Home » Games » Como o PlayStation influenciou a criação do Panzer Dragoon

Como o PlayStation influenciou a criação do Panzer Dragoon

Um dos principais jogos lançados para o Sega Saturn, criador revela que o título foi fortemente influenciado pelo poderio do PlayStation.

29 semanas atrás

Quando falamos em guerra dos consoles, a primeira coisa que vem à mente de muitas pessoas é o lendário embate entre Super Nintendo e Mega Drive. Porém, aquele não foi o único confronto entre duas grandes fabricantes e quem viveu a década de 90 provavelmente lembra como por um bom tempo os jogadores ficaram divididos entre o PlayStation e o Sega Saturn.

Ambos lançados no Japão em 1994, a capacidade do console da Sony em produzir gráficos em três dimensões era algo tão impressionante que começou a assombrar todo mundo, incluindo aí os profissionais que trabalhavam na companhia rival. Quem relembrou essa época foi  Yukio Futatsugi, ex-produtor da Sega e criador da franquia, que durante um painel realizado na Game Developers Conference falou sobre a criação da série Panzer Dragoon.

Íamos no trem para casa pensando, ‘o que diabos faremos em relação a isso?’ Era o quanto estávamos pensando sobre o PlayStation na Sega.

O Saturn não tinha muito poderio, mas olhando para trás, acho que fomos capazes de criar aqueles visuais únicos que se mesclavam muito bem com o mundo seco do Panzer Dragoon. Não era algo muito brilhante ou glamorosos, mas criamos visuais que eram impossíveis no PlayStation.

Para isso a Team Andromeda, equipe responsável pelo jogo, teve que tirar o máximo possível do Saturn, explorando principalmente a capacidade do console de mover um personagem por ambientes 3D. Então, ao forçar os limites do aparelho eles conseguiram fazer com que o título parecesse até mais veloz do que uma das joias do videogame rival, que era a conversão do Ridge Racer.

Ou seja, graças a concorrência entre as duas plataformas, a equipe da Sega conseguiu criar um jogo de tiro que era mais rápido que um jogo de corrida do PlayStation e isso sem sacrificar muito a parte visual. Quem acompanhava a indústria por volta de 1995 deve lembrar o impacto que o Panzer Dragoon causou ao chegar às lojas, fazendo com ele se tornasse o típico jogo capaz de vender um console.

Outra informação revelada por Futatsugi diz respeito a inspiração para o Panzer Dragoon. Segundo ele, a ideia inicial era de que o mundo do jogo seria uma espécie de “sonho de um assalariado”, até que a realidade e a imaginação eventualmente se misturassem. Ele citou como exemplo um dia em que o sujeito estivesse viajando de trem e ao olhar pela janela veria um dragão voando do lado de fora.

Embora o conceito evidentemente tenha sido deixado de lado, de certa forma uma parte dele acabou sendo aproveitado no RPG Panzer Dragoon Saga, onde a quarta parede é quebrada numa parte da sequência final. Nela é mostrado que o jogador é na verdade uma força sobrenatural que está controlando o personagem e que junto com outras convenções quebradas pelo jogo, foi fruto da ousadia que a juventude da equipe lhes proporcionava.

Só é uma pena que mesmo com tudo isso a Sega tenha sido incapaz de salvar o Saturn. Além do console não ter chegado perto do sucesso do PlayStation, ele ainda acabaria ficando marcado como o início da queda da empresa.

Fonte: GameInformer e USgamer.

relacionados


Comentários