Home » Filmes e séries » Píppi Meialonga vai virar filme dos criadores de Paddington

Píppi Meialonga vai virar filme dos criadores de Paddington

A personagem infantil sueca Píppi Meialonga vai ser tema de um filme da Studiocanal e pela Heyday Films, mesmos produtores de Paddington

02/10/2019 às 15:04

Segundo informações da Variety, Píppi Meialonga, a personagem principal dos livros escritos por Astrid Lindgren, vai ser transportada para a tela em um filme produzido pela Studiocanal e pela Heyday Films, os mesmos produtores de As Aventuras de Paddington e Paddington 2, filmes de Paul King com Hugh Grant. A Heyday é a empresa de David Heyman, produtor dos filmes de Harry Potter.

Píppi Meialonga vai ganhar novo filme produzido pela Studiocanal e pela Heyday Films

A pequena Píppi, que cresce sozinha em uma casa com o seu cavalo e macaco de estimação, faz a alegria dos seus pequenos vizinhos Tommy e Annika, além de tocar o terror nos pais deles e demais adultos da vizinhança. Píppi é uma verdadeira celebridade na Vila Vilekula, onde mora sozinha, e é conhecida por todos como a menina mais forte do mundo.

Píppi Meialonga vai ganhar novo filme produzido pela Studiocanal e pela Heyday Films

A menina ruiva de tranças e muitas sardas no rosto realmente conta com uma força descomunal, sendo capaz inclusive de levantar seu próprio cavalo, mas sua força é menor do que a sua imaginação, que ela usa pra inventar histórias fantásticas e impossíveis que encantam os seus amigos.

Me lembro que em um dos trechos do primeiro livro, Píppi descobre alguns ladrões que estão querendo roubar a sua casa, e eles se arrependem e muito desta visita, um tema depois tão bem explorado em Esqueceram de Mim.

Quem tem filhos pequenos provavelmente já ouviu falar em Píppi, ou até quem sabe já leu as suas histórias para eles. O nome original da personagem em sueco é Pippi Långstrump, e em inglês ela foi chamada de Pippi Longstocking. Píppi Meialonga é um personagem que certamente foi influenciado por Peter Pan de J.M. Barrie, uma criança que se recusa a crescer.

Píppi também também tem semelhanças claras com a Emília de Sítio do Pica-Pau Amarelo de Monteiro Lobato, por seu espírito aventureiro repleto de entusiasmo. Essa não é a única coisa em comum, já que como Lobato, Astrid Lindgren teve seus livros acusados de conter estereótipos racistas.

Trechos polêmicos de uma adaptação para a TV sueca de 1969 foram retirados em novas exibições, o que causou algumas críticas, mas a verdade é que a própria autora já tinha declarado em 1970 que estas partes teriam ficado datadas, e por isso poderiam e deveriam ser retiradas em futuras versões.

Píppi Meialonga vai ganhar novo filme produzido pela Studiocanal e pela Heyday Films

Píppi Meialonga, Píppi a Bordo e Píppi nos Mares do Sul são os títulos dos três livros, que foram escritos entre 1945 e 1948. Além da série citada, a personagem de Astrid Lindgren foi tema de Pippi Meia-Longa, um filme que fez sucesso na Suécia em 1969 e sua sequência do ano seguinte, Pippi Meia-Longa nos Mares do Sul.

Também foi feita uma adaptação do personagem de Píppi para filme falado em inglês, o longa As Novas Aventuras de Pippi Longstocking de 1988, além de uma série animada em 1997. Por falar em animação, o mestre Hayao Miyazaki chegou a tentar fazer uma adaptação da obra, mas não conseguiu um acordo pelos direitos.

 

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários