Home » Engenharia » China planeja em 2018 pousar uma sonda no lado negro, digo, sombrio, digo, escuro da Lua

China planeja em 2018 pousar uma sonda no lado negro, digo, sombrio, digo, escuro da Lua

Quem comprou passagem para ver o lançamento da missão lunar da China em 2020, péssima notícia: vai ter que remarcar. Eles avisaram que o lançamento da Chang'e 4, com direito a um robozinho maior e mais poderoso que o Coelho de Jade será em 2018. E mais ainda, vão pousar no lado escuro da Lua, que aliás não existe.

4 anos atrás

Cês não acharam que eu ia usar a óbvia e batida capa do Pink Floyd né?

Além da chuva em Finados, existem outras crendices que são transferidas de geração para geração, e igualmente falsas. Uma delas é o tal Lado Escuro da Lua. Antigamente, muito antigamente achava-se que como a Lua mostrava sempre o mesmo lado para a Terra, o outro lado estaria escuro. 

Isso claro não faz sentido, mesmo na época em que mais gente além do Olavão acreditava em geocentrismo, já se sabia que a Lua possuía movimento de rotação, como qualquer outro corpo celeste, com dias e noites, só que mais longos. Um dia terrestre dura 24 horas, na Lua 28 dias. O mesmo período que leva para completar uma órbita. Coincidência? Não.

Se a Lua não girasse aí sim veríamos toda sua superfície no período de um mês lunar. Como não é o caso, a rotação real é a da direita:

LaXquY7

A Lua e a Terra estão envolvidas em um balé, como dois dançarinos girando em torno de um centro em comum:

Titanic_movie_dancing

No nosso caso o baricentro, ou centro de massa do sistema fica em um ponto a 1.707 km de profundidade.

Esse balé cósmico seria perfeito se planetas fossem esferas perfeitas no vácuo, mas não são. A gravidade mútua os estica e achata, daí as marés. No caso da Lua ela sofre mais por ser bem menor que a Terra. Achatada, ela vira uma batata (estamos falando de frações de % de achatamento, claro). O puxão gravitacional deixa de ser uniforme, ocorre um efeito de freio. A Lua gira mais e mais devagar, até o ponto em que um lado da batata está sempre apontado para a Terra.

watneygram

Isso gera alguns incômodos, o lado oculto da Lua só foi ser visto pela primeira vez em 1959 pela sonda soviética Luna 3, que tirou 30 fotos incluindo o até então desconhecido Lado Oculto. A resolução baixa é para disfarçar a nave dos Decepticons.

Luna_3_moon

O termo fotos aliás é correto. A Luna 3 levou um equipamento fotográfico de 35 mm e um minilab completo, o filme foi revelado a bordo, escaneado em 1.000 linhas e transferido via slow scan TV, que rende essa imagem pobrinha mas se você não gostou vai lá e faz melhor. Você não, Elon Musk.

Hoje temos imagens um tiquinho melhores, como as do LRO, o Lunar Reconnaissance Orbiter — sonda lançada pela NASA em 2009. Com ela conseguimos fotos assim:

Moon_Farside_LRO (1)

Legal, né? É um mistério o lado oculto não ter mares como o lado visível. Quer ver com mais detalhes? Clique na imagem. Ou melhor, não clique. É um monstro de 18.000 × 18.000 pixels e 85 MB de tamanho, comprimida em JPEG. Seu PC/Celular/Tablet/Cray terá o mesmo triste fim da formiguinha da piada do elefante.

Até hoje o Lado Sombrio da Lua só foi explorado por sondas orbitais. Como sinais de rádio não atravessam a Lua, não há como se comunicar, a não ser com uma constelação de satélites. Agora isso vai mudar. Depois de pousar com a Chang'e 3 em 2013 e percorrer o terreno lunar com um robô, a China ficou mais ambiciosa ainda.

Os planos originais previam que a Chang'e 4 pousaria na Lua em 2020, mas decidiram adiantar o projeto. Agora ela descerá no Lado Misterioso da Lua em 2018, com um módulo maior e mais poderoso e um robô igualmente mais robusto. Será a primeira vez na História que um equipamento humano tocará a superfície daquele hemisfério.

Change-3-landing-site-pano2K_Ken-Kremer

Ainda não há informações de como a China resolverá o problema das comunicações, e o pior é que não há certeza de sabermos nada. A China vive em uma esquizofrenia constante, querendo ser reconhecida como potência mundial mas mantendo a paranóia querem roubar nossos segredos de país comunista na Guerra Fria. Por causa disso celebraram o lançamento da Chang'e 3 mas malocaram informações até sobre dia e hora do pouso.

Depois disso só se soube do robozinho através de uma reportagem na TV local, a agência espacial responsável não divulgava nada. Esperemos que até 2018 eles se toquem que ninguém vai até a Lua roubar seu precioso robozinho, e que as conquistas deles são conquistas de toda a Humanidade.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários