Home » Entretenimento » Walmart joga saudosismo no 11 e lança comercial do ano

Walmart joga saudosismo no 11 e lança comercial do ano

O Walmart fez um comercial apelando pro saudosismo nerd que existe dentro de todos nós, e ficou excelente, mas além disso há uma pequena surpresa no final do anúncio...

19 semanas atrás

Faz muito tempo que não trabalho em publicidade, mas algumas regras nunca mudam. Não tem idéia, apele pra emoção usando criança ou bicho. Faltou trilha? Use Queen, mas uma regra mais universal ainda é apelar para o saudosismo. Todo mundo vê o passado com lentes rosadas (ou azuis, tem que ver com a Damares). É um truque velho mais que conhecido e nós caímos como patinhos. Todas as vezes.

Por isso o Walmart acertou em cheio ao criar um comercial que estreou durante os Golden Globes e depois estourou nas Interwebs.

O conceito é bem simples, eles criaram um serviço onde você faz suas compras online, agenda e passa no mercado pra pegar tudo, é um excelente meio-termo para quem não quer depender dos horários dos serviços de entrega, fácil visualizar cenários onde o sujeito está no trabalho, faz a compra no celular ou PC, passa no mercado no caminho de casa só pra pegar tudo já separado embalado e pago.

A graça é que pra vender isso o Walmart usou um monte de carros clássicos do cinema e TV:

veja se você pegou a lista toda, em ordem de aparição:

  1. Batmóvel de Bat v Sup
  2. Ecto-1, do único e verdadeiro Ghostbusters
  3. K.I.T.T. da Supermáquina
  4.  Relâmpago McQueen, de Carros
  5. A Mutt Cutts Van, de Debi e Lóide
  6. Máquina do Mistério, de Scooby Doo
  7. A Station Wagon de Férias Frustradas
  8. Ford Explorer de Jurassic Park
  9. A carruagem da Cinderela
  10. O carro de Fred Flintstone
  11. Bumblebee - o correto, que vira Fusca
  12. O DeLorean de Back to the Future 2
  13. Um Carro Especial

Claro que é impossível fazer uma lista que se aproxime de qualquer tipo de consenso, imagino quantas horas durou a reunião na agência para decidir os 13 carros usados, deve ter rolado até ameaça de morte.

Eu concordo com a lista, mas acrescentaria vários outros carros, e faço um convite pra todo mundo se matar nos comentários explicando qual a verdadeira lista correta. abaixo minha escolha sem nenhuma ordem em particular:

1 - Herbie, de Se Meu Fusca Falasse

O irônico é que a única coisa que o Herbie não faz no filme é falar, o que não é problema, pois ao contrário da Globo com o Cigano Igor, a Disney é mestre na arte de passar emoção com objetos inanimados. Tendo aparecido em 6 filmes desde 1968, é um dos carros mais queridos do cinema. Sua origem só foi explicada em 1997.

Segundo a história o criador do Herbie sem-querer deixou cair uma foto de sua amada e falecida esposa em um caldeirão de metal derretido, e Herbie foi animado pela força do amor, o que é absolutamente ridículo, todos sabemos que amor só serve pra fazer a gente gastar dinheiro, fazer filme da Sandra Bullock e abrir portais interdimensionais para permitir comunicações transtemporais entre pais e filhas.

2 - O General Lee

Eram tempos mais simples, todo mundo adorava Os Gatões, principalmente quando a Globo quebrava o galho e passava a abertura com a música completa. Bo e Duke viviam altas aventuras sempre dando voltas no Xerife Roscoe e o Chefe Hogg, com direito a saltos impossíveis com o General Lee, o Dodge Charger 1969 com portas soldadas usado pelos protagonistas.

Na verdade nem era um General, era um batalhão inteiro, em sete temporadas usaram 325 carros, cada vez que eles filmavam um dos famosos saltos, o carro ia direto pra oficina. Lembre-se, era um tempo sem CGI, e sem verba pra filmar com miniaturas. Era tudo base base do dublê e da coragem:

3 - O Mach 5

Esqueça o filme das Irmãoes Wachowski. Speed Racer não é aquilo. Versão de um mangá, a série se chamava Mach GoGoGo, o nome do carro era Mach-Go, e o protagonista não era Speed Racer, um  nome idiota para um humano, mas Mifune Go.

Mesmo assim o anime de 1967 durou 52 episódios e foi um sucesso mundial principalmente entre crianças acostumadas aos desenhos desanimados da Marvel e a temática bem mais infantil do resto das animações ocidentais. Detalhe pra abertura, que já mostrava como o desenho era brutal se comparado a qualquer coisa produzida pras TVs americanas.

4 - Aston Martin DB5

James Bond sempre foi um ícone, e merecia um carro a altura mas a grana estava curta e os produtores de Goldfinger foram negociar patrocínios em várias empresas. Todas disseram não. Quando chegaram na Aston Martin, a resposta foi... a mesma. Só que os produtores insistiram, rejeitaram a oferta de comprar um carro pelo preço de mercado, espernearam prometeram imploraram e a Aston topou emprestar um protótipo do DB-5. O filme estourou, todo mundo ficou maravilhado com aquele carro cheio de gadgets e o resto é História. Hoje a Aston Martin é quem bate na porta oferecendo seus carros para o único espião quase tão bom quando Sterling Archer.

5 - A Van do Esquadrão Classe A

Sim eu sei não faz sentido um grupo de foragidos da justiça militar morarem em Los Angeles muito menos dirigirem uma van com pintura customizada, mas o Esquadrão A era ótimo e eles nunca matavam ninguém. E adoravam quando um plano dava certo. A GMC Ventura 1983 do BA quando aparecia era sempre um ponto alto!

 6 - O Bluesmobile

Ora bolas, é um Ford Monaco 1974 em uma Missão Divina!

7 - O Impala de Supernatural

Chamado carinhosamente de Baby, esse Chevrolet Impala 1967 é, no evangelho da série o objeto mais importante do Universo, é a amálgama que une as histórias, o ponto central dos personagens e o amor da vida de Dean Winchester. O Impala já foi destruído, morreu e foi ressuscitado quase tanto quanto os protagonistas e ganhou até um episódio próprio, onde toda a história é contada do ponto de vista do carro.

O Carro Misterioso

O último carro que chega no Walmart é uma pick-up Ford F-150 Custom 1979, e um monte de marmanjos verteu uma lágrima nesse momento. Essa pickup é inconfundível para boa parte do público americano e 100% dos empresários e empreendedores (os de verdade, não os millenials). Era a pick-up de Sam Walton.

Nascido em 1918, ele cresceu durante a Grande Depressão, dividindo seu tempo entre escola e trabalho. Originalmente de Kingfisher, Oklahoma, os Waltons viviam mudando de cidade em cidade em busca de oportunidades de trabalho. Quando terminou o ensino médio, Sam Walton decidiu que iria fazer uma faculdade para conseguir uma vida melhor, mas só conseguiu uma vaga através do programa de oficiais da reserva, para sua sorte ele foi convocado para a Segunda Guerra Mundial mas serviu nos EUA mesmo.

Com 3 dias de formado ele conseguiu um emprego de assistente de gerência na J.C. Penney, onde se mostrou excelente no mundo do varejo. Em 1945 ele conseguiu um empréstimo de US$20 mil com o sogro, juntou US$5 mil de suas economias e abriu a primeira loja. Os negócios foram crescendo, Sam foi aprendendo e hoje o Walmart é o maior empregador nos EUA, são 11277 lojas em 27 países. No total são 2.3 milhões de funcionários, 1.5 milhões deles só nos EUA. Imagina quando vão rodar a folha!

Ah sim ele também fundou o Sam's Club, com 597 lojas em 6 países.

Sam Walton chegou a ser o homem mais rico dos Estados Unidos, mas nunca se esqueceu de como foi crescer na pobreza, e transformou a frugalidade em um ideal de vida. Ele só voou de primeira classe uma vez na vida, odiava gastos desnecessários e os CEOs milionários que perdiam contato com as bases do negócio.

No Walmart executivos em viagem ficavam em hotéis medianos tipo Holiday Inn, e dividiam quarto. Um executivo uma vez mostrou em uma reunião uma caneta do hotel, a ordem era em viagem sempre pegar canetas e blocos de hotéis, para economizar material de escritório.

O Walmart apesar de ser uma mega-corporação só foi ter um jato executivo depois que o faturamento passou de US$40 bilhões.

Depois de muito adiar, Sam Walton decidiu comprar um carro, e escolheu a Ford F-150 Custom, sendo que esse era o modelo mais barato. Não tinha ar-condicionado, nem vidros elétricos. Ele dirigiu esse carro até sua morte em 1992. Perguntado sobre o carro, disse:

"Eu apenas não acredito que um estilo de vida de ostentação é apropriado. Porquê eu dirijo uma pickup? Com o quê eu vou transportar os meus cachorros, com um Rolls Royce?"

Sam costumava colocar seus cachorros na traseira, e ir visitar as lojas próximas. De vez em quando ele se animava e como sempre tinha seu kit consigo, incluindo a espingarda, terminava as inspeções e ia caçar.

Até hoje o Walmart pratica a política de frugalidade, e corre uma lenda de que você ganhará esse dom se tocar na maçaneta da pickup, que está exposta no museu da companhia. Milhares de funcionários, dos executivos aos mais humildes visitam o museu todos os anos para cumprir esse ritual. Dá certo? Bem, o Walmart em 2018 teve receita de US$500 bilhões, alguma coisa estão fazendo certo.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários