Google lança YouTube Music, seu novo serviço de streaming de música para enfrentar o Spotify

O Google pode ter finalmente a melhor forma de concorrer com o Spotify no mercado de streaming: o YouTube Music Premium é um novo serviço de streaming de música enquanto o YouTube Premium é o antigo YouTube Red, que ficou mais caro.

A estratégia do Google no mercado de streaming especificamente de música nunca foi estável. O Google Play Música, embora estabelecido desde 2011 nunca ganhou tração principalmente porque não fazia sentido manter duas plataformas distintas, e os usuários preferem utilizar o YouTube e apelam inclusive para algumas gambiarras, de modo a ouvir suas playlists em qualquer lugar. Já o YouTube Music Key evoluiu para o YouTube Red, que retirava os anúncios do serviço de vídeos e dava acesso a séries originais, mediante assinatura.

O Google agora resolveu por ordem na casa, com duas categorias distintas de assinaturas dentro do YouTube (e muito provavelmente o Google Play Música não durará muito mais tempo) e utilizando todo seu já grande acervo para bater de frente principalmente com o Spotify, mas também com outros como Deezer, Apple Music e etc.

Primeiro, o YouTube Music Premium oferecerá execução de músicas em segundo plano, download para reprodução offline, remoção de anúncios entre músicas (mas não dos vídeos), apps móveis remodelados e e um player dedicado para desktop, playlists temáticas baseadas no seu humor ou no que você está fazendo e uma tela inicial que incluirá recomendações de acordo com seu histórico. Não se sabe até o momento se o serviço dará suporte a podcasts, por outro lado rumores circulam há algum tempo de que o YouTube vai jogar sujo para forçar os usuários a abrirem a carteira.

Já o YouTube Premium é o mesmo YouTube Red, que se torna uma segunda categoria de assinatura que inclui todas as vantagens do YouTube Music Premium, adicionando remoção de anúncios dos vídeos, possibilidade de baixa-los para execução offline e executa-los em background, além de acesso liberado para as produções da casa como a hilária Cobra Kai.

O YouTube Music Premium custará US$ 9,99 por mês, enquanto a assinatura do YouTube Premium sobe para US$ 11,99 no caso de novos assinantes (os antigos continuarão pagando US$ 9,99); ambos serão lançados nos Estados Unidos, México, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia na próxima terça-feira (22), enquanto Reino Unido, Alemanha, Canadá, França, Espanha, Itália e outros terão acesso ao serviço nas próximas semanas. Não há previsão de quando (ou se) as novidades chegarão ao Brasil.

Fonte: YouTube Official Blog.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar