Meio Bit » Games » Os modders que estão melhorando o The Legend of Dragoon

Os modders que estão melhorando o The Legend of Dragoon

25 anos após o lançamento do The Legend of Dragoon, um grupo de fãs criou uma conversão para PC e em breve ela deverá contar com resolução 4K e 60fps

07/02/2024 às 9:47

Em dezembro de 1999, a Sony lançou aquele que seria um dos últimos grandes jogos do primeiro PlayStation, o The Legend of Dragoon. Embora tenha vendido mais de um milhão de cópias, muitas pessoas não experimentaram aquele RPG e duas décadas e meia depois, um grupo está dedicado a aperfeiçoar aquele clássico.

Crédito: Divulgação/Sony

Desenvolvido pelo Japan Studio, The Legend of Dragoon foi uma grande produção. Contando com mais de 100 profissionais na equipe, incluindo aí Shuhei Yoshida, que respondeu como produtor, o projeto teve início em 1996 e custou algo em torno de US$ 16 milhões, valor bem alto para a época.

Quando finalmente chegou ao Japão, o título teve uma recepção morna por parte da imprensa e o fato dele ter aparecido nos Estados Unidos um ano depois e na Europa só em 2001, não contribuiu para sua popularidade. Na época, uma nova geração de consoles já estava entre nós e por isso muitos consumidores não tinham olhos para um “ultrapassado” PlayStation.

Mesmo assim, The Legend of Dragoon conquistou admiradores, com seus gráficos ficando entre os mais bonitos daquele videogame, o sistema de batalhas por turno entregando algumas boas ideias — como invocar os dragões — e o enredo contando uma história interessante.

Durante muitos anos aquele RPG permaneceu exclusivo do PS1, até que em fevereiro de 2023 a Sony o disponibilizasse para PlayStation 4 e PlayStation 5. Contando com algumas melhorias, como a possibilidade de salvar o progresso a qualquer momento, retroceder alguns segundos e aplicar filtros na imagem, esse retorno foi, no máximo, OK.

The Legend of Dragoon: Severed Chains

Crédito: Divulgação/Severed Chains

O problema foi que, se poder revisitar ou mesmo conhecer um clássico em máquinas modernas é algo que devemos comemorar, muitos fãs consideraram o trabalho da Sony um tanto preguiçoso e os pedidos por um remake cresceram.

Então, por mais que ainda não estejamos falando de uma versão refeita completamente, o projeto Severed Chains tem como objetivo justamente tornar o The Legend of Dragoon um título muito mais agradável para quem quiser experimentá-lo atualmente.

Para isso, o grupo comandado por um sujeito conhecido como Monoxide recorreu à engenharia reversa e assim conseguiu chegar a uma conversão do RPG para os computadores. Isso significa que ao invés de apenas emular o jogo, a equipe conseguiu fazer com que ele rodasse nativamente no PC, o que abre infinitas portas para o futuro.

Embora atualmente eles já tenham toda a campanha do The Legend of Dragoon funcionando na nova plataforma, os planos da equipe falam em garantir que ele chegue a um estado muito superior ao que temos nos atuais consoles da Sony.

Crédito: Divulgação/Severed Chains

“Estamos trabalhando duro no próximo grande lançamento, que contará com uma grande reformulação gráfica,” diz o site do projeto. “Resolução nativa em 4K, 60 frames por segundo, tela cheia e suporte opcional a widescreen. Essa próxima versão rodará muito mais rápido que a atual RB2.1, usando a sua placa de vídeo em vez de apenas a CPU.”

Ainda segundo os responsáveis por esta conversão, “o ganho de performance superará enormemente o que pode ser alcançado com emulação, então o Severed Chains rodará perfeitamente mesmo em máquinas mais antigas ou mais baratas.”

Se tudo correr conforme o planejado, a ideia é disponibilizar essa “versão definitiva” do The Legend of Dragoon já nos próximos meses, mas por enquanto, no PC já temos acesso a recursos como melhor qualidade de áudio; controles mais precisos; suporte a mouse nos menus; telas de carregamento quase inexistentes; poder salvar a qualquer momento; pular as cenas em FMV; ver o XP dos dragões nas telas pós-batalhas e muito, mas muito mais.

The Legend of Dragoon: Severed Chains

Crédito: Divulgação/Severed Chains

Como de costume, o grande problema aqui está em se e até quando a Sony permitirá que esse projeto evolua. Por mais que o FAQ no site do Severed Chains garanta que eles não estão fazendo nada ilegal, já que recorreram à engenharia reversa e usam uma engine nova, eu não tenho tanta certeza disso.

Pode ser que tudo não passe da minha ignorância jurídica ou por já estar cansado de ver empresas alegando que estão protegendo suas propriedades intelectuais para acabar com essas tentativas de resgatar (e melhorar) alguns clássicos. Se o The Legend of Dragoon continuasse perdido lá na biblioteca do PlayStation, imagino que a possibilidade de uma vista grossa por parte da Sony seria maior, mas como atualmente eles faturam vendendo uma versão claramente inferior a essa para PC, será mesmo que não se incomodarão?

Enfim, o grupo de modders até ensina como podemos realizar uma cópia dos “nossos CDs originais” do RPG, mas sejamos sinceros, quantas pessoas por aí ainda possuem esses discos?

Questões legais (e morais) a parte, é sempre fascinante ver fãs aproveitando seus tempos e conhecimentos para não só preservar alguns jogos que adoram, mas também fazer com que eles sejam melhores que as versões oferecidas por aqueles que detêm seus direitos.

O triste é pensar em como a Sony poderia nos entregar um produto muito melhor que aquele disponível na PS Store. Enquanto a Microsoft está há anos permitindo que alguns jogos lançados para seus consoles rodem muito mais bonitos nos atuais e o melhor, sem cobrar por isso, a empresa japonesa continua com essa mesquinharia, muitas vezes entregando apenas uma simples emulação ou cobrando por melhorias que nem sempre são tão melhores assim.

Fonte: DSOGaming.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários