimas decisões nesse sentido foi a escolha de uma nova marca.

Microsoft / logo do Microsoft Edge

O novo logo do Edge foi revelado através de uma caça a easter eggs dentro das versões Canary (instáveis) do Edge. O símbolo se assemelha a uma onda e se forçar a visão, ainda poderá ver o "ezinho da internet" na imagem, tanto para passar a ideia de que o Edge Chromium é ideal para "surfar na net" (Microsoft sendo Microsoft, clichê a beça), quanto para manter o legado de uma marca conhecida por todos.

Enquanto de um lado Redmond não quer largar o osso, do outro está fazendo de tudo para que os usuários esqueçam de vez o Internet Explorer. O erro da companhia com a primeira encarnação do Edge foi de usar basicamente o mesmo logo, sendo que para a maioria dos usuários, o IE é um sinônimo de erros, bugs e falhas de segurança.

Como a Microsoft não tem culhões de matar o IE de vez (ele é mantido no respirador por ser ainda usado por desenvolvedores), a companhia optou pela dissociação através da identidade visual. Não é o ideal, mas pode funcionar.

O beta do Edge Chromium foi liberado para todos em agosto; a Microsoft vem ativamente ajudando com o Projeto Chromium e com o Google, fornecendo suporte em acessibilidade, sensibilidade ao toque, ARM64 e claro, otimização de código. A entrada da Microsoft no programa vai beneficiar também o Google Chrome, e há quem diga que a companhia acabe por sanar alguns dos mais chatos problemas dos navegadores baseados em Chromium, como o consumo desenfreado de memória RAM. Mas divago.

O Edge Chromium será lançado para Windows 10, Windows 8.1, Windows 7 e macOS no dia 15 de janeiro de 2020; você pode baixar as versões Canary, Dev, Beta e Release Candidate (em breve) em microsoftedgeinsider.com.

Com informações: The Verge.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários