Home » Games » Em Watch Dogs: Legion, seja quem você quiser!

Em Watch Dogs: Legion, seja quem você quiser!

Prometendo nos deixar controlar qualquer personagem de uma Londres futurista, Watch Dogs: Legion tem potencial para ser um dos grandes jogos deste fim de geração.

10/06/2019 às 19:09

Quando joguei o Grand Theft Auto V, uma das coisas que mais me encantou no jogo foi a mecânica de troca de personagens. Controlar aqueles três protagonista era um recurso muito legal, dando origens a situações que não poderiam acontecer de outra maneira e sempre fiquei pensando como os criadores daquele game poderiam levar o conceito adiante. Pois isso pode ter sido feito, não pela Rockstar, mas pela Ubisoft.

Conforme um rumor que vinha circulando pela internet nos últimos dias, o próximo capítulo da franquia Watch Dogs se passará mesmo em Londres e ele recebeu o subtítulo Legions, existindo uma ótima explicação para isso. Acontece que nele poderemos controlar qualquer personagens que encontramos pela cidade, com cada um deles contando com suas próprias animações, dublagens e habilidades. Parece bom demais para ser verdade? Pois tomara que não seja.

De acordo com o diretor Clint Hocking, isso nos permitirá não apenas sermos quem quisermos, mas jogar da maneira que acharmos melhor e o primeiro trailer dá uma pequena demonstração disso. Quer ser um ex-espião e ter acesso a qualquer lugar? O que acha então de uma especialista em robôs? Ou mesmo uma simpática velhinha que no passado era uma habilidosa assassina? Confira:

A história de Watch Dogs: Legion se passará num futuro próximo, num período pós-Brexit em que a sociedade, política e a tecnologia modificaram profundamente a capital da Inglaterra. caberá então a nós montar um exército com os personagens que encontrarmos pelo caminho, para assim podermos lutar contra a tirania que impera no local.

Na teoria tudo isso é sensacional, até parecendo ambicioso demais, mas para mostrar o que já tem nas mãos e provar que tamanha loucura é possível, a Ubisoft divulgou um vídeo onde temos cerca de 10 minutos da jogabilidade e que pode ser visto abaixo:

Pode ser que tudo não passe de uma demo bastante coreografada, que no fundo o jogo só conte com alguns poucos personagens realmente úteis ou que o produto final não nos dê tanta liberdade quanto gostaríamos, com o desenrolar das missões se limitando a uma linha pré-definida. Porém, segundo a desenvolvedora nós poderemos decidir "tudo — quem faz parte da sua resistência, que missões assumir, que lutas escolher, tudo."

Resta saber até que ponto eles estão sendo sinceros ou o que se trata de puro marketing. De qualquer forma, como não ficar empolgado depois de ver o jogo em ação? Como não querer testar todas as possibilidades que ele está prometendo nos dar, mas sempre temendo pelas mortes dos personagens, já que elas serão definitivas?

Pois a resposta para estas perguntas poderá começar a ser dada em 6 de março de 2020, quando o Watch Dogs: Legion chegará ao PC, Google Stadia, PlayStation 4 e Xbox One.

relacionados


Comentários