Home » Mobile » Igreja inglesa lança a Sacolinha 2.0

Igreja inglesa lança a Sacolinha 2.0

21 semanas atrás

Ciência e religião tendem a se estapear de vez em quando, às vezes andam de boa, às vezes uma atrapalha o trabalho da outra, como quando a estatística demonstrou que você tem mais chances de se curar de um câncer ficando em casa sem fazer nada do que indo para Fátima atrás de um milagre, mas às vezes elas até se ajudam.

A própria invenção do dinheiro foi u'a mão na roda para os templos, que quando pequenos dependem de doações de fiéis, e se todo mundo na região planta galinha você acaba com a despensa cheia de penosas, sem uma batata pra acompanhar. Com dinheiro os monges podiam comprar o que fosse necessário e repassar o excedente pro bispo.

A estruturação da sociedade beneficiou o esquema (no bom sentido) de doações, com as igrejas recebendo terras e propriedades, mas em um determinado momento, a tecnologia começou a ser prejudicial.

Até a entrada dos cheques bancários, a tecnologia era benéfica, mas depois a informatização da economia criou um vácuo, com um segmento da população não tendo acesso ao dinheiro digital e ao mesmo tempo menos gente andando com dinheiro vivo.

Em alguns casos, como nas igrejas na Inglaterra a queda nas doações chegou a 50% nos últimos 5 anos, e algo precisava ser feito. e mais uma vez a Tecnologia veio em auxílio, resultando nisto:

Em Março de 2018 a igreja de St Marie Abbots, em Londres foi a primeira a aceitar doações com máquinas de cartão, e agora estão inaugurando uma sacolinha (ok, tecnicamente um prato) de ofertas agregado a um leitor NFC para que fiéis e turistas doem usando celulares ou cartões, apenas aproximando.

Hold My Beer

A parte divertida é que para o Brasil chega a ser cômico os ingleses estarem tão atrasados. Por aqui pelo menos desde 2007 igrejas já aceitam doações em cartões de crédito ou débito, e se você ainda não está convencido de que estamos anos-luz (eu sei) na frente do resto do mundo, conheça Dízimo Fiel, a Maquininha do Dízimo.

relacionados


Comentários