Home » Games » Microsoft poderá levar a Xbox Live ao iPhone, Android e Nintendo Switch

Microsoft poderá levar a Xbox Live ao iPhone, Android e Nintendo Switch

Durante a GDC a Microsoft deverá mostrar como pretende disponibilizar a Xbox Live em outras plataformas, incluindo aí o atual videogame da Nintendo.

28 semanas atrás

Desde que entrou para o ramo de videogames a Microsoft trouxe muitas coisas interessantes para a indústria, mas entre elas, talvez a Xbox Live tenha sido a melhor. Uma rede robusta, cheia de ótimos recursos e que teve papel fundamental para popularizar a jogatina online entre os jogadores de consoles, motivos pelos quais costuma ser tão elogiada.

Imagine então ter acesso a um serviço tão bom em outras plataformas que não seja o Xbox One e PC. Pois de acordo com um painel que a Gigante de Redmond realizará em março durante a Game Developers Conference, isso pode estar muito perto de acontecer.

Embora a descrição tenha sido alterada, inicialmente ela dizia que no evento será feito uma demonstração do SDK que permitirá que os desenvolvedores de games conectem os jogadores de iOS, Android e Switch com aqueles que estiverem no Xbox, com isso valendo para qualquer jogo disponível na Microsoft Store.

Como os detalhes sobre o recursos ainda são escassos, o que tem sido especulado é que com ele os jogos para todas essas plataformas coexistirão num mesmo serviço, fazendo com que as partidas multiplayer, a comunicação por voz e até as conquistas sejam compartilhadas. Se isso realmente acontecer, a noção de cross-play e cross-save atingirá um nível bem mais alto, fazendo com que o sonho de muitos se torne realidade.

O grande problema aqui seria a Sony, pois a empresa japonesa relutou por tanto tempo para nos deixar jogar com pessoas que estejam em outros consoles e por enquanto isso só acontece no Fortnite ou no Rocket League. Sendo assim, não surpreende nada ter sido dito sobre vermos a Live no PlayStation 4 e considero praticamente nula a chance disso mudar no futuro.

Mas enquanto a sua principal concorrente parece preferir manter seu consumidor enclausurado, a Microsoft enxerga nessa investida uma ótima maneira de ampliar o seu público. Se a estimativa feita por eles se confirmar, abrir a Xbox Live poderá levar o serviço para mais de 2 bilhões de dispositivos, o que consequentemente deverá ajudar não só a fortalecer a marca, como também aumentar o faturamento.

Como o responsável pela divisão de games da Microsoft já disse que para eles o sucesso não se resume a quantidade de consoles vendidos, nem chega a ser uma grande surpresa a maneira como a Microsoft vem tentando vender a ideia do Xbox como um serviço. Essa é uma postura que também começa a ser adotada pela Sony e com a PlayStation Network tendo registrado uma receita de impressionantes US$ 12,5 bilhões no ano passado, é fácil entender como essas redes estão sendo tratadas com tanto carinho pelas fabricantes.

Acho que se ficarmos muito focados apenas no número de vendas de hardware no momento, como jogadores, perderemos o foco do que está acontece ao redor dos consoles,” defendeu Phil Spencer. “Os consoles são importantes. Adoro os consoles, mas eles são parte do negócio de games, não o total. Então eu simplesmente não defino o sucesso me baseando em uma versão individual dos nossos consoles e o quanto vendemos. Estamos aumentando o negócio? Estamos aumentando o número de consumidores?

Vejamos como essa história se desenrolará, mas é curioso pensar que se até outro dia era a Sony quem nos permitia jogar com aqueles que estivessem no PC, pode ser que em breve ela acabe sendo o patinho feio da indústria, aquela que acabará a festa isolada de todos os outros.

Fonte: GamesIndustry.

relacionados


Comentários