Home » Mobile » JBL lança duas caixas de som com Google Assistente no Brasil

JBL lança duas caixas de som com Google Assistente no Brasil

As caixas de som tentam e conseguem ser o que o Google Home poderia ser

15/04/2019 às 16:16

O Google organizou um evento na manhã (me fez acordar às 6 da manhã) desta segunda-feira (15) pra anunciar a liberação do Assistente em português do Brasil para outras coisas que não smartphones. A JBL aproveitou a oportunidade para trazer duas caixas de som sem fios, com bateria e que podem responder se Half-Life Episode 3 já foi lançado ou não. Elas têm o nome de Link 10 e 20.

Microsoft quer que Cortana faça amizade com outras assistentes virtuais

“Google Home” portátil

As duas são basicamente caixas de som como a várias opções da JBL que utilizam bateria interna. Elas tocam música via conexão Bluetooth, são potentes e contam com acabamento em tecido na saída de som, além de proteção IPX7 pra sobreviver ao som em chuva pesada. O que muda e difere estes modelos de tantos outros é a conexão Wi-Fi que faz ambas virarem o Google Home que o Google ainda não lançou no Brasil - e nem tem prazo pra isso, eu perguntei.

JBL Link 10

Neste recurso extra ambos os modelos funcionam exatamente como a caixa de som inteligente do Google, o que significa que você pode pedir pra reproduzir uma música, tocar um clipe em uma TV que tem o Chromecast plugado, ligar a luz inteligente, levantar cortinas, mandar o robô de limpeza tirar seu farelo cheetos derrubado de ontem ou até mesmo ligar uma tomada que tem um adaptador que responde ao comando.

O que muda entre o Link 10 e Link 20 é a potência de som e a bateria interna. O modelo mais simples é o Link 10, que tem dois falantes com 8 watts e uma bateria de 4.000 mAh. O Link 20 aumenta o som pra 10 watts e a bateria vem com 6.000 mAh, mantendo a mesma configuração de alto-falantes, mas dobrando a autonomia. Ela passa de cinco para 10 horas de som contínuo e com uma só carga.

O Google Assistente chega pelo Wi-Fi que trabalha até no padrão 802.11ac e se você quer apenas uma música offline, é só colocar algum aparelho que converse com Bluetooth 4.2 e aumentar o som pra estragar a praia ou qualquer rolê que aconteça em área pública. Se você for legal, vai fazer isso em casa ou local fechado...por razões óbvias, né?

Tá caro, mas nem tanto

O complicado é o preço e o varejo parece ter percebido isso antes do lançamento. No evento a JBL disse que o Link 10 custa R$ 1.099 e o Link 20 sai por R$ 1.499. Em uma busca rápida em qualquer no Google mesmo, eu encontrei lojas grandes e bem famosas vendendo o modelo mais barato por algo perto dos R$ 500, com preço médio de R$ 800. Já o Link 20 foi encontrado por R$ 899, mas com menos opções de varejistas entregando este valor.

Pode parecer chamariz de produto pirata e a JBL sofre com isso em qualquer MercadoLivre ou OLX da vida, mas a solução é simples e basta importar. Na BestBuy, que é uma rede varejista famosa nos Estados Unidos, o Link 20 sai por US$ 100. Importando com os 60% de imposto de importação e uma margem de lucro pra quem vem com isso na mala, dá pra entender como é possível chegar no preço encontrado. Ela sairia uns R$ 800 e isso já cobre até imposto local no país do Trump.

Só que, como quase que qualquer produto importado, a garantia fica no país onde a caixa foi vendida. Então coloque isso na conta também. Se der problema, você precisa voltar lá e trocar, ou comprar outra.

Google Assistente em português pra todo lado

Além de trazer o lançamento da JBL, o Google mostrou que outros parceiros que utilizam a plataforma de assistente pessoal do gigantes das buscas também já conversam em português. Foram apresentadas TVs da Samsung, TCL e LG que contam com o Assistente em modelos que começam em R$ 1.899 para uma Full HD de 43 polegadas da TCL (43S6500) e vai até uma estratosférica OLED da LG de 65 polegadas (C8) e que custa R$ 14 mil.

TCL S6500

A Sony mostrou um modelo (XBRA8F) que tem Android TV e já era esperado ter o Assistente - ela custa R$ 17,5 mil.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários