Home » Filmes e séries » O Caso Richard Jewell, novo filme de Clint Eastwood

O Caso Richard Jewell, novo filme de Clint Eastwood

Novo filme de Clint Eastwood O Caso Richard Jewell mostra como a imprensa e FBI acabaram com a vida de um herói em um atentado na Olimpíada Atlanta 96

03/10/2019 às 15:06

O cineasta Clint Eastwood apresenta o trailer do seu novo filme, Richard Jewell, que conta uma história real passada em Atlanta na época da Olimpíada de 1996. O filme é inspirado no artigo American Nightmare: The Ballad of Richard Jewell, da jornalista Marie Brenner, e esta adaptação foi escrita por Billy Ray, indicado ao Oscar de melhor roteiro em 2014 por Capitão Philips.

O trailer do novo filme de Eastwood é muito bem montado, e a tensão aumenta na medida em que o personagem de Jon Hamm fica pedindo para Jewell gravar e regravar a sua voz. Clique abaixo para assistir ao trailer de Richard Jewell.

Quando a imprensa descobriu que o FBI estava investigando Richard Jewell por um ataque que ele impediu que fosse muito mais sangrento, começou uma campanha de perseguição usando ele como alvo, algo que teve profundas repercussões em sua vida, por mais que ele tenha sido inocentado depois.

Imagem de O Caso Richard Jewell, novo filme de Clint Eastwood

O homem considerado como o principal suspeito do atentado pelas autoridades na verdade era o herói da história. Richard Jewell encontrou uma mochila repleta de explosivos no Parque Olímpico de Atlanta, Georgia, e conseguiu evitar o pior evacuando a área antes que ela explodisse, matando um policial e ferindo 111 pessoas. Caso ele não tivesse agido, não só essas pessoas teriam morrido na explosão, mas muito mais.

Imagem de O Caso Richard Jewell, novo filme de Clint Eastwood

O filme também mostra o seu advogado, Watson Bryant, vivido com o talento de sempre por Sam Rockwell, que faz de tudo para provar a inocência de Richard Jewell, e também para convencê-lo que nem todos os policiais e agentes do FBI são seus amigos, como ele considera inicialmente. O elenco é ótimo, e além de Rockwell, conta com Kathy Bates, Olivia Wilde e Jon Hamm, além de Paul Walker Hauser, que só pelo trailer já dá pra ver que está excelente no papel título.

A matéria de Marie Brenner que serviu de base para o roteiro do filme foi publicada na Vanity Fair em 1997, e que pode ser lida no site da revista. Brenner já teve outros dois filmes adaptados de suas matérias, O Informante (The Insider) de 1999, com Al Pacino, Russell Crowe e Christopher Plummer no elenco, e o recente Uma Guerra Pessoal (A Private War), que também foi produzido por ela. Esse assunto tão espinhoso também foi tema de um documentário de 2013, The Wrong Man: The Richard Jewell Story.

Tudo bem que o caso de Jewell não chegou ao extremo de Rubin "Hurricane" Carter, que passou quase 20 anos preso, algo que foi mostrado no filme Hurricane - O Furacão de 1999, mas a verdade é que a vida de Richard Jewell nunca mais foi a mesma desde que foi acusado por algo que não fez, e que tentou ao máximo evitar.

Depois de uma carreira cheia de filmes espetaculares, o diretor Clint Eastwood não precisa provar mais nada pra ninguém, mas mesmo assim segue trazendo à tona histórias reais e até necessárias como essa, que discute como uma acusação falsa pode destruir a vida de uma pessoa inocente. Quando o filme estrear nos cinemas, as pessoas irão saber o nome de Richard Jewell, e também como ele foi injustiçado pelo FBI e pela imprensa.

A produção de Richard Jewell é da Malpaso (produtora de Eastwood) para a Warner Bros, e o filme chega aos cinemas no dia 14 de dezembro deste ano.

relacionados


Comentários