Home » Games » Linux » Desempenho do SteamOS se mostra inferior ao Windows 10

Desempenho do SteamOS se mostra inferior ao Windows 10

Testes mostram que o SteamOS ainda apresenta um desempenho bem inferior nos jogos se comparado com o Windows 10 e adotá-lo ainda não parece ser um bom negócio.

4 anos atrás

steammachine

Lá pelos lados da civilização algumas pessoas já receberam suas Steam Machines e como o lançamento desses computadores pode ser considerado o pontapé inicial para uma tentativa da Valve de popularizar o seu sistema operacional, o site Ars Technica resolveu fazer alguns testes para saber se a adoção do SteamOS vale a pena.

De forma resumida, mesmo se ignorarmos o fato importantíssimo de que alguns lançamentos de peso ainda não estão disponíveis para ele, entre eles o Fallout 4 e o Call of Duty: Black Ops 3, o que eles descobriram é que ao compararmos o desempenho alcançado no Windows 10 e no SteamOS, este acaba sendo consideravelmente inferior ao sistema da Microsoft e como o objetivo da criação da Valve é justamente ser voltada para os games, esta é uma falha preocupante.

Para chegar a um resultado o site utilizou jogo como o Middle-Earth: Shadow of Mordor e Metro: Last Light Redux, sempre que possível utilizando as ferramentas de benchmark oferecidas pelos próprios títulos e no geral a queda de frames por segundo foi bem grande quando estavam utilizando o SteamOS. Para piorar, essa diferença foi registrada mesmo em jogos lançados pela Valve.

steamos-x-windows-10

Contudo, temos que levar em consideração que o sistema operacional ainda está dando seus primeiros passos, logo é de se imaginar que a situação fique bem melhor com o passar do tempo e como bem lembrou o artigo sobre os testes, os títulos criados com OpenGL e tendo o Linux como foco tendem a apresentar um desempenho até melhor no SteamOS do que no Windows e conforme novos jogos aproveitarem o DirectX 12 e o OpenGL Vulkan, é possível que essa diferença diminua.

Porém, diante de uma vantagem significativa do Windows 10 no momento e por estarmos falando de uma plataforma onde os seus usuários se orgulham tanto de poder jogar com a maior taxa da frames possível, acho que por enquanto não vale a pena migrar para o SteamOS.

Parabéns para a Valve por tentar tornar o PC um aparelho mais acessível para os gamers, mas acho que eles ainda terão um longo caminho pela frente quando se trata de nos fazer esquecer o Windows.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários