Home » Entretenimento » Oscar Isaac pode se juntar ao elenco de Duna de Denis Villeneuve

Oscar Isaac pode se juntar ao elenco de Duna de Denis Villeneuve

O ator Oscar Isaac pode ser a novidade da vez no elenco de Duna, nova versão do clássico de Frank Herbert que será dirigida por Denis Villeneuve

29 semanas atrás

Depois de criar sua própria  recriar com muito sucesso (ainda que não comercial) o universo imaginado por Philip K. Dick em Blade Runner 2049, Denis Villeneuve agora enfrenta um desafio ainda maior, criar uma versão que seja realmente digna de Duna, grande clássico da literatura de ficção científica criada pela imaginação de Frank Herbert.

Oscar Isaac está cotado para viver o Duque Leto Atreides

O ator Oscar Isaac foi convidado oficialmente e pode ser a novidade da vez no elenco do novo filme, interpretando o Duque Leto Atreides (não confundir com seu neto Leto III Atreides, que será importante em uma sequência futura de Duna), pai de Paul Atreides, o Muad'Dib, que será vivido por Timothee Chalamet. A esposa de Leto e mãe de Paul, a Dama Jessica da Ordem Bene Gesserit, será interpretada por Rebecca Ferguson, que esteve muito bem nos últimos filmes da franquia Missão Impossível.

Nosso querido Dave "Drax" Bautista também foi recentemente confirmado no papel de Glossu "A Besta" Rabban, o sobrinho sádico do Barão Harkonnen. Bautista e Villeneuve trabalharam juntos em Blade Runner 2049 e pelo visto gostaram da experiência, já que irão repetir a parceria. No elenco também estão Stellan Skarsgård como o temível Barão Harkonnen e Charlotte Rampling como a líder das Bene Gesserit, Reverenda Madre Gaius Mohiam, mais duas ótimas escolhas.

Duna é considerado "infilmável" por muitos, mas se até hoje nunca tivemos algo realmente bom, não foi por falta de tentativas, como o filme que David Lynch tentou dirigir em 1984, mas que infelizmente foi tão mutilado pelos produtores que acabou renegado pelo seu criador. Também fizeram uma série de TV dos anos 2000 que eu adorei quando assisti na época, mas que sinceramente não tenho coragem de rever hoje.

Kyle McLachlan e Jurgen Prochnow como Paul e Leto Atreides no filme Duna de David Lynch
O papel do Duque Leto Atreides para o qual Oscar Isaac está cotado no filme de Villeneuve, foi interpretado por Jürgen Prochnow no filme de David Lynch e por William Hurt na série de TV. Uma curiosidade é que o cantor e ator Sting, que fez o papel de Feyd-Rautha no filme de 1984, já manifestou o interesse em participar da nova produção, nem que seja em uma ponta.

Nos anos 70, muito antes de David Lynch se envolver no projeto, Duna quase se tornou um épico espacial dirigido por Alejandro Jodorowsky, que caso tivesse mesmo sido produzido, teria cerca de 14 horas de duração e iria contar com Orson Welles, Mick Jagger e Salvador Dalí no elenco, além da própria Charlotte Rampling, só que no papel de Jessica Atreides.

Achou pouco? Pois não é só. A trilha sonora seria do Pink Floyd. Os efeitos especiais seriam de Dan O'Bannon, e os cenários e objetos seriam feitos por H. R. Giger, Chris Foss e Jean Giraud, mais conhecido como Moebius, com quem Jodorowsky ficaria muito amigo, e com quem escreveria a saga O Incal.

Depois que o projeto de Duna naufragou, Giger, Moebius e O'Bannon acabaram se reunindo em Alien, O Oitavo Passageiro, e o resto é história, que é maravilhosamente contada no excelente documentário Jodorowsky's Dune (coloquei o trailer acima pra animar vocês a assistirem).

No vídeo acima, extraído do documentário "Moebius Redux", Jodorowsky, Moebius, Giger, O'Bannon e Philippe Druillet conversam sobre o trabalho que foi desenvolvido para esta obra prima que nunca saiu do papel. Quem se animar pode assistir esse documentário completo no YT.

Oscar Isaac está cotado para viver o Duque Leto Atreides

Por aqui sigo aguardando ansioso por outras novidades pela nova versão de Duna, pela qual confesso estou muito empolgado, especialmente depois que eu soube que a história vai ser dividida em dois filmes, afinal é praticamente impossível contar a história inteira em um só.

Além de adorar a saga de Frank Herbert, acredito que o projeto não poderia estar em melhores mãos do que as de Denis Villeneuve, um cara que não só é um excelente diretor, mas também entende muito de ficção científica, além de amar o gênero tanto quanto a gente.

 

relacionados


Comentários