Home » Games » Games para PC » Timespinner, um metroidvania com um quê de Chrono Trigger

Timespinner, um metroidvania com um quê de Chrono Trigger

Bebendo da fonte de clássico como Castlevania: Symphony of the Night e Chrono Trigger, Timespinner é um ótimo metroidvania que acaba de chegar ao PC, PlayStation 4 e PS Vita.

25 semanas atrás

Com tantos jogos sendo lançados todas as semanas, é muito difícil nos mantermos atentos a tudo, principalmente quando se trata de títulos independentes. Porém, se você gosta de metroidvanias ou simplesmente está a procura de um jogo muito bem feito e extremamente divertido, recomendo ficar de olho em um chamado Timespinner.

Desenvolvido pela Lunar Ray Games, este jogo conseguiu o seu financiamento após uma bem sucedida campanha no Kickstarter e depois de alguns anos de espera, esta semana ele chegou ao PC, PlayStation 4 e PlayStation Vita. Mas afinal, o que este game tem que faz merecer a sua atenção, você pode estar se perguntando.

Bom, além de um acabamento muito superior a o que acostumamos ver em títulos desenvolvidos por estúdios menores, o jogo teve como sua maior fonte de inspiração o Castlevania: Symphony of the Night, algo que por si só já seria motivo para lhe darmos uma chance. Porém, não pense que o Timespinner se trata apenas de um clone.

Com um sistema de armas próprio, nele teremos à nossa disposição globos mágicos baseados em diversos elementos e que nos garantirão ataques diferentes. Além disso, teremos ainda um item que nos permitirá manipular o tempo, podendo assim usar os inimigos como plataforma ou simplesmente evitá-los.

E já que estamos falando de manipulação do tempo, entra aí um dos pontos que mais me agradaram no Timespinner, que é a sua semelhança com outro clássico, o Chrono Trigger. Assim como no RPG do Super Nintendo, aqui também poderemos fazer viagens para outras épocas, mas não é apenas nisso que o título se assemelha a um dos melhores jogos de todos os tempos. Tanto no visual quanto na parte sonora, é fácil perceber o quanto aquele título serviu de inspiração, tornando-o uma experiência fantástica.

O enredo também tem me agradado bastante, pois apesar dele parecer raso no início, com a velha desculpa de que teremos que nos vingar de um terrível império que destruiu a nossa vila, aos poucos ele vai se tornando bem mais profundo, com muitos personagens e detalhes se revelando.

Eu ainda não terminei a campanha do Timespinner, mesmo porque estou o aproveitando sem pressa alguma, mas até onde fui consegui encontrar um jogo de extrema qualidade, com gráficos muito bonitos e detalhados, uma jogabilidade viciante e um ótimo level design, algo que é fundamental para um título do gênero.

Só não gostei muito do jogo não estar localizado para a nossa língua, o que fará com que muitos jogadores não entendam a sua história e de ele não contar com suporte a widescreen. Talvez os desenvolvedores tenham achado que assim ele teria mais cara de jogo antigo, mas acredito que hoje em dia usar a proporção 4:3 não faz muito sentido.

Abaixo deixarei um vídeo onde jogo um pouco menos da primeira hora e meia do Timespinner e com ele você poderá ter uma bela noção do que esperar.

PS: caso opte por adquirir o jogo na rede online da Sony, saiba que a compra lhe dará direito tanto à versão para PlayStation 4 quanto para o PS Vita. Só é uma pena o Timespinner não contar com suporte a cross-save.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários