Home » Entretenimento » Warrior: textos inéditos de Bruce Lee viram série de Justin Lin (Velozes e Furiosos e Star Trek)

Warrior: textos inéditos de Bruce Lee viram série de Justin Lin (Velozes e Furiosos e Star Trek)

As Guerras Tong são o pano de fundo da série Warrior, inspirada em textos de Bruce Lee e produzida por Justin Lin (Velozes e Furiosos 4, 5 e 6 e Star Trek: Sem Fronteiras)

11/02/2019 às 14:00

O diretor de três filmes da franquia Velozes e Furiosos, Justin Lin, se uniu a Jonathan Trooper (Banshee) e a herdeira de Bruce Lee, Sharon Lee pra produzir Warrior, uma série inspirada em textos inéditos do ator e artista marcial, sobre um conflito conhecido como as guerras Tong, na Chinatown de São Francisco em 1880.

A série vai passar no Cinemax, e o último teaser foi divulgado na semana passada, assista abaixo.

A história por trás da série é tão interessante quanto a trama. Anos depois que Bruce Lee morreu em 1973, sua filha Shannon Lee encontrou uma coleção de notas manuscritas por ele que contavam a história que está sendo adaptada para a série.

A história mostraria um artista marcial lidando com as guerras Tong, entre a máfia dos imigrantes chineses em São Francisco a partir de 1880. O material nunca foi publicado ou divulgado, e é inédito até agora.

O projeto de criar uma série de TV chamada The Warrior era uma das grandes apostas de Bruce Lee nos Estados Unidos. Ele gostava particularmente da ideia de um lutador de artes marciais circulando pelo Velho Oeste, pois assim poderia distribuir o sarrafo em cena, sem que aquilo fosse visto como algo gratuito.

As Guerras Tong são o pano de fundo da série Warrior, inspirada nos manuscritos de Bruce Lee

No começo dos anos 70, depois do sucesso como Kato na série de TV Besouro Verde (The Green Hornet), Bruce Lee estava em negociações com a Paramount e com a Warner Bros., com a qual fez várias entrevistas, mas o negócio não deu em nada, e ele resolveu voltar para Hong Kong.

O seu material acabou nunca sendo aproveitado, mas no ano seguinte da sua apresentação, a Warner lançou a série Kung Fu, que acompanhava as aventuras de Caine, um mestre de artes marciais asiático no velho oeste interpretado por David Carradine (que depois seria imortalizado para futuras gerações como o Bill de Kill Bill volumes 1 & 2).

A empresa negou que tenha se inspirado no material de Bruce Lee, mas ele chegou a ser realmente cogitado para o papel principal, e não é exagero imaginar que eles podem ter aproveitado ou adaptado detalhes de suas várias conversas com ele na trama.

De qualquer forma, Kung Fu era uma série contemplativa, na qual Caine só recorria a violência como último recurso. Carradine também não está mais entre nós, mas em uma entrevista em 1989 ele falou sobre o caso, dizendo que Lee realmente tinha ido embora para Hong Kong por ter perdido o papel principal de Kung Fu.

Em uma conversa com a Entertainment Weekly, Justin Lin disse que tinha 8 anos de idade quando assistiu Kung Fu, e que nunca entendeu muito bem o fato do personagem asiático ser interpretado por um americano, e falar com um sotaque. Ele também conta que quando soube da existência do material de Bruce Lee, logo se interessou pelo projeto.

Em suas palavras, Shannon Lee “trouxe oito páginas de notas originais de Bruce”, que eles transformaram na nova série do Cinemax. Eles no caso, Jonathan Tropper, Evan Endicott e Josh Stoddard, os roteiristas de Warrior.

Warrior é a nova série inspirada em manuscritos de Bruce Lee com produção de Justin Lin

Justin Lin está tentando fazer Warrioralguns anos, mas diz que não foi nada fácil convencer os executivos de TV a investirem em uma série que tem um elenco em sua grande maioria asiático, e assim só conseguiu o sinal verde pra ir adiante com o projeto em 2017. O elenco principal conta com Andrew Koji, Olivia Cheng, Jason Tobin, Dianne Doan e Kieran Bew.

Gosto muito do diretor, que me surpreendeu positivamente em Star Trek: Sem Fronteiras, pois apesar de não saber algumas coisas básicas sobre a série, acabou entregando um filme pra lá de divertido. Justin Lin também está desenvolvendo um projeto inspirado no espetacular mangá Lobo Solitário, o que me parece bem promissor.

Warrior é a nova série inspirada em manuscritos de Bruce Lee com produção de Justin Lin

Com todo o respeito ao nome e biografia dos envolvidos, o nome de Bruce Lee é sem dúvida o maior dos atrativos da nova série da Cinemax. Lee é um daqueles raros seres humanos que nunca vão sair do imaginário coletivo, não importa quanto tempo se passe desde que nos deixaram.

O lutador e ator será sempre lembrado como exemplo de força e convicção, seja nos filmes, nos brinquedos ou nos games, e não é pra menos, o homem usava o Chuck Norris como sparring, ou seja, uma verdadeira lenda, e será pra sempre nosso eterno e saudoso Dragão.

No Brasil, Warrior estreia no dia 5 de abril. Fica aqui a minha torcida pra que ela realmente seja uma ótima série!

Veja outros teasers de Warrior no site da Cinemax.

relacionados


Comentários