Home » Internet » Acabou a safardanagem: Tumblr vai banir conteúdo adulto

Acabou a safardanagem: Tumblr vai banir conteúdo adulto

Game over, man, bandeiras a meio pau (ou vice-versa). A festa acabou, o Tumblr decidiu que não vai mais aceitar conteúdo adulto em seus blogs

04/12/2018 às 10:41

Lá em 2013 ninguém entendeu o porquê da Loura do Mal ter comprado o Tumblr. OK, eram 105 milhões de blogs, mas um site que em 2012 não conseguiu capitalizar US$ 13 milhões, foi comprado por US$ 1,1 bilhão? Onde a Marisa Meyer estava com a cabeça? E pra piorar ela prometeu não mexer no conteúdo adulto, a.k.a sacanagem, que era a base do Tumblr.

Mexeu, claro. Baniram tags, sumiram com blogs de sacanagem das buscas, criaram um gueto virtual, só que o gueto cresceu mais ainda, e o grosso do Tumblr continuou sendo safadeza. E floquinhos. O Tumblr se divide basicamente em 90% sacanagem, 8% Social Justice Warriors e 2% Otakus.

Uma vez resolveram fazer uma convenção e os relatos são tão psicologicamente trágicos que nunca tive coragem de escrever em detalhes, e olha que eu já escrevi sobre a Unidade 731. Segundo um dos vendedores, que foi na tal Dashcon, a maioria dos participantes era deixada pelos pais na porta do evento, eles se aproximavam das pessoas dizendo “oi, quais seus pronomes?” e tentavam trazer pro mundo real toda aquela neurose dos Social Justice Warriors patrulhando incessantemente uns aos outros.

Várias atrações não apareceram porque não foram pagas e no meio da Dashcon tiveram que fazer uma vaquinha, pois os organizadores não haviam pago o hotel e estavam sendo ameaçados de despejo. Ah sim entre as atrações haviam prometido uma piscina de bolas. Tecnicamente cumpriram.

Sim, a foto é real, essa era a piscina de bolas da Dashcon.

O Yahoo percebeu aos poucos que é complicado monetizar um site onde o anunciante pode ser associado com conteúdo altamente questionável. Em um artigo antigo eu mergulhei na parte estranha do Tumblr e achei algumas coisinhas, sem links, claro.

  • Uma gordinha amarrada, com um texto escrito no rosto: “If you can read this I need more cum”
  • Um gif animado de uma mão com a pele de cima arrancada, os dedos se mexendo e os tendões visíveis
  • Um sujeito fazendo séquiço com um Xbox. Como sugeriram provavelmente é o Leonan.
  • Um gif animado de uma cena de uma paródia diferente (se me entendem) de E.T.
  • Um camelo praticando felação em um antílope.
  • Uma animação em CGI explícita de alta qualidade de um dragão sodomizando um Volkswagen.
  • Buck Angel. (não google)
  • Uma mulher se autosodomizando com um cacto. Ou cactus, sei lá. Não fiquei pra saber.

Apesar de tudo, a safardanagem continuou rolando no Tumblr até 16 de Novembro, quando o inevitável aconteceu: o Tumblr foi removido da App Store. Aparentemente alguém denunciou pra Apple que havia blogs de pornografia infantil no Tumblr, e como a burocracia do Yahoo foi lenta demais em remover o conteúdo, a Apple desceu o machado na app.

Sim, eliminar uma plataforma inteira por causa de uma parcela ínfima de conteúdo ilegal é um absurdo, mas minha casa minhas regras, diz a Apple.

Sentindo o bolso apertar, o Yahoo esqueceu de vez as promessas já descumpridas de não mexer no conteúdo do Tumblr, e decidiu tornar a plataforma mais Family-Friendly que o Disney Channel. Baixaram a Ordem Geral 69, banindo conteúdo adulto. E estão convocando os usuários para denunciar tudo que os algoritmos não conseguirem marcar automaticamente.

Em um post eles definem o que será banido:

Conteúdo, incluindo fotos, vídeos e GIFs que mostrem genitália humana real, mamilos femininos e qualquer material que exiba atos sexuais. Incluindo ilustrações. A casa caiu pro pessoal do Hentai.

Exceções serão abertas para fotos de amamentação, partos e situações envolvendo saúde, como fotos de mastectomias e cirurgias de mudança de sexo. Não explicitam se precisam ser imagens do próprio dono do Tumblr.

Também estão liberados conteúdos de nudez que tenham valor artístico, noticioso, político e sacanagem escrita. O ano de 2019 será de 50 Shades of Gray no Tumblr…

Todo o conteúdo identificado será transformado em conteúdo privado, somente o dono do Tumblr poderá acessar.

O que isso causará no Tumblr?

Existem algumas regrinhas universais que garantem a morte de uma plataforma. Uma delas é começar de graça e depois tentar cobrar. Outra é mudar totalmente o foco, alienando o grosso dos seus usuários. É o tipo de atitude antipática que nunca dá certo, mas por outro lado, qual a opção?

O Tumblr não é rentável, nem de longe, e com conteúdo adulto nunca vai ser. A única saída é se livrar do conteúdo, abrir mão da base de usuários e seguir isso tudo com um rebranding. É hora do Tumblr morrer, renomeiem para outra coisa e foquem no público que é adequado aos anunciantes. Estou falando dos Otakus, claro. Não dos SJWs, a regra é clara: quem lacra não lucra.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários